Os Imortais
Okina conseguiu destruir Sunagakure, tornando o vilarejo um só com as suas origens, as areias profundas do deserto. O mesmo aconteceu em Kirigakure no Sato, onde a entidade afundou a vila no oceano que o cercava. Porém, ao tentar acabar com Konoha, a inimiga da humanidade falhou sendo impedida pelos novos salvadores do mundo. Abençoados por Hagoromo, os ninjas Mako e Mordred conseguiram selar a adversária criando uma segunda lua pairando sobre o planeta. Passadas algumas semanas, uma seita antiga se reuniu procurando o local onde poderiam ressuscitar Jashin, um deus antigo. Liderados por uma mulher capaz de ouvir a voz do deus, os seguidores subiram a Cordilheira dos Deuses e encontraram uma rocha cheia de selamentos frágeis e acabaram assim liberando um novo inimigo que se diz ter muitos nomes: Kami-sama, Jashin-sama e Shaka-sama. A nova divindade absorveu os poderes da lua onde Okina foi selada e transformou-se totalmente, porém, uma quantidade estranha de chakra vazou e espalhou-se no planeta inteiro.O novo inimigo da humanidade marcou três vilarejos: Konoha, Iwa e Kumo. Mas quais são seus verdadeiros planos? E quem é a pessoa que despertou depois de muitos anos?
.
.
.
.
.
Últimos assuntos
» Oscar Semetral Naruto RPG Akatsuki 2018
Hoje à(s) 03:28 por Zarmo

» [RP - Crônica] Libertação - Hidey
Hoje à(s) 03:27 por Oda

» [CENA] A chuva sobre os fios negros
Hoje à(s) 03:24 por Aoi

» [História] O Arqueiro Astuto
Hoje à(s) 03:18 por Urameshi

» [ MF ] Vorn
Hoje à(s) 03:18 por Urameshi

» [ SOLO ] Vorn, o Aprendiz
Hoje à(s) 03:18 por Tenshin

» Rankeamento de Técnicas
Hoje à(s) 02:53 por GuillotineCrown

» [Banco] Omoi
Hoje à(s) 02:22 por Kaginimaru

» Lista & Organização de Habilidades Especiais
Hoje à(s) 02:21 por Kaginimaru

» [M.F] Omoi
Hoje à(s) 02:19 por Kaginimaru


Convidado


20/7/2018, 03:32
Mensagens: 0
Geral
RPG
Ficha de personagem
Rank:
Perso:
HP:
CK:
ST:

Notificações
Não há notificações
Resetar as notificações

<

[D] Reencontro Casual — Hayato Okamoto

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo



HP: ❲ 200 • 200 ❳ CH: ❲ 225 • 225 ❳ ST: ❲ 03 • 03 ❳
O clima seco do outono assola a vila oculta da areia, que se prepara para mais um dia agitado. É de manhã e tanto ninjas quantos trabalhadores acordam para iniciar seus dias, assim como Hayato, que não é uma exceção. Desta vez, nenhuma carta chegou nele em si, apenas uma mensagem falada, fato que despertou a curiosidade do rapaz.

Hayato-kun? — Hisoka chamava pelo menino que adentrava pelo portal da cozinha

Bom dia Hisoka-san — Dizia monotonamente, cansado pela semana agitada que tivera — Bom dia Rukia-chan — Falava ao perceber a presença da pequena no local, comendo um prato de ovos mexidos.

Bom dia Hayato-chan! — A morena de 5 anos de idade exclama com um alegre sorriso enquanto mastigava. Uma cena não muito agradável, todavia, ligeiramente "fofa", tendo visto que é apenas uma criança.

Bom dia... — Hisoka retruca com um belo sorriso no rosto e seguia falando — Um ninja bateu aqui na porta hoje

Um ninja? — O garoto indaga ao mesmo tempo em que puxa uma cadeira para se sentar — O que ele queria? — Dizia enquanto se ajeitava na cadeira.

Ah, disse que você tem que aparecer lá no quartel general, provavelmente uma missão — Respondia calmamente, enquanto trazia um prato de ovos mexidos para o garoto.

Outra missão!? — Reclamava jogando sua cabeça para trás em forma de protesto, enquanto as duas ali presentes, riam da reação do menino.

Não reclame Hayato-kun, isso é necessário para seu desenvolvimento como ninja! — Advertia o garoto que apenas olhava mal-humorado para a comida, preparando-se para comer.

Eu sei, eu sei... — Apenas assentia com a mulher, afinal, ela realmente sabia o que era melhor para ele — Bem, então eu vou comer e ir — Dizia pondo uma quantidade enorme de ovos mexidos, rapidamente na boca, quase engasgando.

Não faça isso, você vai se engasgar! — Hisoka grita furiosamente enquanto a pequena Rukia apenas ria da cena.

Terminando seu café, o jovem pega sua bolsa de armas e sai em direção ao quartel general. Lá, o menino se depara com vários shinobis, indo de um lado pro outro. Era de se esperar que o local fosse bem movimentado. Um homem de cabelos negros se aproxima do jovem, ao perceber sua presença.

Olá, você deve ser o Hayato Okamoto — Diz apenas confirmando a identidade do rapaz — Me chamo Oreki Tetsuki e temos uma missão... — Dá uma pausa para pensar em um termo adequado — Digamos que "especial", para você

Especial? — Indaga num tom de voz calmo e lento — Especial como no dia em que eu fiz faxina na biblioteca? Ou então quando pintei algumas cercas? — Ironizava o que o shinobi tinha dito, apenas deixando-o sem graça.

Haha, não fique estressado Hayato-kun, essa missões são importantes para um gennin! — Dizia ao mesmo tempo em que coçava a nuca, dando um sorrisinho sem graça.

Não use "kun" no meu nome — Murmura revirando os olhos e bocejando.

Ok, ok, não se irrite — Terminando, o homem respira fundo e continua — Bem, você fará uma missão de entrega, sua primeira missão fora de Sunagakure

Hm... interessante, o que eu tenho que levar? — Indo direto ao ponto, Hayato não perde tempo.

Um caixote de comidas para um vila aliada — Retruca rapidamente — Eles foram atacados ultimamente, então tome cuidado pois os ladrões que os atacaram tentarão pegar a encomenda.

Ladrões? — Pensa em voz alta

Sim e a Akemi-chan irá te acompanhar — Diz ao mesmo tempo em que aponta para uma menina ruiva, sentada em um dos bancos da recepção. Aparentemente, estava avulsa, sonhando acordada.

Akemi... — Hayato balbucia o nome da garota como se lembrasse dela. Ambos se formaram juntos na academia, porém, não se falavam com tanta frequência.

Akemi-chan! — O shinobi chama pela garota, que sai de seu transe e corre na direção deles.

Hayato-kun! Quanto tempo! — A garota exclama ao reconhecer o gennin que apenas cora automaticamente e acena com a mão.

Preparados? — O shinobi pergunta — A encomenda está no portão da vila. Eu dei um mapa para a Akemi-chan e ela saberá o caminho.

Depois de toda a explicação e o reencontro com uma antiga colega de classe, Hayato e Akemi se dirigem em direção ao portão da vila. De lá, ambos partem em direção ao sul. Ele leva a carroça com a encomenda enquanto ela o guia pela frente. Durante o caminho, os meninos conversam bastante.

Essas missões são um saco né!? — Dizia a menina com um semblante de desgosto — Esses dias me obrigaram a pintar cercas, você acredita!? — Reclamava mais e mais enquanto andavam pelo caminho de calcário no meio do deserto.

Sim, acredito... — Retruca se lembrando do dia em que ficou o dia inteiro fazendo tal tarefa — Bem, eu concordo que elas são um saco, mas são importantes para o nosso desenvolvimento como um ninja.

Sim, eu sei... — Assente com a resposta do rapaz, que apenas olha para a frente, levando a carroça — Hayato-kun! — Tenta chamar a atenção do garoto, que apenas a encara — Qual é o seu sonho?

Meu sonho? — Murmura enquanto se lembra de Ottorui. As lembranças daquele dia terrível voltam a sua mente e só fazem ele pensar em uma única coisa — Eu quero ser como ele....

Ele? Ele quem? — Akemi pergunta curiosa com a resposta do menino que apenas a encara profundamente, se preparando para dar uma longa resposta.

Foi então que ambos são interrompidos por alguns ladrões que interrompem a passagem dos dois, cercando-os. Era um grupo de quatro homens, estes, armados com kunais.

Ladrões! — A menina exclama já sacando a kunai e ameaçando atacar.

Ei, deixa que eu cuido disso — Hayato põe a mão sobre o ombro da garota, pondo-se a sua frente.

Os homens então, repentinamente, lançam suas kunais. À vista disto, Hayato realiza dois selos de mão, enquanto os sussurra para si mesmo.

Carneiro... Serpente... — Faz os gestos com as mãos ligeiramente, e então exclama o nome de seu jutsu — Jiton! Hangeki no jutsu! — Estendendo suas mãos na direção das armas ninja, ele concentra seu chakra magnético nas palmas e então, cria um repelidor magnético, fazendo todas as kunais e shurikens ricochetearem e perderem as forças, caindo no chão. Os ladrões olhavam assustados para o garoto que apenas estralava os dedos, satisfazendo seu tique nervoso.

Que legal! — Akemi pensava, empolgada com o jutsu de Hayato — Agora é minha vez! — A menina exclamava enquanto entrava na frente do gennin — Katon! Goukyakku no jutsu! — Após realizar uma certa quantidade de selos, a garota expele uma enorme quantidade de fogo pela boca, indo de encontro com os ladrões que não desviam a tempo e caem queimados ao chão — Vencemos! — Akemi começa a comemorar e abraça Hayato que apenas cora enquanto a menina pula pra lá e pra cá.  

Depois da batalha, eles prendem os homens e os levam na carroça, afim de no término da missão, os entregarem para a polícia de Sunagakure. Chegando na vila, um velho esperava por eles. Aquele era o líder da aldeia. Entregando a encomenda, os dois voltam tranquilamente com os meliantes para a vila e entregam o relatório para Oreki.

Estou orgulhoso de vocês dois, parece que fazem uma ótima equipe — O homem diz enquanto põe as mãos sobre as cabeças das crianças e bagunça seus cabelos.

Depois deste longo dia, Hayato vai para o orfanato e começa a pensar em seu sonho e ter a esperança de que um dia se tornaria tão incrível como "ele" foi.


Considerações:
Roupas: Bolsa de armas na cintura à direita.
Akemi:

Equipamentos:
Bolsa de armas (20):
+ (5) Kunais,
+ (10) Shurikens,
+ (1) Fuuma Shuriken,
+ (2) Ampolas,
+ (3) Senbon.
Jutsus Utilizados:
-/-

_______________________



avatar
Nukenin C
Nukenin C

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

resposta rápida

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum