Os Imortais
Okina conseguiu destruir Sunagakure, tornando o vilarejo um só com as suas origens, as areias profundas do deserto. O mesmo aconteceu em Kirigakure no Sato, onde a entidade afundou a vila no oceano que o cercava. Porém, ao tentar acabar com Konoha, a inimiga da humanidade falhou sendo impedida pelos novos salvadores do mundo. Abençoados por Hagoromo, os ninjas Mako e Mordred conseguiram selar a adversária criando uma segunda lua pairando sobre o planeta. Passadas algumas semanas, uma seita antiga se reuniu procurando o local onde poderiam ressuscitar Jashin, um deus antigo. Liderados por uma mulher capaz de ouvir a voz do deus, os seguidores subiram a Cordilheira dos Deuses e encontraram uma rocha cheia de selamentos frágeis e acabaram assim liberando um novo inimigo que se diz ter muitos nomes: Kami-sama, Jashin-sama e Shaka-sama. A nova divindade absorveu os poderes da lua onde Okina foi selada e transformou-se totalmente, porém, uma quantidade estranha de chakra vazou e espalhou-se no planeta inteiro.O novo inimigo da humanidade marcou três vilarejos: Konoha, Iwa e Kumo. Mas quais são seus verdadeiros planos? E quem é a pessoa que despertou depois de muitos anos?
.
.
.
.
.
Últimos assuntos
» Rank C - Artref e Yagura26
Hoje à(s) 13:49 por Aoi

» 1) Solicitações de Roleplay (Plotting)
Hoje à(s) 13:31 por Yamm

» [Missão C] Cavalinhos - 'Aisha
Hoje à(s) 13:05 por 'Aisha

» [mods] Rize
Hoje à(s) 13:01 por DelRey

» [C] Para as montanhas!
Hoje à(s) 13:00 por Thalles Henrique

» 3) Solicitações de Avaliação
Hoje à(s) 12:56 por DelRey

» [QUEST - SOLO] Chuva de Penas
Hoje à(s) 12:56 por DelRey

» [Missão D] Floricultura da Vila
Hoje à(s) 12:56 por Rendri

» Missão C - Rize
Hoje à(s) 12:51 por DelRey

» Campo de treinamento Ryo
Hoje à(s) 12:51 por DelRey


Convidado


20/6/2018, 14:20
Mensagens: 0
Geral
RPG
Ficha de personagem
Rank:
Perso:
HP:
CK:
ST:

Notificações
Não há notificações
Resetar as notificações

<

Treinamentos de Enel

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Treinamentos de Enel - em 26/10/2017, 19:58

Enel estava na biblioteca encarando um livro. Na capa estava escrito: "Ninjutsus Médio e Avançados: Teorias".

Ele tinha acordado normalmente aquela manhã. Era para ser um dia como qualquer outro. Ele fez seus exercícios matinais e deu uma bela surra na árvore de seu quintal. Recém promovido a Genin ele estava fervendo de vontade de ir em missões. Ele já sonhava sobre a sua primeira missão. Ele não aceitaria nada menos que Rank A e estava cheio de energia. Tomou um banho e estava de saída quando passou pela sala onde o seu pai estava lendo uma revista qualquer. 
Ele sabia o que significava qualquer interação com aquele velho, e tentou se apressar para a porta o máximo possível. Ele falhou na escapada.

- Indo a algum lugar?

Ele congelou por um momento e sem ohar para trás retrucou:
 
-Rua

-Onde na rua?
-Quadro de missões, quero fazer logo minha primeira.
 
-HAHAHA...Nesse caso eu tenho uma pergunta, ó poderoso genin, quantos ninjutsus você conhece?
 
-Eeer...nenhum.
 
-Você ao menos sabe como contra-atacar algum deles?
 
-Bom deram isso na academia...
 
-E você devia estar muito ocupado no momento e não prestou atenção, preferindo aprender tudo com o corpo, afinal você é um grande prodígio certo?
 
Enel não argumentou, ele não tinha interesse em ninjutsu. Aprendeu a lutar com o pai e só ficava pensando nos taijutsus que podia aprender e em qual estilo de luta ele ia se especializar primeiro. Coisas como selos de mãos e jutsus a distância eram perda de tempo para ele.

-Você é incapaz de usar genjutsus por pura questão de talento, mas já que seus dedos não foram amputados e o seu chakra está firme e forte você é plenamente capaz de usar ninjutsus! Então por que não ao menos se dedicou a estuda-los!? Você é idiota garoto!?
 

-Se eu for, com quem será que aprendi - murmurou Enel
 

-Minhas orelhas estão em ótima forma seu moleque idiota! Ache um maldito livro na biblioteca, leia até o seu cérebro começar a prestar e aprenda pelo menos a teoria! Se voltar aqui sem ter terminado, você não dorme nem come em casa hoje! Entendido!?
 

Enel não pode protestar. Seu corpo ainda se lembrava da última vez, aparentemente seu pai acreditava muito na resistência física do filho. Ele andou todo o caminho de casa até a biblioteca com um ar negro em volta dele, seu mau humor tinha atingido níveis épicos. Ele passou na academia usando o seu plano de "hakuna matata" e jamais se importou com esse tipo de coisa, então por que o velho maldito tinha que força-lo aquilo? E ainda ia mantê-lo sem jantar, era desumano. As pessoas se afastavam dele como se ele carregasse uma aura negra enquanto ele ia murmurando e xingando o seu pai por todo o trajeto.
 

Assim que chegou ele foi logo a seção de jutsus ninja. Ninjutsus poderosos não iam ficar largados numa biblioteca para quem quisesse aprender, porém elas sempre guardavam fundações teóricas sobre eles, sua história, pessoas importantes que os usavam e como contra-ataca-los. Enel pegou um aleatório com algum nome chamativo qualquer e se sentou para estudar. 
 

É nessa posição que ele estava no início de todo esse flashback. Já haviam se passado pelo menos umas 2 horas desde que ele sentou de frente para aquele livro. Ele ficava se perguntando o tempo todo como deveria começar. Não era um livro, era  inimigo que ele tinha que abater. Ele estava tenso como em uma batalha de vida ou morte, suando e com os olhos focados, apenas encarando a capa do livro. Ele tomou coragem de abrir algumas vezes, mas eram palavras demais para ele conseguir assimilar. Ele só ficava pensando no seu pai e amaldiçoando o velho de todas as formas que conseguia imaginar.
 

Depois de muito pensar ele teve uma ideia (talvez a leitura já o estivesse deixando mais sagaz afinal) e foi para a casa. Ele levou o livro emprestado da biblioteca da vila e foi para o quintal de casa. O velho cumpriu o que falou e não o deixou nem passar pela casa e ele foi obrigado a pular o muro. Sempre xingando mental e verbalmente aquele maldito. Procurou um lugar com sombra. O quintal era razoavelmente grande e tinhas algumas árvores que promoviam ambientes muito agradáveis a leitura.
 

Ele então botou o livro em sua frente e se apoio nas duas mãos, plantando bananeira. Esse era seu grande plano, que maneira melhor para relaxar para ler do que de cabeça pra baixo? Ele se apoiava em uma mão e passava as páginas com a outra. Era um plano tão idiota quanto o seu criador, mas...bom, funcionou. Ele teve que parar diversas vezes para descansar porque o sangue ia pro seu cérebro e ele ficava perto de desmaiar. 
 

Após alguns dias nessa rotina (não passou fome, pois sua mãe, diferente do velho maldito, teve pena e levou comida para ele) ele finalmente terminou o livro. Ele ainda ficou meio dia sentado de costas para a árvore meditando sobre o que aprendeu antes de entrar. Ele ficou impressionado com o que podia ser feito com ninjutsu e como aquilo podia ajuda-lo. Ficou especialmente interessado em Raiton, afinal era sua primeira afinidade e ele logo queria treina-la. Ele então decidiu que apesar de ser um lutador de puro poder físico...ele tiraria sempre tempo a partir dali para aprimorar ninjutsu, treinar jutsus e criar seus próprios. 
 

No final o seu pai estava certo, não que ele fosse admitir na frente daqueles ossos velhos e decrépitos. Não importa o quanto um gorila o pai dele parecesse com aqueles músculos que ele adorava cultivar, Enel só via um velho idiota. 
 

O seu pai ficou surpreso por Enel passar facilmente na trivia que ele montou. O seu filho havia conseguido estudar algo, aquilo era um avanço incrível. Ele finalmente permitiu que Enel entra-se em casa, em seguida gritou para ele ir tomar um banho. Tantos dias ao natural...Enel estava fedendo.
----------------------------------------------------------------------------------
 

Treinamento de +1 de inteligência e +1 de Ninjutsu (com Bônus de dobro do evento)
 

974 palavras
 

Status:
HP=200      Chakra=200

avatar
Re: Treinamentos de Enel - em 26/10/2017, 22:02

@
Convidado
avatar
Convidado
Convidado
Treino Físico extremo - em 27/10/2017, 01:45

Enel estava prestes a por em prática outro de seus planos Infalíveis e geniais. Esse no entanto estava na área de expertise dele. Era um treino físico, como qualquer outro. Mas é muito mais fácil progredir se você começa de baixo da montanha, lá de cima...bom você teria que dar tudo de si para ir pouco além. Ele então levou o além ao limite. Ultimamente ele vinha lendo cada vez mais e isso o ajudou a planejar um treinamento de uma semana que era exaustivo ao extremo.

O critério? Qualquer coisa que o mantive-se acordado e consciente estava valendo. Ele não precisava necessariamente estar bem ou capaz de se mexer. Ele então se baseou numa divisão de exaustão pura e depois treinamento técnico. Primeiro,treinar força, velocidade, agilidade e todo tipo de atributo físico até o seu corpo não aguentar mais ficar de pé. Depois um descanso em torno de meia hora. Aí era hora de treinar a luta e os fundamentos do taijutsu. O cansaço ia ajudar ele a dar 100% do que tinha no treinamento. Afinal cada golpe ia ter que ser dado como se fosse o ultimo, pois ele poderia cair logo em seguida. No fim do ciclo ele iria descansar para repor as energias e finalizar o dia se recuperando.

O objetivo do treinamento era expandir os limites do seu corpo e fazer ele dar 110%. Era um regime de treinamento insano, e ele sabia que se fizesse isso por um período muito longo, mesmo seu corpo não seria capaz de aguentar todo aquele stress e acabaria saindo prejudicado, por isso ele estipulou que uma semana seria o período máximo que aquilo podia durar. Ele queria se sentir igual a alguém que treina com pesos o tempo todo no corpo. Ao ir ao extremo e se manter nele, enfrentando sempre uma situação limite ou pelo menos desconfortável, quando as restrições fossem liberadas...então ele poderia fazer tudo que fazia antes, com o dobro ou triplo da velocidade e força.

Era um raciocínio bem simplista e ele tinha fé que ia funcionar. Ele então tirou suas roupas, ia treinar apenas de cueca o tempo todo. Por que não né? Ele estava no quintal de casa, uma área aberta e espaçosa, perfeita para treinos. Ninguém iria ver ele lá mesmo. Fora que o seu corpo era um verdadeiro templo, por baixo das roupas ele era muito mais forte do que parecia. Fez até umas poses para se sentir mais desinibido.

Ele vestiu alguns pesos. Havia pesos nas canelas, nas coxas (mais leves que os anteriores), nos ombros (muito pesados) e nos punhos e bícepes (1/2 dos das canelas mais ou menos). Eles eram o suficiente pra deixa-lo com dificuldade de se mover, mas inferiores ao que seria impossível de levantar ou que iria restringir fortemente seus movimentos. Ele começou o seu dia com uma musculação pesada, pois além dos pesos que ele levantava para malhar, ele ainda tinha que aguentar 100% do tempo os pesos presos ao corpo. Ele pratico corrida em circulos, zigue-zague, e coisas do tipo. Sempre treinando força e resistência muscular, além de treinar sua velocidade, agilidade e velocidade de ração.

Seu pai até mesmo tirou a semana toda para ajuda-lo. A relação dos dois era péssima se tratando de tudo. Eles não gostavam nem de comer as mesmas coisas, Enel só pensava nele como "velho maldito" e o xingava mentalmente sempre que tinha chance (verbalmente também, quando ele estava longe). Mas quando se tratava desse tipo de coisa...eles estavam lá um para o outro. Não houve sequer um acordo verbal, o velho apenas viu o garoto juntando os pesos e fazendo as anotações e foi para o quintal ficar com ele. O seu pai apenas sentou em um canto qualquer e ficou esperando a hora de ser útil. Nesses treinamentos não existiam xingamentos e discussões como sempre...não, aquele era um momento de levar o corpo ao máximo. Todo o resto era perda de tempo.

Seu pai o ajudava quando os pesos estavam demais ou a praticar velocidade( jogando kunais e shurikens no próprio filho, montando armadilhas e testes para a velocidade de reação e de raciocínio, só coisas saudáveis). Quando chegou a hora de treinar taijutsu e Enel começou a dar tudo de sí o boneco de treino não aguentou. Em um determinado chute, a cabeça dele foi removida do lugar com violência. Ele então chamou o velho para ser seu parceiro. Claro que este treinou só de cueca também, ele era um lutador, não tinha porque ser de outro jeito.

O pai dele era um jounin e um mestre em taijutsu, ensinou tudo que ele sabia. Ele estava com toneladas de peso extra e dando cada golpe com tudo que tinha. Mas apesar dos impactos pesados, seu pai parecia lutar com ele como sempre fazia. Ele era como uma montanha, lutar com o velho era um nível acima, ele deu tudo que tinha e depois mais. Mesmo assim, o velho não parecia cansado, ele não estava descansando no sofá, mas nada perto da exaustão que Enel sentiu. OS golpes dele eram marretas contra Enel. Se fosse uma batalha real, ele provavelmente já estaria morto. Eles ficaram nesse enfrentamento com poucas pausas, e pausas curtas.

Quando Enel não aguentou mais, ele desabou no melhor lugar que pôde. Já era fim de tarde. Tirando um ou outro descanso que ele teve entre uma série e e outra e um exercício e outro, ele não havia descansado muita coisa. Ele não sabia exatamente se havia melhorado em algo, mas todo o seu corpo gritava para ele parar. O velho sentou perto dele e ficou escorado em uma árvore olhando o garoto quase desmaiando. Mesmo nessa situação Enel não tirou os pesos, nem pra comer ele tiraria, apenas no último dia. Era esse nível de treinamento.

A mãe de Enel fez um lanche para eles, como uma forma de suporte, e eles comeram e passaram a noite ao ar livre. Foi basicamente um silêncio com respiradas pesadas durante a noite toda. A rotina continuou no segundo dia. Enel sentia todo o seu corpo doer. Ele estava acostumado a exercícios constantes, mas nada como aquilo. Dormir com pesos, aquela foi a primeira vez. No segundo dia ele progrediu razoavelmente bem e manteve a média do primeiro

No terceiro ele caiu de rendimento. Começou a sentir os efeitos de um treino consecutivo que tirava toda sua energia. Ele terminava sem conseguir se mexer, literalmente. No quarto piorou. Começou a ficar mais lento e cansado. No quarto eles encerraram mais cedo por que Enel simplesmente não aguentou. Tinha sido demais até para ele.

Não acha que é hora de parar garoto?

A resposta dele foi curta e simples:


- Paramos em três dias


- HAHAHA! Você não dura três dias, não é vergonha desistir se está além das suas habilidades.


- Paramos em três dias



O velho então se calou novamente e pelo resto do treinamento se manteve assim. Enel não sabia exatamente o por quê dessa determinação, provavelmente algo a ver com o seu desejo de derrotar o velho num mano a mano. Ele só continuou. O quarto dia deu a ele um bom descanso e ótimos frutos, que logo se revelaram no quinto dia. Ele aguentou mais peso e foi mais rápido. Finalmente fez o velho suar na etapa de taijutsu. Ele não sabia ao certo também do por que melhorou, mas ele fez. E no sexto dia só foi melhor. Ele estava ficando mais habituado, lutar com os pesos já não era mais fora do normal, era só lutar. No sétimo manteve uma certa média, estava destruído. Foi até o limite do limite, até que finalmente descansou (ainda com os pesos).


Na manhã do oitavo (ele fez questão de dormir até tarde), ele tirou os pesos. As ombreiras criaram pequenas crateras com fissuras no chão quando caíram. Ele tirou tudo e testou seu corpo, ele ainda sentia os efeitos do treino, mas se sentia mais relaxado que cansado dessa vez. Ele chutou e se moveu algumas vezes, se sentia mais leve. 


Chamou o velho para um combate mano a mano, para testar as habilidades, apenas uma luta física com tudo. Seus movimentos estavam mais rápidos, imprevisíveis e fortes. Ele finalmente conseguiu aguentar com o velho, apesar de que logo foi perdendo a vantagem. O velho era simplesmente forte demais. Mas foi uma luta boa. Todos os seus movimentos pareciam fáceis e simples agora. Ele usou tudo que tinha e descansou. Dormiu por uns 3 dias depois daquilo tudo.


---------------------------------------------------------------------------------------


Treinamento +1 em Força +1 em Tajutsu e +1 em velocidade 
(bonus do evento dobra e alguns vão sobrar para reserva)


1406 palavras
avatar
Re: Treinamentos de Enel - em 27/10/2017, 03:57

Somente 2 pontos por semana.

_______________________


What you're looking for? Stay away from my character sheet!
avatar
Superior a Kage
Superior a Kage

Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

resposta rápida

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum