Naruto RPG Akatsuki
Olá visitante, registre-se em nosso fórum e venha fazer parte desde mundo mágico de Naruto, sim, seja um Ninja! Veja no vídeo abaixo os primeiros passos para fazer parte deste mundo após o seu cadastro!


Convidado


23/11/2017, 00:03
Mensagens: 0
Geral
RPG
Ficha de personagem
Rank:
Perso:
HP:
CK:
ST:

Notificações
Não há notificações
Resetar as notificações
UM TEXTO AQUI LOGO LOGO
Meta: 00,00 R$ Recebido: 00,00 R$
00%
compre Seus AGs Pelo Pag Seguro e Paypal
UPDATES!
09.09.2017 — Exatamente um mês desde o último update, estou aqui hoje para avisar que o arco RUPTURAS está oficialmente encerrado. Ao longo dos próximos dias o tópico referente a ele será devidamente atualizado. Como prometido, novos sistemas virão (já estão disponíveis para o público ver e sugerir coisas) e novos Clãs/Kekkei Genkais também, além disto, muito em breve teremos o inicio de um novo arco.
ESTAÇÕES & EVENTOS
Ano: 08
Primavera:
14/11 - 07/12
Verão: 08/12 - 30/12
Outono: 31/12 - 22/01
Inverno: 23/01 - 13/02





Últimos assuntos

» [ LISTA ] Bingo Book de Vilarejos
por Dumas Hoje à(s) 00:01

» Crônicas de um Zoldyck
por Dumas Hoje à(s) 00:00

» [RP] Os olhos cobiçados.
por Zekken Ontem à(s) 23:59

» Lista & Organização de Contas Duplas
por Sephiroth' Ontem à(s) 23:55

» Lista & Organização de Vilarejos
por Sephiroth' Ontem à(s) 23:54

» [RP EP] - O fracasso
por Sarutobi Kygo Ontem à(s) 23:53

» Dá n muita panela dropei flw
por Retz Ontem à(s) 23:30

» [Missão Rank C - Urameshi] Preço da Fama
por Sephiroth' Ontem à(s) 23:27

» Treinos de Yuki Riki
por Sephiroth' Ontem à(s) 23:18

» [Quest - Fios Negros] Asakura
por Sephiroth' Ontem à(s) 23:02

Procurados
Procurados RPG Akat


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

[Quest]Pacto de Sangue - Shiima

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 [Quest]Pacto de Sangue - Shiima em 23/6/2017, 17:56

Convidado

avatar
Convidado
Pacto de Sangue-Macacos

Envolvidos:Shiima


O jovem Sarutobi estava em sua casa, quando vinha em sua mente aprender algo novo, mas não sabia exatamente oque ele iria aprender, oque ele pensaria a respeito?

Considerações:

-Narre pensando em algo para fazer
-Narre tudo que quiser, mas apenas a ter uma conclusão, em seguida vá até a biblioteca, mas você não sabe que é Kuchiyose no Jutsu

Shiima

avatar
Chūnin
Chūnin
Era fim de tarde, e eu acabara de fazer um lanche. Mas meus pensamentos estavam distantes... estavam no futuro. Já fazia um tempo que eu havia me formado Gennin e já tinha até mesmo feito algumas missões e conhecido novas pessoas. Mas eu ainda sentia falta de algo. Eu queria melhorar minhas habilidades, aprender algum jutsu novo, ou ampliar meus conhecimentos teóricos, para me aprimorar. 

Eu estava no meu quarto, tentando ler alguns rolos de pergaminho que pertenciam ao meu pai. Li um, dois, três... mas não encontrei nada de novo. Tudo que havia ali eu já tinha adquirido prévio conhecimento em algum ponto da vida. Seja na academia, ou com meus pais, ou até mesmo sozinho de algum modo. 

Me sentindo frustrado, guardei todos os rolos em uma mochila e fui até o escritório de meu pai, e devolvi a mochila pra mesma prateleira empoeirada de onde antes eu a havia retirado. Após isso, me sentei em uma poltrona esverdeada que meu pai sempre mantinha naquele escritório e fiquei pensando onde eu poderia ir para adquirir algum conhecimento novo, algo interessante... e como um estalo de dedos, o primeiro lugar que me veio a mente foi a Biblioteca da vila. Eu já tinha estado lá antes... era tão óbvio, que não sei como não pensei nisso mais cedo.

Me levantei, desamassando minha roupa e saí de casa rumo a biblioteca.

HP = 200/200
CH = 200/200
ST = 200/200

Ver perfil do usuário

Convidado

avatar
Convidado

O jovem Sarutobi acordava e caminhava até a Biblioteca, aprender algo, porém uma sombra caminhava seguindo-o, porém logo em seguida passava por ele e sumia normalmente, no meio da biblioteca.Agora o jovem deveria procurar algo para ler, começando por técnicas que ele nunca ouvia falar

Narre procurando vários livros, e encontre o de Kuchiyose no Jutsu, e termine abrindo-o

02/10

Shiima

avatar
Chūnin
Chūnin
Eu havia chegado a Biblioteca, após caminhar durante uns 15 minutos. Eu estava me sentindo estranho, pois me senti sendo seguido... talvez fosse minha imaginação. Eu estava um tanto cansado, afinal. Deve ser normal ter sensações estranhas nesses casos. Por esse pensamento, decidi ignorar totalmente este fato.

Após adentrar a Biblioteca, fui em diversas prateleiras a procura de algum livro interessante para ler. Algo que pudesse me ajudar a me tornar mais forte, física ou mentalmente.

Me dirigir em direção a uma prateleira sobre ninjutsu medicinal, e vasculhei seus livros. Para a minha decepção, não achei nada que me interessasse ou que pudesse me ajudar; Decidi então procurar algo na sessão sobre sistema circulatório de chakra no corpo humano, e tive outra decepção: encontrei apenas coisas das quais eu já sabia. Após isso, olhei também em uma sessão sobre taijutsu... e igualmente logo descartei, pois o conteúdo era tão vago que a única coisa que eu poderia aprender dali era como poder tempo. 

Foi então, que bem escondido em uma das prateleiras, avistei um livro de capa negra, bem envelhecido pelo tempo e empoeirado. Parecia que ninguém mexia naquele livro fazia séculos. Observei o seu título, e nele estava escrito "Kuchiyose no Jutsu"... logo meus olhos se arregalaram. Finalmente algo interessante para ler. 

Por isso, decidi tomar este livro nas mãos, e o abri.

HP = 200/200
CH = 200/200
ST = 200/200

Ver perfil do usuário

Convidado

avatar
Convidado
O livro falava sobre pacto de sangue e os animais que dão para fazer um pacto, e a lista deles.O garoto ia lendo, e ia vendo todas as invocações, até que ele parou em uma que dizia a respeito de ''Invocação apenas para Sarutobis:Macacos''.O jovem então se surpreendeu, e queria aprender mais a respeito da invocação.E logo ele buscaria um livro sobre as habilidades, para assim ele talvez ter certeza se iria querer aprender a invocar um macaco


Apenas vá lendo, quantos livros quiser, até concluir que quer aprender.

03/010

Shiima

avatar
Chūnin
Chūnin
Eu não podia acreditar. Havia mesmo uma invocação exclusiva aos membros do meu clã? Como ninguém nunca tinha me falado isso? Eu sabia tudo do Clã Sarutobi, mas ninguém nunca havia me falado sobre macacos. Mas pensando bem... lembro que quando eu era muito pequeno vi um de meus tios invocar um macaco que falava, então faz sentido. A vida realmente é uma caixinha de surpresas. Quando achamos que já sabiamos de tudo, sempre aparece algo novo e desconhecido.

Isso seria interessante. Queria saber mais sobre os macacos do clã Sarutobi. Então, como um louco fui devorando - em um sentido metafórico, é claro - as palavras daquele livro. Descobri que antigamente, o Terceiro Hokage, Hiruzen Sarutobi tinha uma invocação pessoal chamada de "Rei dos Macacos, Enma". E que esta invocação era muito poderosa, tendo grandes capacidades de ninjutsu e taijutsu, podendo se transformar em um bastão tão resistente quanto o mais duro aço, e que poucas coisas poderiam ferí-lo enquanto estivesse nesse estado. 

Procurando por mais livros sobre o tema, encontrei um outro livro que falava sobre os macacos. Ele se chamava "Os macacos e sua lealdade ao clã Sarutobi de Konohagakure". Li que o Clã Sarutobi há muitos séculos no passado, haviam feito um tratado de lealdade com os macacos ninja, e que esse trato persiste inabalável até os dias de hoje, e que como prova de amizade e companheirismo, os macacos - incluindo o rei Enma - utilizam em seus corpos uma bandana de Konoha, similar aos Ninken do clã Hatake.

Descobri também nos livros, que os macacos detinham grandes habilidades de luta, apresentando diversos tipos de técnicas shinobi poderosas: Ninjutsu, Genjutsu, e Taijutsu. Tudo dependia apenas do poder da invocação, para que o ninja Sarutobi pudesse extrair o melhor deles. E que para invocá-los, era necessário um ninja do clã Sarutobi fazer um tratado de sangue com seu reino.

Não havia mais dúvidas na minha mente...era isso que eu procurava. Essa, sem dúvida alguma, seria a próxima técnica incorporada ao meu arsenal. Eu queria aprender o Kuchiyose, o mais rápido possivel.

HP = 200/200
CH = 200/200
ST = 200/200

Ver perfil do usuário

Convidado

avatar
Convidado
O jovem lia os livros e tinha uma conclusão:Aprender aquele poder incrível, mas como ele iria aprender sem um mestre?Ele deveria procurar alguém para ensiná-lo e não conseguiria sozinho, precisaria pedir ao seu Kage para tal feito


Narre indo até o Kage, e depois pedindo um pergaminho especifico dos Macacos, e comece sua viagem, mas não narre no seu post a localização, apenas que leu e começou a viagem

04/10

Shiima

avatar
Chūnin
Chūnin
Após terminar a minha leitura, ponderei onde, como e com quem eu poderia aprender essa técnica. Passado alguns segundos, a resposta mais óbvia brotou em minha mente: o Hokage, é claro.

Então, tentando não parecer apressado demais e fazer alguma besteira, me levantei da mesa e organizei os livros de volta em suas respectivas prateleiras. Um por um. Do jeito que estavam quando eu os encontrei. Depois de terminado essa pequena tarefa, saí da Biblioteca rumo ao gabinete do Hokage.

Eu estava num misto de emoções: nervosismo e ansiedade pulsam em cada fibra do meu ser. Nervosismo, pois eu estaria frente a frente com o líder de minha vila. E ansiedade, pois eu não via a hora de finalmente ser mestre daquela técnica que me parecia tão incrível. Apertei o passo, e finalmente cheguei até o prédio do Gabinete.

Após conseguir a permissão de entrada com os guardas, me dirigi a porta do escritório do Hokage. Bati, esperando alguém me convidar a entrada. Meu coração estava acelerado. Foi então, que ouvi:

- Entre. - era a voz do Hokage.

Rapidamente, abri a porta, e o cumprimentei. 

- Diga-me, jovem Shiima. O que deseja?

Eu estava impressionado... o Hokage sabia o meu nome? Eu nem era conhecido... como isso é possível? Mas deixei essas divagações de lado, e me prontifiquei a falar:

- Hokage-sama. Desculpe incomodar o seu trabalho por um motivo que possa parecer tão banal... mas é importante pra mim. Eu descobri sobre a técnica de invocação do meu clã: os macacos. Eu gostaria de pedir a sua autorização para que eu possa fazer uma viagem e aprender esta técnica. Mas pra isso, eu precisaria também do pergaminho especifico para isso, senhor. O senhor poderia me ajudar nisso? 

O Hokage ficou me olhando por alguns instantes, e como quem se lembrava de algo muito distante no passado, ele abriu um sorriso. Eu fiquei sem entender aquela reação, e a cada segundo que passava, meu coração parecia querer saltar no peito.

Foi quando ele me respondeu:

- De maneira nenhuma seu pedido poderia ser considerado banal. Um ninja que almeja se tornar mais forte para proteger a vila, sempre é algo de extrema importância para mim. Você tem minha total permissão para esta viagem.

Imediatamente após dizer aquelas palavras, o Hokage se levantou de sua cadeira e veio em minha direção com um pergaminho retirado de suas gavetas. Tomei aquele pergaminho em mãos com alegria e o agradeci de coração. Prometi a ele jamais esquecer desse gesto e sempre lutar pelo bem de Konoha conforme eu fosse ficando mais forte. 

Saí dali, e corri imediatamente para a minha casa. Lá, arrumei meus pertences mais necessários em uma mochila, me despedi de meus pais contando tudo o que acontecera a eles, e em seguida parti em viagem.

HP = 200/200
CH = 200/200
ST = 200/200

Ver perfil do usuário

Convidado

avatar
Convidado
O pergaminho dado ao jovem dizia sobre um antigo Sábio da vila, que era um Sarutobi, e possuía pacto com Macacos, e vivia nos arredores de Konoha, e o jovem Shiima iria até lá, então seguiu viagem.Ele então chegou em uma parte, que havia dois caminhos, Esquerda e Direita.Um deles é um desáfio, o outro passa normalmente, mas com o caminho mais longo, e o desafio era o mais curto, seguido de algo perigoso.


Escolha um.

05/10

Shiima

avatar
Chūnin
Chūnin
Seguindo minha viagem rumo ao local onde se encontrava o Sábio que me era apontado no pergaminho, me deparei com uma estrada bifurcada. 

Dois caminhos se colocavam diante de mim. Direita e Esquerda. Aparentemente, os dois levavam ao mesmo lugar, então tudo o que eu tinha que fazer era decidir qual caminho tomar e caminhar até o final deles.

Então, sem pensar muito, decidi prosseguir pelo caminho que me pareceu ser um tanto mais tranquilo. Um passo após o outro, me dirigi rumo ao caminho da esquerda.

HP = 200/200
CH = 200/200
ST = 200/200

Ver perfil do usuário

Convidado

avatar
Convidado
@Post Negado.Possui menos de 200 Palavras.

Uma dica:Narre sentimentos, ações, reações.Isso dá bastante palavras.

Shiima

avatar
Chūnin
Chūnin
Eu havia acabado de sair de Konoha, e estava bastante ansioso com tudo aquilo que estava prestes de acontecer. Eu estava prestes a aprender a invocar um macaco superpoderoso... isso soava incrível aos meus ouvidos. Eu não conseguia esconder a minha empolgação. Qualquer um que passasse pela estrada e olhasse pra minha cara, veria isso estampado. 

Então, em seguindo o meu rumo, decidi abrir o pergaminho e ler o que estava escrito nele, e achei bastante interessante o conteúdo. O pergaminho dizia que existia um Sábio que vivia há muito tempo nos arredores da vila, e ele possuía um vínculo com os macacos do clã Sarutobi. E ele que auxiliava jovens de valor do mesmo clã a alcançarem maestria nessa técnica, se eles demonstrassem ter potencial o suficiente pra isso. Imediatamente, fiquei ainda mais animado.. afinal, eu acho que posso ser considerado um jovem de valor por esse homem. Mal via a hora de encontrá-lo para ele me ensinar tudo o que sabia.

Seguindo minha viagem rumo ao local onde se encontrava o Sábio que me era apontado no pergaminho, me deparei com uma estrada bifurcada. 

Dois caminhos se colocavam diante de mim. Direita e Esquerda. Aparentemente, os dois levavam ao mesmo lugar, então tudo o que eu tinha que fazer era decidir qual caminho tomar e caminhar até o final deles.

Então, sem pensar muito, decidi prosseguir pelo caminho que me pareceu ser um tanto mais tranquilo. Um passo após o outro, me dirigi rumo ao caminho da esquerda.

HP = 200/200
CH = 200/200
ST = 200/200

Ver perfil do usuário

Convidado

avatar
Convidado
O jovem seguia pelo caminho da esquerda, e a sombra de antes passava novamente por ele, em seguida sumia numa velocidade impressionante.O jovem via um grande templo, do outro lado de um portão, e lá tinha um pequeno macaco guardião que andava pelo local, ele notava o garoto e dizia -Você luta pra ficar mais forte ou fica mais forte para lutar?


Se errar a pergunta eu nego a Quest.

06/10

Shiima

avatar
Chūnin
Chūnin
Prosseguindo pelo caminho escolhido, tudo parecia incrivelmente tranquilo. Meus pensamentos cada vez mais focados no objetivo, e meu coração cada vez mais eufórico. Olhando para baixo, podia observar minha camiseta se mexendo acompanhando o ritmo das batidas do meu coração. Fazia muito tempo que eu não me sentia assim.

Mas de repente, aquela aparente calmaria foi quebrada quando senti um vulto passando ao meu lado e na minha frente em alta velocidade... comecei a sentir a mesma sensação de quando achei que estava sendo seguido pelo caminho da biblioteca. Percebi então que não era um fruto da minha imaginação. De fato, eu estava sendo vigiado. Mas o vulto era rápido demais, eu não conseguia acompanhar seus movimentos com meus olhos. Eu ouvia o barulho dos galhos das árvores se mexerem como se estivesse quebrando e comecei a me assustar.

Então, da mesma maneira como a calmaria foi quebrada, ela se restabeleceu. Entretanto, agora eu estava preocupado. Algo definitivamente está me vigiando, e em um instinto de autodefesa, preparei os meus selos de mão. Caso eu fosse atacado, eu dispararia meu jutsu mais forte: "Katon: Haisekishou".

Nesse mesmo instante, olhei para a frente e me deparei com um templo antigo que não lembro se já estava ali antes ou não. Na frente desse templo, um pequeno macaco corria de uma direção a outra, como se estivesse agitado por causa de minha presença.

O macaco, então, para de se mexer e olha diretamente para os meus olhos disparando um questionamento: -Você luta pra ficar mais forte ou fica mais forte para lutar?


Na mesma hora, achei estranho aquele questionamento... parecia-me com algum tipo de teste. Eu senti que deveria responder corretamente. Era a minha resposta que decidiria se eu iria ou não adiante a partir daquele ponto. Fiquei pensativo e com medo.

Perdido em meus pensamentos, de repente me lembrei de um momento de meu passado. Eu tinha 7 anos de idade e treinava com meu pai nos fundos de nossa casa. Ele me derrubava sempre, e eu ficava irritado com isso. E cada vez que ele me derrubava, ele me fazia exatamente a mesma pergunta. E toda vez que eu respondia que queria ficar mais forte, ele me derrubava com ainda mais força. Até que um dia ele me disse:

- Shiima! Você não deve lutar para ficar mais forte. Mas você deve ficar mais forte para poder lutar. Aqueles que buscam força pra si mesmos acabam trilhando um caminho de egoísmo e tirania, e se esquecem de proteger aqueles que não tem poder pra fazerem isso por si mesmos. Então, fique mais forte e lute. Lute pelos motivos certos. A sua força não é para si mesmo, e sim para aqueles que precisarem de você. É assim que nós, do clã Sarutobi agimos. É assim que a vontade de fogo continua a brilhar.


Após me lembrar do conselho de meu pai, eu repeti exatamente as mesmas palavras que um dia ele havia me dito. Disse com confiança:

- Eu, Shiima Sarutobi, fico mais forte para lutar. Lutar por aqueles que precisarem de mim. Aqueles que buscam força pra si mesmos acabam trilhando um caminho de egoísmo e tirania, e se esquecem de proteger aqueles que não tem poder pra fazerem isso por si mesmos. A minha força não é para mim mesmo, e sim para todos aqueles que precisarem de mim e necessitarem de ajuda. 

Falei com confiança, e então, aguardei pela resposta dele.

HP = 200/200
CH = 200/200 
ST = 200/200

Ver perfil do usuário

Convidado

avatar
Convidado
O jovem respondia certamente ao Macaco, que logo chamava ele para entrar, e o vulto preto passava pelo garoto novamente, e depois sumia, passando pelo macaco também.O macaco levava o garoto até o templo, onde caso o garoto fosse capaz, aprenderia o Kuchiyose no Jutsu, mas começaria por encontrar o sábio, caso ele estivesse lá no templo


Narre sentimentos, reações, ações, e por aí vai.Pode questionar perguntas para o macaco, é um macaco comum, mas é um invocado.Narre você e ele buscando pelo Templo o Sábio.

07/10

Shiima

avatar
Chūnin
Chūnin
Alivio... felicidade... orgulho de mim mesmo...sensação de dever. Um turbilhão de emoções me invadiu quanto eu percebia que o macaco havia aceitado a minha resposta. Meu corpo todo estremeceu, desde o mais fino fio de cabelo até a planta dos meus pés.

Agora, o templo estava aberto para a minha entrada. O macaco seguia pela minha frente como um anfitrião, e eu caminhava atrás dele como convidado. Cada passo que dávamos para dentro do lugar, ecoava pelas paredes como se fosse um pequeno show de sapateado. 

O templo era grande e aparentemente não havia ninguém lá dentro. Nem mesmo um único monge ou sacerdote... era apenas o macaco e eu. 

E quando eu menos esperava, uma voz fina se dirigiu a mim.

- Meus parabéns por passar no teste da pergunta. Muitos já foram reprovados, sabia disso? - era o macaco, falando comigo.
- Sério? Muitos? - Perguntei.
- Sim, muitos. Na realidade, muitos vieram com uma resposta parecida com a sua, mas mesmo assim foram reprovados.
- Como assim? Então, porque eu passei? - perguntei curioso.
- Porque aqueles que foram reprovados não tinham isso no coração. Eles falavam palavras prontas. Falavam uma coisa, mas pensavam outra. Você não... vimos no seu coração a sua sinceridade.

Confesso que nesse momento fiquei ainda mais surpreso. Não pelo fato de eles terem conseguido enxergam a sinceridade em mim, mas pelo plural utilizado: "Vimos". Então, eu estava correto em meu pressentimento... havia bem mais do que apenas o macaco me vigiando. Mas para não pensar de mais, respondi brevemente ao que ele havia dito:

- Que bom que viram que fui sincero. 

Prosseguimos pelos corredores do templo, sala após sala, a procura do sábio. Descemos e subimos escadas, olhamos dormitórios, cômodo atrás de cômodo, e minhas pernas já começavam a doer. O macaco percebendo isso, se dirigiu a mim, mais uma vez.

- Não se preocupe. Logo logo, o encontraremos.

O macaco então se posicionou diante a uma enorme porta que se colocava em nossa frente. Posicionando suas pequenas mãos sobre ela, ele se preparou para abri-la. E eu podia sentir que eu finalmente encontraria o sábio atrás daquela porta.


HP = 200/200
CH = 200/200 
ST = 200/200

Ver perfil do usuário

Convidado

avatar
Convidado
O jovem encontrava o Sábio, que estava em uma posição de lótus, concentrando-se, e logo olhava para o garoto, pela sua chegada, ele dizia -Sabe aquela sombra que você viu antes?Era eu te vigiando.Pois bem, os macacos te aceitaram, então me mostre oque sabe sobre Kuchiyose no Jutsu e dos macacos, assim te ensinarei a invocação.


08/10

Só vai.

Shiima

avatar
Chūnin
Chūnin
Eu estava diante do Sábio, finalmente. Eu não podia acreditar nisso. O momento que esperei finalmente havia chegado. Eu estava nervoso, e não queria fazer nada de errado. Afinal, ele poderia decidir não me treinar mais, se eu fizesse alguma besteira. Eu tinha que me manter focado no que ele pediu.

Então, comecei a falar:

- O que eu sei sobre Kuchiyose, é o fato de ser um jutsu de espaço-tempo que é utilizado pelos ninjas como forma de trazer um parceiro de luta animal de determinado reino pra auxilia-lo durante o combate. Existem diversos reinos: o dos sapos, o das serpentes, o das lesmas, o dos cães... e é claro, o dos macacos. Alguns desses reinos atendem especificamente a um determinado grupo, seja um clã ou vila ninja. E todos eles são muito leais aos seus invocadores, desde que se mostrem dignos. Sei também que o contrato com estes animais é feito atrás de um pacto de sangue, e que o ninja deve assinar seu nome usando seu próprio sangue em uma espécie de pergaminho especial relacionado a tais animais. E a partir daí toda vez que precisar de auxilio, ele pode realizar a invocação utilizando seu sangue como preço. Fazendo isso, o animal do qual o contrato fora realizado aparecerá. Mas força da invocação dependará exclusivamente do montante de chakra empregado na hora que o jutsu foi realizado. Se for pouco chakra, um filhote pode aparecer, agora se for chakra suficiente, uma invocação mais poderosa virá ao meu chamado. Sei também que os macacos detém vinculos desde muito tempo com o clã Sarutobi, e que são nossas invocações pessoais, exclusivas de nosso clã. Não podendo serem invocados por ninguém mais. Mas apenas ninjas que se mostram verdadeiramente sinceros com a vontade de Fogo ganham o seu respeito e maestria sobre eles. Isso é tudo que eu sei, senhor.

O Sábio, então, após eu terminar de respondê-lo, ficou me olhando de cima a baixo. Parecia me avaliar em cada aspecto do meu ser. Desde a fala, até mesmo minha voz e postura. Ele parecia conseguir enxergar dentro de minha alma.

Eu estava cada vez mais tenso com aquele silêncio e com tantas observações... mas continuei olhando fixamente para ele, aguardando algum pronunciamento. 




HP = 200/200
CH = 200/200
ST = 200/200

Ver perfil do usuário

Convidado

avatar
Convidado
[center][/c-Entendo, sabe oque este bastão aqui pode fazer?É um macaco, o Enko Emna, e isto é um jutsu dele, que o faz tornar-se um bastão adamantino, e indestrutível,
sendo uma ótima opção de batalha.Enfim, ensinarei a fazer um pacto, pegue este pergaminho e assine com seu nome apenas.
O homem então aguardava que o jovem fizesse o contrato, e invocasse um mini-macaco, para ver se ele era capaz.Caso não fosse, nada aconteceria, e seria um fracasso grave.[center]


09/10

Assina o contrato aí, e tente invocar um Macaco.E cuidado com suas narrações, você tá narrando como se tivesse interpretando o Sábio... ''O Sábio, então, após eu terminar de respondê-lo, ficou me olhando de cima a baixo.''

Shiima

avatar
Chūnin
Chūnin
O Sábio finalmente havia dito algumas palavras a mais, e estendeu suas mãos em minha direção. Em suas mãos, jazia um grande pergaminho. Com certeza, era aquilo que eu buscava... o pergaminho dos macacos. Bastava eu pegar o pergaminho de suas mãos, e assinar com meu sangue, e finalmente eu seria capaz de invocar um macaco.

O momento estava próximo... eu não poderia falhar nisso. Eu tinha que mostrar que sou um verdadeiro Sarutobi, digno de possuir o sobrenome. 

Tomei o pergaminho de suas mãos. Era um tanto quanto pesado, mas nada insuportável de se segurar. Desatei o nó da corda que o mantinha fechado, e então, o desenrolei no chão. 

Escritos no pergaminho, pude visualizar diversos nomes de shinobis do meu clã. Vários nomes dos quais eu não conhecia... nomes de muitos que com certeza já morreram em algum momento do passado. Mas que antes de suas mortes se mostrarem capazes de performar a técnica. Foram considerados dignos de tal.

Mordi meu dedo com um pouco de força, e arranquei o meu próprio sangue. Após isso, visualizei uma área em branco, e ali escrevi meu nome com o sangue. Com o nome finalmente escrito, eu manchei meus outros dedos com gotas de sangue e pude inserir também as minhas impressões digitais no pergaminho. Finalmente, meu contrato estava feito.

O momento finalmente chegou. Contrato feito, essa era a hora de invocar um macaco pela primeira vez. Eu era bom em ninjutsu e tinha um bom controle do meu chakra, então acreditei que não seria nada complicado.

Concentrei uma quantia razoável do meu chakra, e ao levantar a minha mão direita para o ar, disse:

- Kuchiyose no Jutsu! 

Bati minha mão no chão, e vi que um marca se formou. Uma leve cortina de fumaça subiu, obscurecendo minha visão e me impedindo de ver o Sábio a minha frente.

Aguardei a fumaça se dissipar, e finalmente consegui ver... eu havia conseguido. Um macaco pequeno havia acabado de surgir na minha frente.

HP = 200/200
CH = 200/200 
ST = 200/200

Ver perfil do usuário

Convidado

avatar
Convidado
O sábio sabia o potencial do garoto, e logo dizia -Está acabado, pode ir para casa, jovem..O contrato estava feito, agora o garoto deveria voltar para casa, com o novo poder adquirido.


Narre sua ida para casa, passando por todos os lugares que passou.Mas não esqueça de agradecer o homem, claro

10/10

Shiima

avatar
Chūnin
Chūnin
Eu estava muito feliz. Me sentia uma criança que acabara de ganhar um novo brinquedo da loja. Eu tinha conseguido dominar a técnica. Eu havia invocado um macaco! Eu não conseguia conter o sorriso em meu rosto. Eu estava extasiado com minha nova conquista.

De repente, o macaco que eu havia acabado de invocar subiu em meu ombro e começou a brincar com meus cabelos. Ele parecia bastante curioso com a cor rosada dos meus fios. Foi um tanto quanto engraçado. 

Depois de passado por tudo isso, eu agradeci ao Sábio e me prostrei em reverência. Disse a ele que jamais esqueceria aquele dia, e que usaria esse novo poder pra proteger aqueles que precisarem de mim, assim como eu havia dito que faria antes. E em seguida, me despedi e tomei meu rumo de volta para Konoha.

Saí do templo, e ainda com o pequeno macaco em cima de meu ombro direito, voltei por todo o caminho pelo qual antes havia passado. Passei novamente pela estrada bifurcada, pensando que nunca mais olharia aquela estrada com os mesmos olhos... afinal ela foi decisiva nessa parte de minha vida ninja. Observei os pássaros nos galhos das árvores, e as folhas caindo formando um enorme "tapete verde" pelo caminho... era até poético de certo modo. Era como se a "Folha" me congratulasse pela minha conquista.

Passado um tempo, finalmente cheguei no portão da vila. O macaco já havia desaparecido de meus ombros e voltado para onde veio antes. E assim como ele, também fui para minha casa, depois de mais um dia.

HP = 200/200
CH = 200/200 
ST = 200/200

Ver perfil do usuário

Convidado

avatar
Convidado
@

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum