Naruto RPG Akatsuki
Olá visitante, registre-se em nosso fórum e venha fazer parte desde mundo mágico de Naruto, sim, seja um Ninja! Veja no vídeo abaixo os primeiros passos para fazer parte deste mundo após o seu cadastro!


Convidado


23/9/2017, 00:36
Mensagens: 0
Geral
RPG
Ficha de personagem
Rank:
Perso:
HP:
CK:
ST:

Notificações
Não há notificações
Resetar as notificações
Tema novo!
Meta: 400,00 R$ Recebido: 70,00 R$
00%
compre Seus AGs Pelo Pag Seguro e Paypal
UPDATES!
09.09.2017 — Exatamente um mês desde o último update, estou aqui hoje para avisar que o arco RUPTURAS está oficialmente encerrado. Ao longo dos próximos dias o tópico referente a ele será devidamente atualizado. Como prometido, novos sistemas virão (já estão disponíveis para o público ver e sugerir coisas) e novos Clãs/Kekkei Genkais também, além disto, muito em breve teremos o inicio de um novo arco.
ESTAÇÕES & EVENTOS
Ano: 07
Primavera:
12/07 -- 03/08
Verão: 04/08 -- 26/08
Outono: 27/08 -- 19/10
Inverno: 20/10 -- 13/11





Últimos assuntos

» [Residência] Yuki Pendragon
por Mordred Hoje à(s) 00:22

» [Mudanças na Ficha] - Chara
por Mordred Hoje à(s) 00:21

» Banco de Olly Sivan.
por Olly Sivan Hoje à(s) 00:11

» [C.T.] Olly Sivan.
por Olly Sivan Hoje à(s) 00:10

» 03. Solicitações de Quests
por Olly Sivan Ontem à(s) 23:29

» [CS MUNDIAL] Son Lux & Estarossa - O inferno
por Son Lux Ontem à(s) 23:29

» Treino do Personagem Olly Sivan.
por Katia Mello Ontem à(s) 22:49

» [Filler] O nascimento da luz
por Akemi Yuki Ontem à(s) 22:48

» [Banco] - Chara
por Isabell@ Ontem à(s) 22:40

» Banco Zoro
por zorosenpai Ontem à(s) 22:29

Procurados
Procurados RPG Akat


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Treinamento de Atributos-Jim

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Treinamento de Atributos-Jim em 6/7/2017, 14:37

Jim Jones

avatar
Gennin
Gennin
O caminho dos fortes.



Acordo um pouco, a janela estava aberta e eu acordo antes do horário que eu queria. Um raio de de luz do sol bateu na minha, era difícil acreditar nisso, na vila da nevoa, eu só querendo dormir e um raio de sol vem e me acorda, e ainda era outono. Aquele raio parecia ser o único que havia passado pela nevoa. Só escuto as risadas do guaxinim na minha cabeceira. Lá esta ele, sentado rindo e fumando seu cachimbo. Sim eu sei que não tem um guaxinim de verdade ali, eu sei que é obra da minha cabeça. Mas ele é tão real, e sempre quer me dizer alguma coisa, alguma coisa importante.

Ele tira o cachimbo da boca e usa para apontar para algo, antes mesmo de me virar eu já sei o que é. A bandana, o simbolo de que eu era daqui pra frente um membro operante da vila da nevoa. Meu fardo, minha alegria. Meu dever.

Não demora muito para eu tomar meu café da manhã e me arrumar, e, graças a deus, o guaxinim não me perturbava mais. As ruas de Kiri estavam frias, os ventos gelados eram cortantes, não havia muitas pessoas no caminho para o campo de treinamento, muito menos estavam treinando. O tipo de coisa que eu pensava em fazer era o básico, fortalecer os musculus, e a resistência do corpo, ganhar um pouco mais de força.

Começo com um aquecimento simples, dez minutos de corrida para esquentar o corpo, trinta minutos de abdominais e flexões intercaladas, sequencias de 40 e de 20. Depois faço alguns minutos de agachamento para intensificar a força nas pernas. O segredo desses exercícios mais simples esta não na quantidade e sim na qualidade, ao ponto de que quando você faz menos repetições e essas repetições mais lentas acaba exigindo mais de seus musculus e por consequência melhorando mais sua força. Nas minhas costas eu vejo o guaxinim ele ria, como se debochasse de mim, me desafiasse para fazer um treinamento mais pesado.

O suor faz com que os ventos gélidos se tornem ainda piores enquanto eu vou para a parte dura do treinamento. Vejo os pesos, sei que a maioria deles não vai me ser util, por isso vou para os pesos mais pesados. E quele peso era grande, discos da ponta do halter eram duas vezes o tamanho do meu ombro e tinha quase dois palmos de largura. Para levanta-lo me esforço ao máximo, sinto as veias da minha testa e mãos quase saírem de debaixo da pele enquanto puxo o halter até a altura do ombro. Meus braços estavam cada vez mais cansados a cada puxada, "só mais um" eu pensava toda a vez que terminava de levantar o halter. Após vinte minutos eu paro para descansar um pouco, troco a barra, para uma mais longa, apoio ela nos ombros e começo a fazer agachamentos dessa vez, era um pouco mais fácil do que levantar com os braços, mas ainda assim é extremamente cansativo. 

Após mais algumas repetições do levantamento de pesos acabo terminando o treino do dia, meus braços estavam quase dormentes e minha pernas não conseguiam fazer muito mais do me arrastar por ai. O maldito guaxinim ria da minha cara, enquanto ele flutuava na minha frente. Eu estava cansado demais para me importar tudo o que eu queria era um bom banho, um prato de comida e uma cama macia para deitar.

considerações:
Treino de força 2 pontos(pelo evento de ferias)
status:
HP:200/200
CH:250/250
BOLSA DE ARMAS (20):

[*]Kunai: 07;
[*]Shuriken: 07;
[*]Fio: 3, 15 metros;
[*]Senbon:  6



FICHA
Ver perfil do usuário

shirotsuki

avatar
Kinkaku Butai | Anbu
Kinkaku Butai | Anbu
@




"Não importa que tipo de humano somos, é somente na hora da morte que descobrimos nossa verdadeira natureza, a verdadeira razão de nossa existência."
                       uchiha itachi.

ficha
Ver perfil do usuário

Jim Jones

avatar
Gennin
Gennin
Um teste de resistência.


A vila estava destruída, minha casa havia escapado por pouco, era pequena e afastada do centro da vila. Um pouco de sorte fez com que nada a atingisse durante o ataque do duas caudas. Eu não pude fazer nada, mesmo já sendo um ninja não consegui defender meu lar, minha morada. Ando pelo meio dos escombros, tenho raiva, não do duas caudas, ele é uma besta de caudas, um animal, incapaz de compreender seus atos. Sinto raiva de mim, por não ser capaz de ajudar, por nem mesmo estar presente e ficar com medo de agir. Eu ainda era fraco precisava melhorar, disso eu tinha certeza e agora era a hora para isso. Se antes eu não pude defender a vila, agora eu tinha que me preparar para a sua reconstrução. Tinha que me preparar para defende-la.

Eu já sou forte, mas isso não me basta, preciso ser mais do que apenas forte, preciso aguentar o que vier pela frente, conseguir encarar de cara todos os meus inimigos, os inimigos da vila. O guaxinim surge na minha frente e sussurra em meu ouvido, se dissipando na mesma fumaça que saía de seu cachimbo. Eu entendo o que ele quiz dizer, eu entendo o porque ele me falou isso, o que eu devia fazer. Eu via as pessoas em meio aos escombros, tentando conseguir as coisas que tinham perdido, tentando resgatar os corpos dos parentes, e quem sabe conseguir encontrar algum sobrevivente no meio disso tudo. Eu via aquelas pessoas e mesmo que eu tivesse que treinar eu não conseguia ignora-las, eu tinha que ajudar.

Me aproximo de uma senhora que estava tirando entulhos do que era sua casa, ela era frágil e já tinha idade, não conseguia tirar as pedras maiores. Eu me ofereci  para ajudar, comecei a tirar os entulho de sua casa, eram pesados, mas não tanto que eu não pudesse retira-los com certa facilidade, mas eram tantos, tantas pedras. Fui colocando todas num canto, no fim conseguimos apenas salvar algumas fotos, e uma caixa de brinquedos. Era da neta da mulher, elas haviam viajado durante a invasão e quando chegaram seu filho e nora estavam mortos, morreram na invasão, defendendo a vila, como ninjas. O olha de agradecimento da senhora me impediu de parar de ajudar a essas pessoas. Mas ficar jogando o entulho de um lado para o outro não iria resolver as coisas. Logo vejo um carrinho de comidas, não estava muito ruim, e serviria para carregar uma grande quantidade de destroços, mas ele provavelmente não aguentaria, não sem uma forcinha.

Aos poucos coloco os entulho com cuidado no carrinho, e sinto que el esta quase quebrando, peço ajuda dos outros, para colocarem os resto enquanto eu reforçava a carroça improvisada com meu chakra, gastava uma quantidade moderada e nos permitiria limpar essa bagunça mais rápido. Não tive como dizer não quando eles pediram para que eu ajudasse no resto do dia. Com um sorriso no rosto eu segui carregando o carrinho abastecido de chakra até o entardecer, era incrível como a quantidade de energia que se gasta fazendo algo leve de forma ininterrupta por algumas horas, no fim eu estava esgotado, tanto espiritualmente quanto fisicamente, também era estranho o fato de eu não ter visto o guaxinim o resto do dia inteiro, talvez ele também esteja triste com a destruição da aldeia. No fim eu fiquei feliz em ajudar, mesmo que não fosse muito, mesmo que não arrumasse as coisas, e essa pequena aventura acabou exigindo muito mais da minha resistência física do que esperado. Talvez isso tenha sido melhor que treinar no final das contas.
considerações:
treino de stamina 2 pontos pelo evento de ferias.

status:
HP200/200
CH=250/250

bolsa de armas(20):

[*]Kunai: 07;
[*]Shuriken: 07;
[*]Fio: 3, 15 metros;
[*]Senbon:  6



FICHA
Ver perfil do usuário

Taiyou

avatar
Tokubetsu Jonin
Tokubetsu Jonin
@

Ver perfil do usuário

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum