Os Imortais
Okina conseguiu destruir Sunagakure, tornando o vilarejo um só com as suas origens, as areias profundas do deserto. O mesmo aconteceu em Kirigakure no Sato, onde a entidade afundou a vila no oceano que o cercava. Porém, ao tentar acabar com Konoha, a inimiga da humanidade falhou sendo impedida pelos novos salvadores do mundo. Abençoados por Hagoromo, os ninjas Mako e Mordred conseguiram selar a adversária criando uma segunda lua pairando sobre o planeta. Passadas algumas semanas, uma seita antiga se reuniu procurando o local onde poderiam ressuscitar Jashin, um deus antigo. Liderados por uma mulher capaz de ouvir a voz do deus, os seguidores subiram a Cordilheira dos Deuses e encontraram uma rocha cheia de selamentos frágeis e acabaram assim liberando um novo inimigo que se diz ter muitos nomes: Kami-sama, Jashin-sama e Shaka-sama. A nova divindade absorveu os poderes da lua onde Okina foi selada e transformou-se totalmente, porém, uma quantidade estranha de chakra vazou e espalhou-se no planeta inteiro.O novo inimigo da humanidade marcou três vilarejos: Konoha, Iwa e Kumo. Mas quais são seus verdadeiros planos? E quem é a pessoa que despertou depois de muitos anos?
.
.
.
.
.
Últimos assuntos
» [RP - Hist] O ciclo da vida, Gamabuga
Hoje à(s) 12:18 por Hitsugaya

» [C] Para as montanhas!
Hoje à(s) 12:17 por Thalles Henrique

» [ RP: Episódio ] O Herdeiro das Trevas
Hoje à(s) 12:16 por Olsen

» 1) Solicitações de Roleplay (Plotting)
Hoje à(s) 12:14 por Escanor

» [Status]Ryon
Hoje à(s) 12:06 por Escanor

» [Rank B] Ameaça Neutralizada - Gesso
Hoje à(s) 11:58 por Gesso

» [Ato] Awake.
Hoje à(s) 11:58 por Awake.

» Modificações Ficha 2,0
Hoje à(s) 11:58 por Escanor

» [Treinamento] Dividindo Dons
Hoje à(s) 11:53 por Asuka Kudou

» Biblioteca de Iwa
Hoje à(s) 11:46 por Escanor


Convidado


23/6/2018, 12:28
Mensagens: 0
Geral
RPG
Ficha de personagem
Rank:
Perso:
HP:
CK:
ST:

Notificações
Não há notificações
Resetar as notificações

<

[ RP: Ato ] Chisaki

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[ RP: Ato ] Chisaki - em 18/3/2018, 14:05

Relembrando a primeira mensagem :



Uma serpente se esgueirava pelos documentos ninja de Kumogakure. Interessava-se por um garoto Kaguya que existia por ali. "Kaguya Chisaki", este era o seu nome. Saída da sala em dispara, retornando ao encontro de sua mestra: Haka. Uma mulher de aparência esquisita que trabalhava como médica na vila de Kumogakure. Ao cair da noite, procurava pelo ninja de um clã tão pitoresco. Acabavam-se por encontrar nos arredores.

00/20

Encontre um motivo para estar nos arredores, depare-se com Haka

_______________________

O verme se encolhe ao ser pisado. Com isso mostra inteligência. Diminui a probabilidade de ser novamente pisado. Na linguagem da moral: humildade.
avatar
Genin
Genin

Re: [ RP: Ato ] Chisaki - em 3/6/2018, 16:05



Insane Kaguya



Eu desisto. Aquela mulher, pelo menos hoje, não iria morrer. Aquela maldita habilidade de transformar o corpo em líquido já estava me deixando irritado, e olha que meu pavio é bastante curto. Tampouco poderia eu dar um jeito nisso. Imagine se, por exemplo, eu "ingerisse" ela enquanto em estado líquido e, logo em seguida, ela voltasse ao tamanho original? Eu provavelmen- eu certamente morreria. - Esse é o único jutsu que você conhece? Porra! - Instabilidade poderia ser percebida em minha voz, além do claro olhar de ódio que eu direcionaria à mulher após me virar para a mesma, visto que Haka parou em minhas costas após utilizar o jutsu.

- Não, sério?! Será que nenhum membro do sexo masculino presta nesse universo? Vocês não conseguem ser submissos nem por um minuto? -falou a mulher, fazendo com que cobras surgissem por de baixo das mangas de suas vestes que, de relance, se prenderam em meu corpo. Modéstia à parte, não acho que desviar daqueles répteis. Considere como um "capricho" meu sentir aqueles animais poiquilotérmicos - também conhecidos como "sangue-frios" - em minha pele, movendo-se de maneira viscosa. " Acho que, no futuro, um pacto de sangue com as cobras não parece lá uma má ideia." pensara, indagando. Contudo, eu não tinha tempo para ficar pensando no futuro, visto que minha vida poderia acabar no "presente". - Submisso? Acho que eu não tenho muitas opções, no fim das contas. - Daria um sorriso desinteressado, olhando o chão à minha frente. A ideia de ser vassalo não me agradava por inteiro: na minha percepção, todos devemos ser "donos" e "servos", em uma relação harmoniosa. Era necessário, porém, deixar esse "orgulho" de lado. Afinal, o orgulho transformou anjos em demônios.

- E então, garoto, vai se comportar ou vou ter que colocar rédea curta em você? - Juro que na próxima vez irei me certificar de ser certeiro em meus ataques. Esse dia não é hoje, porém. - Sim, "senhora". Eu prometo..GRRRRRRRR...Me comportar nessa porra. - pronunciara, esperando que a mulher me soltasse das cobras. Andaria até ela, lentamente e, mantendo um semblante - que era bem raro de ser visto - de seriedade. - Você gosta de homens submissos, né, sua maldita? Pois bem. - Mesmo em uma situação como aquela, eu era incapaz de conversar como um ser humano. Me ajoelharia à frente da mulher, apoiando um único joelho no chão. - Tá aqui a sua prova de submissão, desgraçada. - Levantaria um dos pés da mulher, colocando-o sobre meu joelho. Começaria a lambê-lo, sem que eu alterasse minha expressão facial. - Satisfeita, porra? - diria para oito Haka, retornando a beijar seu pé.        

Considerações pro 8:

Olha o que tu fez um moleque de 13 anos fazer grrrr. Espero que esteja se sentindo feliz.
Mano, quantos anos essa porra de mulher tem? Acho que ela cometeu um crime.
Eu acredito que por ter agilidade aguçada eu conseguiria desviar, mas foi melhor assim, mesmo uahuah
Aparência Aqui
Negrito falas
Itálico pensamentos
Armamentos:
10 kunais
5 shurikens
10 senbons
Status:
525/575
400/500
Stamina:05/05

@oito




_______________________


Ficha na imagem.
Falas
Pensamentos
avatar
Genin
Genin
Re: [ RP: Ato ] Chisaki - em 3/6/2018, 19:05


Narrador


Diante da resposta satisfatória do jovem a mulher o libertou, ela gostava da sensação de ter as coisas sobre o seu controle e acreditava que estava conseguindo ter sucesso em cima de Chisaki. Com a ação seguinte de Chisaki em fazer carinhos em seu pé com o músculo mais forte de seu corpo, ela deu um leve empurrão com a sola do seu salto alto fazendo com que ele caísse de costas ao chão. O que não o machucou, pois ele já estava ajoelhado, servindo mais como um susto. Ela então deitou sobre ele e começou a passar a mão por baixo de sua roupa em seu abdômen e braços, porém, o momento entusiasta do garoto foi quebrado rapidamente. -- Você é fraco. -- Disse, seco. -- Seu selo é uma habilidade provinda de uma maldição, portanto ela causará danos a você a fim de aumentar suas habilidades, logo, essas dores que você sente deverá se acostumar com elas. Para isso, vai ter que trabalhar duro se não quiser adoecer. -- Ela então se levantava e deixava o garoto sozinho. -- Vou preparar seu teste, por que não vai fazer exercícios enquanto isso? -- Encerrava.

Se o ágil membro do clã Kaguya decidisse por explorar o local, notaria diversas cordas, sacos de areia, barreiras, bolas e pneus pelos lugares. A mulher, havia tomado a saída da porta como seu destino.




Considerações
-- Vamos lá, o que eu pensei para você nesse próximo post é um rp livre, onde você tenha liberdade pra fazer o que quiser. Seja para treinar seu físico como ela sugere ou até mesmo para criar o caos e continuar tentar matá-la.
-- Vou deixar um exemplo de circuitos que você possa estar utilizando como referencia, é raro eu permitir esse tipo de coisa então seja criativo e aproveite.
-- No próximo turno a coisa vai esquentar, mais não no sentido sexual. Laughing
-- Não seja tímido e pergunte a idade dela. Laughing    
@Chisaki

_______________________

avatar
Genin
Genin
Re: [ RP: Ato ] Chisaki - em 4/6/2018, 01:33



Insane Kaguya



Seria errado dizer que eu estava com medo de a mulher tentar abusar sexualmente de mim após começar a passar a mão pela minha região abdominal. "Apreensão" provavelmente seria a palavra certa em uma situação como aquela, não que eu fosse repreendê-la caso ela tentasse cometer tal crime. Contudo - para minha (in)felicidade, aquela maldita cessou o ato e ainda me humilhou..mais ainda. - Você é fraco. - disse, de maneira grosseira. Tudo bem que eu sou um tanto quanto franzino, mas eu não perco a oportunidade de matar uns bons desgraçados que não ficam se transformando em água a cada dois posts. - Me desculpe se eu não atendo as suas expectativas, sua maldita. Me mata logo e termina logo com essa merda. - Sequer prestara atenção nas palavras posteriores da mulher, ignorando-a. Assim que a mesma saiu de cima de meu corpo, eu me levantaria, emburrado. Eu tinha acabado de me submeter completamente à ela e a mesma me chama de "fraco". Tsc, mulheres vivas são estranhas e abomináveis.. Levaria a mão ao rosto, para coçar uma cicatriz recente. Um machucado marcado à ferro com o kanji "Perdedor" que eu era incapaz de deixar cicatrizando por ficar removendo as cascas do mesmo regularmente. - Merda..Talvez ela esteja certa.

- Vou preparar seu teste, por que não vai fazer exercícios enquanto isso? - Foram essas as únicas orações que eu me dei ao trabalho de prestar atenção. Uma coisa que eu odiava fazer - testes - e uma que eu "não detestava", que era treinar. Daria um suspiro, além de mover a cabeça até uma região próxima do ombro esquerdo, a fim de estalar o pescoço. - É, eu vou treinar sim! Da próxima vez que eu te encontrar, vou arrancar seu pescoço antes de você virar mijo. - Me dirigiria até um saco de areia próximo a mim, que estava erguido um pouco acima do solo. Cerraria os punhos, erguendo-os um pouco acima de meu tórax. " Você é fraco. "As palavras da mulher me motivavam a esmurrar o saco, imaginando que aquele amontoado de areia era o corpo da mulher. - O QUE QUE HOUVE? NÃO TÁ DANDO PRA DESVIAR, NÃO? HAHAHA! - A sensação de sentir o saco de areia retrocedendo ao meu soco me renovava. Pela 3º Lei de um cara aí - Neilton, se eu não me engano - toda ação corresponde a uma reação de igual intensidade, mas que atua no sentido oposto. Pensando nisso, eu bateria cada vez mais forte no saco de pancada, na esperança estúpida de quebrar os ossos da mão. É claro que isso não iria ocorrer. Não é bem assim que as coisas funcionam..infelizmente. 

- Toma! Toma! TOMA! - Acabaria me empolgando, sem querer. Faria com que um pequeno osso pontiagudo - mais especificamente, o úmero - saísse por uma cavidade recém-aberta na parte debaixo do meu punho. Com o mesmo, iniciaria a apunhalar a mulher, quer dizer, o saco de areia. Não cessaria, perfurando uniformemente o saco de pancadas. Apenas quando grãos de saibro que eu cessaria meu movimento. - Porra..Cansei. - Um sorriso irônico poderia ser visto surgindo no canto de minha boca, enquanto o saco de areia esvaziava lentamente. Espero que Haka não se preocupe em limpar a sujeira que eu fiz. - Acho que dá pra treinar mais alguma coisa antes de eu ficar de saco cheio e querer me matar. - Olharia todos os apetrechos presentes no local, cessando minha procura no instante em que uma bola medicinal e barras para saltar adentraram em meu campo de visão.

Há quem diga que, para atingir a perfeição, o melhor é fazer uma coisa de cada vez, sem ter pressa. Eu as respondo: "Não fode. Dois braços + duas pernas é igual a quatro. Logo, dá pra fazer quatro coisas ao mesmo tempo." Quer um exemplo? Tente cagar(1) enquanto pisa em uma barata com o pé esquerdo(2) enquanto escova o dente com a mão direita(3) e mexe no celular com a esquerda(4). Viu como é simples? Er..Prosseguindo. Eu pegaria uma daquelas bolas medicinais e iria até a frente das barras. Havia uma distância considerável entre uma barra e outra e, por isso, eu cair e dar de boca em uma delas era um tanto quanto improvável. Segurando a bola com as duas mãos, eu flexionaria o joelho, sendo minha posição facilmente confundível com a de alguém prestes a defecar. Após isso, daria saltos constantes, tanto para frente quanto para cima, no intuito de realizar com "êxito" todo o percurso. Fazer aquela merda era complicado. Uma bola medicinal somada a pulos repetitivos era capaz de cansar até mesmo o maior do guerreiros. " Você é fraco "- VAI...SE... FU....! - Eu acabava tirando energia de pensamentos estranhos. Percebe-se que eu fiquei um tanto quanto "magoado" com as palavras da mulher, não?

Não se passaria muito até que eu enfim decidisse cessar o treinamento. - Tô de saco cheio já. - Sairia da região das barras e tacaria a bola medicinal para cima e daria um chute nela com o pé direito, chutando em horizontal o centro da mesma. - Heh, não é tão pesada. - Nessas horas não sentir dor é algo realmente bom, vide o fato que a bola pouco se moveu, e um estalo pôde ser ouvido quando eu chutei a bola. Nossa, espero que eu não esteja bem. Eu sentaria no chão, sem fazer muita cerimônia, além de remover o meu manto negro, para que o suor em sua superfície secasse(como se cobras rastejando e sujeira não fossem o suficiente). Esperaria, então, pela cientista. - Er..Por curiosidade. Quantos anos você tem? Sabe como é, eu tenho 13 anos e eu não queria que os amigos que eu não tenho soubessem que eu beijei uma put.. meretriz velha. Mas diz ai, você é só put.. "uma mulher experiente" ou velha também? 

Leia-me:

961 palavras de 100 necessárias. Acho que tá bom lul.
Não me mata com essa baranga não.
Aparência Aqui
Negrito falas
Itálico pensamentos
Armamentos:
10 kunais
5 shurikens
10 senbons
Status:
525/575
400/500
Stamina:05/05

@oito




_______________________


Ficha na imagem.
Falas
Pensamentos
avatar
Genin
Genin
Re: [ RP: Ato ] Chisaki - em 4/6/2018, 10:30


Narrador


Após concluir seu circuito de treinamento com sucesso, o jovem membro do clã Kaguya, cansado, colocou-se sentado ali mesmo, no chão gelado do laboratório. Quando Haka voltou, ela trouxe consigo um outro garoto, esse, mais contido, permaneceu apoiado na porta sem adentrar o cômodo. -- Quantos anos eu tenho?! Seus pais não te ensinaram que não se deve perguntar a idade de uma mulher? -- Respondeu inicialmente, dando a entender que não passaria essa informação. -- Bem, eu tenho 17 anos, sim, sou precoce. -- Enfim sanou a duvida que insista em atormentar a cabeça do garoto.

-- E você, Julian, não seja tímido e entre logo. Ele é o garoto que mencionei mais cedo, será o seu parceiro de treino. Não pegue leve, você viu a tremenda grosseria que ele me fez ao perguntar minha idade. -- Ordenou a mulher, sentando em uma cadeira e ensaiando com um lenço branco no rosto um falso choro quase que em uma peça teatral. -- Sim senhora. -- Disse para uma jovem garota que de senhora não tinha nada.

Naquela sala, duas realidades diferentes. Eram dois jovens de mesma idade, porém, Chisaki permanecia lúcido o tempo inteiro, já o outro garoto você nota que era totalmente levado pelas palavras da mulher. -- Meu nome é Julian, o prazer é todo seu. Agora vamos, mostre-me tudo o que você tem, eu não desapontarei a senhora e você irá pagar pelo ato de grosseria que acabou de cometer. -- Disse o garoto, prestes a entrar em um combate.




Considerações
-- Você domina isso aqui, não vou ficar falando o que dizer Laughing Apenas peço que inicie o combate.
-- Julian    
@Chisaki

_______________________

avatar
Genin
Genin
Re: [ RP: Ato ] Chisaki - em 5/6/2018, 01:00



Insane Kaguya



 - Quantos anos eu tenho?! Seus pais não te ensinaram que não se deve perguntar a idade de uma mulher? - indagou a mulher, aparentando estar um tanto quanto nervosa. Me levantaria do chão em que estava sentando, com certo desinteresse, enquanto andaria em direção ao saco de areia que eu havia anteriormente perfurado com um de meus ossos. - Não, meus pais não tiveram muito tempo pra me ensinar muitas coisas, a não ser o fato de que eu não deveria confiar em nenhum filho da puta. Eu mandei eles pro colo do tinhoso a uns 2, 3 anos atrás. - falaria secamente, com tanta naturalidade que chegava a ser doentio. Me agacharia em frente ao saco de pancada, e pegaria um pouco de areia que acabou escorrendo do mesmo. Ficaria passando os grãos de uma mão à outra, lentamente, como se meus palmos estivessem realizando o trabalho de uma ampulheta. - Bem, eu tenho 17 anos, sim, sou precoce. - completou a mulher. Isso explicava um pouco o fato dela tentar agir de maneira prepotente em relação à mim. - Pera aí..Eu beijei uma mulher 4 anos mais velha que eu? Legal. Aliás, ilegal. - daria um sorriso estúpido, olhando agora em direção à mulher. 

- E você, Julian, não seja tímido e entre logo. Ele é o garoto que mencionei mais cedo, será o seu parceiro de treino. Não pegue leve, você viu a tremenda grosseria que ele me fez ao perguntar minha idade. - falou Haka e, subitamente, um rapaz que provavelmente malhava os músculos anais nas horas vagas entrou por uma porta. Um rapaz magricela, com uma blusa que só cobria até metade de seu abdome, além de vestir calças e uma jaqueta de um famigerado afeminado. - Ai, miga, lacrou. BERRO. - Não me entenda a mal, não é como se eu tivesse algo contra a provável sexualidade "excêntrica" do garoto, mas é sempre bom provocar alguém que eu nunca havia visto antes. É daí que surgem as boas amizades...Não que eu tenha alguma, é claro. - Sem querer ser chato e tals, mas saiba que você é o SEGUNDO preferido dela, tá ligado? - Nesse instante, eu apontaria para meu peito, região que foi mordida pela mulher e que, consequentemente, me deu aqueles poderes estranhos que ela chama de "maldição". Não obstante, eu ainda continuaria segurando a areia, mantendo-a "escondia" na mão esquerda.

- Meu nome é Julian, o prazer é todo seu. Agora vamos, mostre-me tudo o que você tem, eu não desapontarei a senhora e você irá pagar pelo ato de grosseria que acabou de cometer. - Sabe, essa não é a primeira vez que eu sou acusado de "ato de grosseria" por uma pessoa maluca. Parece que foi ontem que eu lutei contra um fanático religioso que vivia falando baboseiras sobre um tal de "Jashin" e coisa parecida. "Ó GRANDE JASHIN, EU QUERO QUE VOCÊ SE FODA." Daria um sorriso de canto de boca, enquanto me recordaria da batalha que eu travara com o fanático. - Pois bem, então. Prepare esse teu toba frouxo que lá vem bomba.

Enfim um combate justo, em que ninguém(provavelmente) se transformará em água terá início. Não estava sendo capaz de conservar a sede de sangue que havia tomado conta de mim a algumas horas. Me aproximaria de Julian - ficaria a uma distância entre 15 e 20m - e, enfim próximo o suficiente, realizaria o selo de mão do carneiro. Sem aviso prévio, movimentaria-me a uma velocidade de 18m/s em direção ao garoto. Estando a alguns palmos de distância de Julian, eu "fintaria" um soco com a mão direita. Ao invés de atacá-lo diretamente, tacaria em seus olhos a areia que eu vinha segurando havia um bom tempo. Feito isso, daria um salto frontal por cima de meu oponente, enquanto giraria o corpo no ar. Buscaria ficar de cabeça para baixo enquanto me mantesse no ar e. Apontaria ambas as mãos em direção à Julian - ainda no ar, é claro - e, mais especificante, miraria em direção ao mesmo utilizando todos os dez dedos de minhas mãos. "Teshi Sendan"Subitamente, ossos endurecidos provenientes das pontas dos meus dedos seriam atirados contra o meu oponente. Caso ele tentasse desviar, eu tentaria segui-lo com as "mãos", a fim de tentar acertar o máximo de projéteis possíveis.

Estando com os pés de volta no chão, eu sequer daria tempo para meu oponente reagir. - Dança do Salgueiro. - Inúmeros ossos surgiriam de meu corpo: cotovelos, palmas das mãos e costas. Avançaria contra meu oponente, dessa vez a uma velocidade de 14m/s. Assim que eu conseguisse me aproximar, realizaria cortes com as palmas de minha mão, buscando atingir a região abdominal de meu oponente. Após isso, apoiaria o osso da palma da mão direita no chão, no intuito de cravá-lo e, assim que o fizesse, giraria o corpo, tentando atingir meu oponente com um chute com o pé direito em sua costela esquerda. Realizadas minhas ações ofensivas, eu me afastaria um bocado. Não desativaria, porém, a Dança do Salgueiro. - O que achou disso, "senhora" de merda?   

Leia-me:

Espero que não tenha ficado confuso. Bjs te amo.
- Movimentos realizados na maior velocidade (14m/s), com exceção do Shunshin que foi a 18m/s.
- To preparando um jutsu
- Caso Julian tentasse desviar meus ataques corpo-a-corpo com a espada, peço que considere que eu tentaria refleti-las utilizando os ossos de algum cotovelo, qualquer que seja
Aparência Aqui
Negrito falas
Itálico pensamentos
Armamentos:
10 kunais
5 shurikens
10 senbons
Status:
525/575
270/500
Stamina:04/05
Jutsus Usados:
Jutsus de Ataque:


Teshi Sendan
Rank: C
Descrição: Ossos da ponta dos dedos endurecidos são atirados no inimigo, com um movimento giratório adicionado à balas esqueléticas. Uma batida direta irá escavar pele, carne e osso. Desde os ossos do usuário pode ser regenerado, a taxa de incêndio de arsenal do usuário é ilimitado. Esta técnica é essencial para Kimimaro por seus ataques de longa distância.


Yanagi no Mai (Dança do Salgueiro)
Rank: A
Descrição: Para executar esta dança, Kimimaro cresce várias lâminas de osso longo de seu corpo para usar como armas. Embora ele usa principalmente duas lâminas crescente de as palmas das suas mãos, ele também usa vários ossos secundários crescendo dos cotovelos, joelhos e ombros. Esta forma de dança é extremamente acrobáticos, utilizando spins, encargos e longo barras varrendo para tornar os ataques mais eficazes e de evadir ataques dos oponentes contra. Kimimaro também pode estender seus ossos para atacar seus oponentes sem ter que ajustar seu próprio movimento.
Jutsus de Suporte:


Shunshin no Jutsu
Rank: D
Descrição: O Shunshin no Jutsu é uma técnica de movimento de alta velocidade, permitindo que um ninja possa se mover de curta para longas distâncias a uma velocidade quase indetectável. Para um observador, ele aparece como se o usuário tiver teletransportado. Uma bomba de fumaça é ocasionalmente usada para disfarçar os movimentos do usuário. É realizado o uso do chakra temporariamente para revitalizar o corpo para se mover em velocidades extremas. A quantidade de chakra necessária depende da distância total e elevação entre o utilizador e o destino pretendido. Tem havido alguma confusão em algumas traduções entre este e o Jikuukan Ninjutsu, mas estes são de fato diferentes técnicas, esta técnica não é teletransporte e sim apenas um movimento extremamente rápido.
Jutsu em Preparação:


Kawarimi no Jutsu
Rank: E
Selos: Carneiro, Javali, Touro, Cachorro e Cobra.
Descrição: Com esta técnica, os usuários substituem o seu próprio corpo com algum outro objeto, geralmente com um bloco de madeira no momento de um ataque. Isso cria uma ilusão de ótica, fazendo com que o inimigo ache que o ataque foi bem sucedido. A partir disso, o usuário pode usar o lapso de atenção do inimigo para atacar ou fugir do campo de batalha. Etiquetas de explosivos podem ser anexados à substituição de uma surpresa adicionado. É um ninjutsu básico mesmo ensinado na Academia, mas é uma arte útil que pode ser aplicada em várias situações.
Kekkei Genkai:


Shikotsumyaku
Descrição: Shikotsumyaku é a kekkei genkai do extinto clã Kaguya, que dava a eles a habilidade de manipular suas próprias estruturas esqueléticas (seus osteoblastos e osteoclastos). Ao infundir chakra ao cálcio, eles podem manipular o crescimento e as propriedades de seus ossos como bem quiserem. Essa habilidade parece ser rara entre os membros do clã, já que Kimimaro era o único a possuí-la entre seu clã inteiro.

Aparentemente, essa habilidade dá ao usuário uma estrutura óssea única, já que quando Kimimaro estava muito doente, Kabuto Yakushi alegou que havia muita pouca informação sobre seu corpo para dar qualquer tratamento médico. Após injetar o DNA de Kimimaro em si mesmo, Kabuto pôde ter acesso a essa kekkei genkai que ele usa através de um clone de Kimimaro, que emerge da base de sua cobra do umbigo. As principais capacidades do Shikotsumyaku são permitir que o usuário manipule tanto a velocidade do crescimento dos ossos como também o local dos depósitos de cálcio. Isso permite criar armas de ossos que podem ou sair de qualquer parte do corpo ou serem puxadas e usadas como armas de mão, e até mesmo atirar pedaços dos ossos como projéteis de longo alcance. Qualquer osso que é removido do corpo se regenera imediatamente, assim como a pele que é danificada na remoção dos ossos. Usuários podem aumentar a densidade dos ossos criados, tornando-os mais fortes do que aço. Isso não só torna as armas criadas mais poderosas, mas também torna o corpo virtualmente indestrutível; os ossos podem até mesmo suportar uma lâmina infundida de chakra, que é geralmente suficiente para cortar qualquer coisa.

Pela demonstração dos dois únicos usuários dessa habilidade, Kimimaro e Kabuto, várias técnicas possuem nomes de flores. Muitas delas são também danças de espada baseadas em taijutsu, que são usadas para luta corpo-a-corpo e defesa. Porém, como Kimimaro demonstrou, os ossos podem também crescer a um volume muito grande, e provavelmente crescerem por cada um, como uma forma de um ninjutsu, e que ele pode emergir de qualquer um desses ossos.

Orochimaru cobiçou muito essa habilidade, afirmando que a kekkei genkai dava ao usuário uma estrutra óssea impenetrável, que pode resistir a qualquer tipo de ataque físico. Além do mais, se um usuário partir para a ofensiva, ele pode instantaneamente tornar seu corpo na lança mais afiada. O Shikotsumyaku é considerado como a habilidade suprema de taijutsu, fato que é mantido em alta consideração.

@oito




_______________________


Ficha na imagem.
Falas
Pensamentos
avatar
Genin
Genin
Re: [ RP: Ato ] Chisaki - em 5/6/2018, 23:13


Narrador


Surpreso com a idade revelada pela mulher, Chisaki não sabia se ria ou se chorava. O motivo para rir veio logo em seguida, quando Julian mostrou o ar de sua beleza e deixou Chisaki duvidoso a respeito de sua sexualidade, porém, não fugiria da chance de um combate e usaria de toda sua agressividade para isso.

Em um gesto nada nobre, Chisaki investiu contra seu oponente com sua mão destra empunhando grãos de areia que havia tomado para si em uma ação não premeditada. Julian podia estar preparado para tudo, menos para uma ação dessa magnitude. Chisaki então lançou aquelas mínimas partículas chatas e tampou quaisquer chances de visão do garoto, que tinha agora, seus olhos totalmente fechados. O jovem de cabelos escuros e comprimidos então se animou nesse instante, afinal de contas estava em vantagem, só que não. Já no ar, foi contra-atacado com Julian colocando a lâmina de sua espada deitada sobre sua cabeça e também em um movimento giratório desarmou os lançamentos dos ossos. -- Está surpreso, mon seigneur? Não preciso de visão para acabar com você, apenas minha audição aguçada já basta. -- Retrucou o oponente.

Em solo firme novamente, Chisaki permaneceu focado no combate e reiniciou uma nova investida, agora, visava atingir sua região abdominal. Julian por sua vez, conseguia escutar os ossos levantando sobre a pele flácida do membro do clã Kaguya e podia ter a noção de onde vinham os ataques e em que região, então se preparava colocando a ponta de sua lâmina na direção dos ataques e com o barulho do impacto se guiava para sair do alcance de eventuais ataques. Então, saindo do papel de atacado para atacante, ele, se jogando ao chão colocou seus dois punhos nas costas e com um golpe com as duas pernas visava acertar as pernas de Chisaki, girando e levantando o membro do clã Kaguya em seguida, ficaria em pé logo em seguida com a ajuda das mãos que apoiava o chão. -- Isso é tudo? Já acabou, mon seigneur? -- Encerraria.




Considerações
-- Desculpa o post fraco, faz tempo que não narro um post de combate, irei melhorar conforme narro esse teu personagem maluco das idéias.
-- Velocidade 3 e Força 4 a do garoto.
-- Golpe de capoeira que ele procura te acertar.
-- Julian    
@Chisaki

_______________________

avatar
Genin
Genin
Re: [ RP: Ato ] Chisaki - em 9/6/2018, 22:09


HP: ❲ 480 • 575 ❳ CH: ❲ 515 • 500 ❳ ST: ❲ 03 • 05 ❳

Devo admitir: eu nunca fui muito fã de pessoas que possuem qualquer um dos cincos sentidos mais apurados do que a média. Visão noturna, audição aguçada ou até mesmo um paladar capaz de, minimante, conseguir distinguir o sabor de água de diferentes rios. Para mim, era como se essas pessoas estivessem "trapaceando" na vida. Não é como se eu fosse tão diferente quanto eles. Afinal, instantes antes eu havia tentado cegar temporariamente meu oponente. - "Mon seigneur" é meu "caralheur". Você é um merdinha bem estranho. - falaria, ainda no ar, no decurso até o solo. Um aspecto do garoto me intrigou, porém. Audição aguçada é realmente uma vantagem ou uma desvantagem? Dependendo da criatividade - ou insanidade de contra quem se está lutando, uma qualidade facilmente pode se tornar um defeito.

Inevitavelmente, o "lobo" tornara-se a "ovelha", e agora seria minha vez de me defender de prováveis avanços de meu inimigo. Sinceramente, eu não fazia ideia de como Julian me atacaria até que ele enfim se encontrasse em minha frente, até que o rapaz se abaixou e começou a preparar seu ataque. Impulsivamente, quando Julian começasse a girar as pernas no ar, eu moveria-me para trás, retrocedendo a passos largos, movendo-me em diagonal - na direção contrária aos pés do garoto - e "gingaria" com os ombros, na intenção de tornar meus movimentos mais naturais e menos trabalhosos, como se meu corpo estivesse trabalhando em um efeito de completa harmonia. A partir do instante que os chutes de Julian fossem gradualmente aumentando a altura, eu daria um mortal, "arremessando" todo o peso de meu corpo enquanto realizaria o movimento a fim de concluí-lo mais rapidamente. Estando afastado do meu inimigo, eu daria um sorriso. - Se eu acabei? Hahaha..Isso só acaba quando eu ou você estivermos no inferno. Ou, então, os dois! HAHA. - diria. Finalmente, eu cessaria a "Dança do Salgueiro". Havia esquecido que estava com a técnica ativa enquanto desviava dos ataques.

Em seguida, a marca do Selo Amaldiçoado começaria a brilhar em um tom um tanto quanto avermelhado, passando a cobrir grande parte do meu corpo. - Mas que MERDA é essa? Como desliga? - diria, enquanto começaria a sentir um pouco da "irritação" por não ter me acostumado completamente àquele modo. Em poucos instantes, meu corpo teria sido completamente tomado pelo Selo. Eu adquiriria uma coloração marrom de pele, além de marcas escuras próximas a meus olhos, um pouco abaixo. Como se isso não bastasse, uma espessa cauda teria surgido um pouco acima de minhas nádegas, como se fosse uma "complementação" da minha coluna. -Se prepara, Juliana! - diria, enquanto criaria alguns ossos pontiagudos na ponta da minha cauda, sobrepondo-os na ponta da mesma.  

Agora, como eu deveria transformar a vantagem do meu oponente em uma fraqueza? Sem fazer cerimônia, eu correria em direção à bola medicinal - sim, aquela mesma que eu havia tentado chutar anteriormente - e a pegaria. A bola parecia mais leve, provavelmente pelo "poder" proveniente daquilo que Haka chama de "Selo Amaldiçoado". Me aproximaria de meu oponente, até que a distância que nos separava fosse por volta de 15, 20m. Em um movimento que mesclava genialidade - talvez - e estupidez - com toda certeza - eu tacaria a bola medicinal para o alto, aplicando uma força máxima que não fosse, porém, passível de destruir o teto do estabelecimento. Faria um único selo de mão, canalizando todo o meu chakra na sola dos pés. "Esse françoá de bosta vai se ver comigo.

No instante em que a bola fosse de encontro ao chão, eu aproveitaria o estrondo causado pela mesma para que eu enfim avançasse, utilizando o Shunshin no Jutsu, e o garoto - pelo menos de acordo com meus planos - sequer percebesse, estando demasiado concentrado no barulho ocasionado pela bola. Aí está a fraqueza de possuir uma "audição aguçada": ela é REALMENTE aguçada. Sem mais delongas, vale mencionar que meu avanço seria em horizontal, e com a cauda, passando por cima de minha cabeça, estaria à frente do meu corpo. Me comparar com um "foguete escorpião" era, no mínimo, aceitável. Eu buscaria acertar minha cauda - ainda revestida com ossos - no peitoral do meu oponente, para que eu pudesse enfim acabar com a miserável vida dele.  
Considerações:
Aparência Aqui
Negrito falas
Itálico pensamentos
Sou um merda em posts de combate, então nem percebi se tá ruim ou não UAHAH porém gostei.
Minha força subiu pra 5 e velocidade 4, devido aos ganhos do Juuin
Estratégia:
- Caso ele desviasse, por algum motivo, dos meus golpes, eu usaria Kawarimi no Jutsu - preparado no post anterior - para ir até as costas dele e tentaria fincar um osso em sua coluna.
Jutsus Usados/Que pode ser usado:


Kawarimi no Jutsu
Rank: E
Selos: Carneiro, Javali, Touro, Cachorro e Cobra.
Descrição: Com esta técnica, os usuários substituem o seu próprio corpo com algum outro objeto, geralmente com um bloco de madeira no momento de um ataque. Isso cria uma ilusão de ótica, fazendo com que o inimigo ache que o ataque foi bem sucedido. A partir disso, o usuário pode usar o lapso de atenção do inimigo para atacar ou fugir do campo de batalha. Etiquetas de explosivos podem ser anexados à substituição de uma surpresa adicionado. É um ninjutsu básico mesmo ensinado na Academia, mas é uma arte útil que pode ser aplicada em várias situações.



Shunshin no Jutsu
Rank: D
Descrição: O Shunshin no Jutsu é uma técnica de movimento de alta velocidade, permitindo que um ninja possa se mover de curta para longas distâncias a uma velocidade quase indetectável. Para um observador, ele aparece como se o usuário tiver teletransportado. Uma bomba de fumaça é ocasionalmente usada para disfarçar os movimentos do usuário. É realizado o uso do chakra temporariamente para revitalizar o corpo para se mover em velocidades extremas. A quantidade de chakra necessária depende da distância total e elevação entre o utilizador e o destino pretendido. Tem havido alguma confusão em algumas traduções entre este e o Jikuukan Ninjutsu, mas estes são de fato diferentes técnicas, esta técnica não é teletransporte e sim apenas um movimento extremamente rápido.

Armamentos:
10 kunais
5 shurikens
10 senbons
@oito

_______________________


Ficha na imagem.
Falas
Pensamentos
avatar
Genin
Genin
Re: [ RP: Ato ] Chisaki - em 10/6/2018, 16:10


Narrador


Dotado de sua ambidestria, Chisaki afastou-se com sucesso do alcance da rasteira de Julian que ainda com o insucesso manobrou um pontapé com a sola de seu calçado visando atingir o queixo do garoto, que previu o ataque e tratou de dar um mortal para trás, fazendo com que o ataque pegasse de raspão. -- Me desculpe, mon seigneur, não pretendo ir para o inferno e sair de perto da mestra, mas você pode ficar a vontade para seguir o caminho que desejar. -- Respondeu Julian, ainda com sua visão debilitada.

A marca do selo que Chisaki mostrou após isso, desencadeou em seu adversário a mesma ativação. Como era de se imaginar, Julian também é fruto de um experimento de Haka, um de seus maiores sucessos, por sinal. Entretanto, Chisaki demonstrou certa inexperiência com o selo através de suas ações que Julian não pôde notar devido a estar cegado. Enquanto um criava caudas, o outro criava asas.

Agora o perito em kenjutsu alongava o braço armado com sua lança, somado ao uso das asas estava ainda mais completo. Vendo, ou melhor, ouvindo a corrida de Chisaki, ele voou imediatamente em máxima velocidade ao alcance do oponente enquanto girava e girava com sua espada, aumentando exponencialmente a potência de corte, que atingiu Chisaki na região de ambos os braços e então o agarrou e o lançou diante de oito metros ao encontro de uma parede ali existente, o distanciando ainda mais da bola. -- Seja lá o que existir aqui, você não pega. -- Desafiou Julian, encontrando com os pés a tal bola.




Considerações
-- Foi ativado em seu oponente o selo do Sasuke.
-- Velocidade 4 e Força 6 a do garoto.
-- Julian    
@Chisaki

_______________________

avatar
Genin
Genin

Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

resposta rápida

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum