Naruto RPG Akatsuki
Olá visitante, registre-se em nosso fórum e venha fazer parte desde mundo mágico de Naruto, sim, seja um Ninja! Veja no vídeo abaixo os primeiros passos para fazer parte deste mundo após o seu cadastro!


Convidado


20/7/2017, 11:43
Mensagens: 0
Geral
RPG
Ficha de personagem
Rank:
Perso:
HP:
CK:
ST:

Notificações
Não há notificações
Resetar as notificações
Tema novo!
Meta: 400,00 R$ Recebido: 70,00 R$
00%
compre Seus AGs Pelo Pag Seguro e Paypal
UPDATES!
18.07.2017 — Karma aqui passando para avisar que a área de Regras & Tutoriais sofrerá uma reorganização onde alguns tópicos serão fundidos e outros mudados de posição, melhorando também os textos das regras procurando remover furos e melhorando o entendimento dos usuários.
ESTAÇÕES & EVENTOS
Ano: 07
Primavera:
12/07 -- 03/08
Verão: 04/08 -- 26/08
Outono: 27/08 -- 19/10
Inverno: 20/10 -- 13/11






Últimos assuntos

» [MISSÃO RANK C] IKKI
por Rinne Sharingan Hoje à(s) 11:39

» [Ficha] Gesso
por Tokage Hoje à(s) 11:18

» Voltando depois de um tempo
por Tokage Hoje à(s) 11:00

» [MF] shirotsuki
por Tokage Hoje à(s) 10:26

» [C] Goroima: Auxiliar os estudantes da Academia Ninja
por Goroima Hoje à(s) 10:21

» [Banco] Ikki
por Tokage Hoje à(s) 09:40

» [B] Akimichi Bob
por Akimichi Choji Hoje à(s) 09:38

» Desistindo de missões
por Akimichi Choji Hoje à(s) 09:22

» [pvp] tempestade de areia
por shirotsuki Hoje à(s) 07:46

» dfjkbgskblv
por shirotsuki Hoje à(s) 07:21

Procurados
Procurados RPG Akat


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Um treino ai

Ir à página : 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 2]

1 Um treino ai em 13/4/2017, 01:33

Pappi

avatar
Gennin
Gennin
Telecomunicações

Inuji estava em uma fila para compraringressos para assistir algo, tudo estava silencioso como de costume. O ninja olhava sua volts e via luzes amarelas por todos os lados com olofotes no chão mostrando ao céus que algo estava acontecendo ali, as pessoas gargalhavam e conversavam com sorrisos e alegrias em seu rostos; quem dera inuji pudesse ouvir algo da quilo " ler labios e facil ,saber oque falam ,mas seria muito mais legal ouvir algo... qualquer som que seja. Hoje descobrirei oque e sonoridade?"
O local lnde o caixa ficava era um cubículo de madeira com ouro , falso provavelmente ,ornamentando o pequeno cubiculo que refleeria as luzes dando um ar de magico no local que inuji iria entrar " é la...eu sei que tem que ser lá"
O teatro que entrava era simplesmente magnífico com todos os assentos estofados com um tecido vermelho e bem confortavel, braçadeira com apoio para um vinho ou algo do tipo pois o local realmente não era natural de inuji que se maravilhava com tudo que via até os minimos detalhes e cheiros que sentia que eram de vinhos e coisas amantegadas ao extremo, perfumes por toda parte. Todos se ajeitavam em seu devidos lugares ,uma moça seguia para o unico microfone no palco ;era uma mulher palida, muito magra preticamnte anoréxica ,com roupas que por mais apaertadas que parecessem ficavam largas na moça de labio escuros. O olofote se fechava nela ,inuji prestava toda atenção para os possiveis movimentos labiais da moça, pois esse era o meio que o menino "ouvia" as pessoas ele literalemnte as lia. A mulher erguia ambos braços palidos e raquiticos e abria sua boca sem a mexer dando a impressão que estava cantando a mesma nota " quer louco como ela mentem este tom por tanto tempo? Por que diabos estou em uma opera? Eu se quer escuto..." o menino começava a pensar de maneira intrigada em sua cadeira naquele salão de marmore abobadado com enfeites de madeira por toda parte. Inuji olhava para a moça e voltava pare seus pensamentos.
A provavel opera parecia estar otima ao entender do ninja porque nenhuma das pessoas se quer moveu alguma parte do corpo, todos sempre olhavam boquiabertos para a moça que não parecia segura o ar da propria vida que lhe deve ter feito tantos males. Os braços da moça contavam uma história , eles se moviam precisamente com fluidez , tudo auxiliava e exaltava a provavel voz da moça " oque poderia fazer para ouvir isso? Isso sera a arte que nunca entenderei ,pois nunca a vi ?" yamanaka inuji começava se se perder em seus pensamentos tirando seu olhar da cantora de opera do teatro.
Minutos se passaram, um formigamento que surgia da gargando do jovem e corria até seus ouvidos...ele ouvia algo? Ele não acreditava se aquilo era um som ou algum sinal do enlouquecimento de sua mente, espirito; seus olhos se arregalaram ,pois o menino parecia ouvir algum que jamais de fato ouviu e que não imagiu porque o som da mulher surpreendia todas as espectativas que o menino ja teve em toda sua vida sobre como seria o som " isso é real? Como e possivel? Que belo... algo que me surpreendeu e tocou suavemente como os braços dessa mulher a minha alma que estava parada e monotona presa a visão e o tato do meu misero ser que não sabe nada sobre o mundo que vivo e como ele funciona. Preciso melhorar o mais rapido possivel."
A mulher parava de cantar e seus ouvidos de nada mais ouviam ,se é que aquilo era de fato um som feito por alguem ou algo, apenas o tremor do chão das diversas pessoas se movendo por aquele chão gélido de marmore.
[...]
Um calor afrontava a cara de uniji ,logo ele se da conta que esta em sua cama com uma posição estranha feita pelo mesmo em que as pernas estavam paracendo com as de um sapo ,um braço estava sobre seu peito e o outro passava por de baixo do travesseiro e suas cobertas que pareciam cobras imobilizando o menino. Ao se ver em tal posição ele logo se levanta , se arruma o mais rapido possivel e segue para o Q.G dos yamanka que tambem era uma floricultura. Ao inuji chegar na porta ele rapidamente percebe que ela esta tranca pelo simples fato do ninja dar de cara com ela ao tentsr abri-la desesperadamente , uma carta estava grudada na porta com a mensagem " dois dias para aprender essas tecnicas que eram quase todas conhecidas pelo clã exceto Shinten Kugutsu Juin no Jutsu que era  tecnica deveras poderosa que deve ser aprendida com o acompanhamento presencial de seu tutor toroki. Ao ir para a sala de treino dos yamanaka ele encontra diversas maneiras de treinar seus futuros jutsu mentais ,pois sempre havia alguem ali para ser usado como "cobaia" para ls jutsus mentais e como de praxe o homem era bem.burro. Muitas tecicas foram aprendidas todas simples por aquele dia " todas rankC ...quero um desafio amanha " o jovem havia esgostado seu chakra e desmaiava na propria salinha de treinos.
[...]
No dia seguinte ele acordava revigorado e pronto para mais uma echurrada de pratica nas novas tecnicas que queria aprender, muito foi testado assim como o chakra que gastava que era realmente monstruso. Ele precisou da ajuda de oitra pessoa que prsticamente o alimentou com chakra aponto do inuji não se precupar com o gasto necessário para usar as técnicas.


Considerações:
  Foi mais de 1 dia de treino narrado. A redução e de 200 palavras pro jutsu logo técnicas rank C eu não preciso escrever nada. Apenas B pra cima que da,no caso, 600 palavras minimas  

Jutsus usados e aprendidos:
     Shindenshin no Jutsu
Rank: C
Descrição: A Técnica de Transmissão da Mente do Corpo permite ao usuário se comunicar telepaticamente com outras pessoas. Usando esta técnica, o Yamanaka também pode atuar como um meio para as pessoas se comuniquem uns com os outros telepaticamente, o que é feito através do estabelecimento de contato físico com a pessoa. O usuário pode se comunicar com várias pessoas ao mesmo tempo e os alvos também podem se comunicar um com o outro, enquanto a técnica está em vigor. Esta técnica não é limitada a apenas transmitir pensamentos e imagens, tais como memórias ou mesmo sentimentos fortes podem ser transmitidos através deste método. Quanto mais as pessoas que são conexão através desta técnica, no entanto, mais esforço físico é colocado sobre o usuário, forçando-o a manter a conexão indo por períodos mais curtos, de outro modo evitando ferimentos de sustentação. Como pode ser visto a partir de Inoichi, mantendo uma conexão com toda a Aliança Shinobi por mais de dez segundos lhe causou uma hemorragia cerebral.

Shinran Enbu no Jutsu
Rank: A
Descrição: Isto é simplesmente uma versão em larga escala do Shinranshin no Jutsu, onde o grande volume de pessoas atingidas em uma determinada área é muito maior. Como a técnica raiz faz com que o usuário para obter o controle completo do corpo do alvo, muitas vezes obrigando os aliados a atacar uns aos outros.

Shinranshin no Jutsu
Rank: B
Descrição: Um ninjutsu onde se envia o seu chakra no sistema nervoso do indivíduo, operando assim o corpo do inimigo à vontade. Os inimigos desta técnica é moldado em cima estão completamente sob controle dos usuários como seus corpos tornam-se desligado da sua vontade. A diferença entre esta e o Shintenshin no Jutsu é, o rodízio não projetar sua consciência para o corpo inimigos. Situações de superioridade numérica para o adversário são precisamente onde esta técnica, que manipula livremente seres humanos iram mostrar a sua eficiência, fazendo com que os inimigos para ligar um ao outro. O controle pode ser exercido mesmo à distância.

Mind Clone Switch Technique
Rank: B
Descrição: Esta técnica permite ao usuário transferir sua consciência para mais de um destino, dando-lhes controle completo dos corpos por um curto período de tempo. Como a técnica de interruptor de corpo mente, o corpo de usuário é deixado indefesos enquanto a técnica está em uso. Ao contrário do interruptor do corpo mente, esta técnica pode viajar em uma linha curva.

Yamanaka Clan Telepathy
Rank: C
Descrição: Esta técnica permite ao usuário se comunicar telepaticamente com outras pessoas. O usuário também pode transferir essa capacidade para outra pessoa tocando sua testa. O usuário pode se comunicar com várias pessoas ao mesmo tempo e as metas também podem se comunicar um com o outro enquanto a técnica está em efeito.

Kanchi Denden
Rank: C
Descrição: Ao fazer contato físico com outra pessoa, o usuário é capaz de transmitir o que eles estão sentindo diretamente na mente de outra pessoa.

Mind Reading
Rank: C
Descrição: Ao colocar a mão na cabeça do alvo, o usuário entra no subconsciente do alvo e extrai todas as informações necessárias, mesmo que o alvo tenha esquecido ou as bloqueou. Um dispositivo especial pode ser usado para diminuir o tempo que leva para ler a mente do alvo e permite que outro ninja para auxiliar. Memórias que têm blocos mentais sobre eles irá requerer períodos de tempo mais longos para sondar através e obter no entanto.

Jutsus ativos:
    
Mochila:
25 metros de fios (5)
12 kibaku fuuda
14 senbon
2 hikarikadama
1 kunai
2 ampolas

Status:

Sangue: 200/00
Chakra: 250/250
Speed: 2m/s

Sometimes, we need change our history.
Credits: Panda



"Eu conheço a solidão. A solidão de quem está aprisionada. 
Eu conheço a alegria. A alegria no momento em que seus amigos vêm para salvá-la.
 E também conheço o terror em ver amigos serem feridos e tombarem."
Ficha]|Deposito
Ver perfil do usuário

2 Re: Um treino ai em 13/4/2017, 09:10

kuririn

avatar
Gennin
Gennin
I Will See



Minha Ficha
Ver perfil do usuário

3 Re: Um treino ai em 13/4/2017, 09:35

kuririn

avatar
Gennin
Gennin
@APROVADO

PS: Cara fez um pp só pra agilizar esse treinos, e fez tudo direitinho sorry qualquer adm mas eu aprovo. :c



Minha Ficha
Ver perfil do usuário

4 Re: Um treino ai em 13/4/2017, 10:18

Pappi

avatar
Gennin
Gennin
Telecomunicações

TEXTOInteligência Avançada (3)
Tipo: Treinável.
Descrição: Alguns personagens são considerados verdadeiros gênios em seus respectivos campos, mas somente aqueles com cérebros anormais podem ser realmente chamados assim. Eles possuem uma inteligência avantajada perante os outros e por isso conseguem realizar feitos incríveis usando somente a mente.
Bonificações: Acréscimo de 1 Ponto em Inteligência.



Narração: inuji estava no campo de treino ansioso para usar suas trcnicas mas seu mentor sempre falou que e inteligencia e a chave do clã yamanaka.

Considerações:
    

Jutsus usados:
    

Jutsus ativos:
    
Mochila:
25 metros de fios
12 kibaku fuuda
14 senbon
2 hikarikadama
1 kunai
2 ampolas

Status:

Sangue: 200/00
Chakra: 250/250
Speed: 2m/s

Sometimes, we need change our history.
Credits: Panda



"Eu conheço a solidão. A solidão de quem está aprisionada. 
Eu conheço a alegria. A alegria no momento em que seus amigos vêm para salvá-la.
 E também conheço o terror em ver amigos serem feridos e tombarem."
Ficha]|Deposito
Ver perfil do usuário

5 Re: Um treino ai em 13/4/2017, 13:05



Telecomunicações


Time To Revenge.


KonohagakureInverno14°00/05 posts


Ambiente: Ao seu gosto

Narração: Estava claro o que o garoto deveria fazer, ele deveria aumentar seu conhecimento ao máximo possível, por isso ele teve que procurar o que fazer, decidiu que teria de encontrar um meio de aumentar sua inteligência, mas por onde começar? Talvez uma biblioteca? Talvez um jogo de tabuleiro? Ou talvez outra coisa?

Considerações:

- Tu disse que queria mais liberdade em treinos, darei isso a você, decida onde quer começar o treino.






Banco|Ficha

♞ I'm going to heal your soul  
i'm not just another peon of this chess game
Ver perfil do usuário

6 Re: Um treino ai em 13/4/2017, 13:21

Pappi

avatar
Gennin
Gennin
Telecomunicações

Inuji ja estava algum tempo caminhando pelo campo de treinamento, a terra batida com algumas poucos tufos de grama espalhados pelo local parecia a cabeça de uma pessoa que sofre de problemas de calvície ,ele ria um pouco sen soltar nenhum som ou era oque achava. 
O clima não estava sendo algo que prendia o jovem no local e por isso ele praticamente desiste de treinar ali e segue para a floricultura dos yamanaka para ajudar um pouco e talvez conseguir um pouco de ryos.
[...]
Agora inuji estava no caixa da loja , ele foi deixado la pela baixa clietela que estava presente no dia.
Um cliente ia para o caixa perguntando sobre preços e naturalmente o jovem abria sua boca mas ele se lembrava que era mudo e surdo ,da sua cara feliz um rosto serio e fechado aparece fazendo com que inuji va para os fundos da loja em busca de algo para se acalmar. Poderia ser uma flor bonita , um cheiro , um chá natural mas por incrivel que parecia o menino achava um jogo de tabuleiro chamado " O caminho da rosa ",curioso que era o ninja pegava as instruções e começava a le-la com afinco e determinação para tirar o acontecido de minutos atrás.
Considerações:
   pode criar o jogo de tabuleiro kkk. Tudo tentativa 

Jutsus usados:
    

[spoiler="Kanchi 1.475 m"]    
Mochila:
25 metros de fios
12 kibaku fuuda
14 senbon
2 hikarikadama
1 kunai
2 ampolas

Status:

Sangue: 200/00
Chakra: 250/250
Speed: 2m/s

Sometimes, we need change our history.
Credits: Panda



"Eu conheço a solidão. A solidão de quem está aprisionada. 
Eu conheço a alegria. A alegria no momento em que seus amigos vêm para salvá-la.
 E também conheço o terror em ver amigos serem feridos e tombarem."
Ficha]|Deposito
Ver perfil do usuário

7 Re: Um treino ai em 13/4/2017, 14:19



Telecomunicações


Time To Revenge.


KonohagakureInverno14°01/05 posts


Ambiente: Ao seu gosto

Narração: Ao tocar no papel, você Caia através de um túnel negro, não parecia ser tangível, nem aparecia ser possível ir para frente ou para trás em tal lugar, apenas era possível ver objetos voando para cima, e você, embora não houvesse luz, tudo era possível ver claramente, não parecia ter um começo e nem um fim, até que finalmente um relógio surgiu como sendo um portal.
Não era possível ver para onde essa portal o levaria até passar por ele. Ele o levou a cair em uma plataforma metálica, a frente dela, estendia-se um caminho de pó, feito com uma planta chamada sinos dourados, esse caminho não revelava o destino, apenas morros com mais e mais caminho.
A volta da plataforma e do caminho estendia-se uma floresta de arvores verdejantes, algumas dessas arvores tinham flores das mais variadas e algumas dessas flores brilhavam, com suas cores vivas.
Ao chão da floresta, gramas e flores seguiam, algumas cantarolavam com vozes incríveis, outras balançavam com o som e criavam sons instrumentais, era possível ver alguns pequenos animais como esquilos e coelhos, todos cochichando sobre a sua chegada, mas se escondiam quando percebiam se você olhava.
Borboletas voavam de um lado ao outro, levando gotas de chocolate para algum lugar, pássaros voavam pelo local com seu majestoso canto acompanhando as flores. E no meio da floresta, uma ovelha foi vista em meio a várias outras, ela tinha uma lã especial, era de ouro, ou ao menos parecia pela sua coloração dourada e reluzente.
O Yamanaka não sabia o que aconteceria ao ler as regras, um local diferente de todos dos quais já foi, mas precisava sair dali e o mais rápido possível, pôde então, ler o que dizia no papel:
“Muitas lendas foram contadas sobre esse lugar, um lugar mágico onde coisas incríveis acontecem. Embora não tenha sido desbravado nos últimos 70 anos, ainda existiam coisas que não foram descobertos deste lugar.
Alice, Dorothy, Peter, todos conseguiram encontrar coisas novas neste lugar, agora era vez de um novo explorador o encontrar, alguém com o coração de um verdadeiro herói, talvez ele saiba que é, talvez não, mas o mundo sabe e o quer de novo.
Por que um mundo tão incrível fechou suas portas durante 70 anos? Simples, por que o ultimo nunca saiu do local, ele morou ali por 70 anos, sem novas pessoas para lhe fazer companhia pois o mundo era injusto e ele não queria viver em tal destruição.
Quando o Senhor das Terras Natais adoeceu, automaticamente foi escolhido um novo sucessor, mas esse sucessor só pode entrar no local anos depois, quando o Senhor faleceu, liberando uma nova chave, para uma nova aventura.”
Abaixo disso haviam algumas instruções em primeira pessoa, o que era estranho. O jogo possuía 3 simples regras:
- Não interaja com animais ou com o cenário, pode ser fatal.
- Não utilize armas de fora do jogo, isso pode te causar danos que o jogo não pode reparar.
- Não há regras.
Eram as únicas coisas que haviam no papel que, ao terminar de ler fez o mundo começar a piscar, de modo em que o lindo mundo anterior, tornava-se sombrio e retornava a ficar iluminado.
O mundo alternativo, quando piscava, durava menos que um segundo, mas era possível ver claramente coisas como as borboletas, que tornavam-se corvos segurando cobras vivas com as garras e começavam a ir em sua direção, mas assim que piscava, voltavam a ser borboletas com gotas de chocolate que voavam de um lado para o outro.
O caminho de ouro, ficava verde da cor do musgo, as arvores perdiam suas folhas e o céu ganhava uma tonalidade roxa com nuvens verdes, as flores no chão tornavam-se plantas carnívoras de cor vermelha. A grama tornava-se quase cinza.
Mais a frente, os mundos pararam de se alternar e a frente estendiam-se 3 caminhos, dois contornavam um pilar e um o tinha como centro, mas todos se encontravam no mesmo lugar.
O pilar possuía aproximadamente 50 centímetros feito de quartzo, e em seu topo, havia uma adaga guardada em uma bainha, o cabo da adaga é totalmente dourada cravejada com pedras preciosas das mais variadas, assim como sua bainha. O que o garoto faria agora? Apenas ele poderia responder a isso.

Considerações:

- Tu disse que queria mais liberdade em treinos, darei isso a você, decida onde quer ir.
- Escolhas tem consequência.






Banco|Ficha

♞ I'm going to heal your soul  
i'm not just another peon of this chess game
Ver perfil do usuário

8 Re: Um treino ai em 13/4/2017, 23:42

Pappi

avatar
Gennin
Gennin
Telecomunicações

O inuji olhava para o papel de instruções e de nada ele entendia “parece uma alucinação, estou louco? Tem alguma droga nesta caixa?”. Um grande relógio ficava marcado na mente do menino que alucinou loucamente ate chegar a um local ...estranho.
Ele estava caído em uma estrada amarela que era quase feita de ouro puro, tudo estava sendo deveras inovador para o jovem que se maravilhava com tudo a sua volta desde a arvore que mudava de cor. Uma rápida piscada fez o menino ficar apavorado, pois tudo que era belo grandemente apreciável ficava horrendo e arisco como as flores que contornavam o caminho de ouro agora se tornavam plantas carnívoras ,as borboletas agora se tornavam corvos, o chão que estava caído que era bonito e calmante agora se tornava um caminho velho ,úmido e forrado de musgos. Quando o chão mudava de forma o ninja se erguia para ter o menor contato possível com chão que o prendia, quando seus olhos se abriam novamente o local todo voltava ser belo “que diabos e isso... Onde estou?”.  
Inuji sentia um papel em suas mãos e por incrível que parecesse eram as regras que pelo visto precisavam ser seguidas a risca. O caminho era bem bipolar a cada piscada do ninja que se assustava e se encantava ao mesmo tempo.
Após uma breve caminhada o jovem yamanaka se vê em um dilema entre três diferentas caminhos que ele poderia pegar e como estava precisando de dinheiro para pagar certa divida que estava quase se extrapolando, com um jutsu básico o menino subia a grande pedra de quartzo e tentava pegar a espada dourada que brilhava com suas pedras encrustadas e sem piscar o olho para não ver nada horrendo enquanto estivesse em cima da pedra.
 
 
Considerações:
    Tudo tentativa 

Jutsus usados:
    

[spoiler="Kanchi 1.475 m"]    
Mochila:
25 metros de fios
12 kibaku fuuda
14 senbon
2 hikarikadama
1 kunai
2 ampolas

Status:

Sangue: 200/00
Chakra: 250/250
Speed: 2m/s


Sometimes, we need change our history.
Credits: Panda



"Eu conheço a solidão. A solidão de quem está aprisionada. 
Eu conheço a alegria. A alegria no momento em que seus amigos vêm para salvá-la.
 E também conheço o terror em ver amigos serem feridos e tombarem."
Ficha]|Deposito
Ver perfil do usuário

9 Re: Um treino ai em 14/4/2017, 10:48



Telecomunicações


Time To Revenge.


KonohagakureInverno14°02/05 posts


Ambiente: -x-

Narração: Seguindo o caminho central e conforme aproximava-se da adaga, os mundos se alternavam em uma frequência maior, mesmo que o mundo obscuro ficasse por um único segundo. Ao redor do pilar, não havia nada que representasse perigo, embora a cada segundo o mundo alternativo aparecia, fazendo os corvos e borboletas irem e voltarem no céu.
O garoto pegou a adaga em cima do pilar, o que fez liberar, momentaneamente, ventos capazes de empurrar o garoto poucos passos para trás. O mesmo toque, fez com que o mundo alternativo ficasse presente permanentemente.
Os corvos soltaram os animais que estavam segurando no chão, eram cobras, ou quase isso, seu corpo era composto de linhas escamosas em tom verde-água e branco, a parte branca cobria a parte superior e inferior do corpo do ser, enquanto o verde estendia-se em suas laterais. De uma ponta a outra do ser, seguia-se três fileiras de espinhos. Na cabeça do ser, dois chifres eram aparentes, e sua boca, com dentes pontiagudos, liberavam torrentes de chamas em direção do garoto.
Enquanto as cobras caíam, o garoto pulou para se defender e, com sucesso, se protegeu contra esses ataques. Os seres, ao caírem no chão, deixou um rastro de plantas mortas ao seu redor, como se estivesse liberando veneno na terra pelo simples fato de se mexer.
Os corvos tentavam atacar os olhos do garoto, mas e agora, o que ele faria? Com certeza não poderia mudar de caminho, visto que os outros caminhos estava se fundindo no central. Mas lutar seria a melhor opção?

Considerações:

- Tu disse que queria mais liberdade em treinos, darei isso a você, decida onde quer ir.
- Escolhas tem consequência.
- Se decidir luta, ambas têm velocidade e vida de acordo com as respectivas kuchiyoses.
- Os basiliscos só possuem as rajadas de chamas e o veneno por aproximação que tem um alcance de 5 centímetros em sua volta.






Banco|Ficha

♞ I'm going to heal your soul  
i'm not just another peon of this chess game
Ver perfil do usuário

10 Re: Um treino ai em 14/4/2017, 18:19

Pappi

avatar
Gennin
Gennin
Telecomunicações

TEXTO
Inuji estava chocado com todos esses acontecimentos desde conseguir chegar a espada em cima do quartzo ate conseguir tira-la fazendo com que o horrendo tomasse conta de tudo que via. Dois grandes basiliscos apareceram de algum lugar e começavam a rodear a pedra que o yamanaka estava, com um salto de sorte o ninja consegue desviar do ataque e como ele não ouvia era bem mais dificil de ver para ambas cobras ao mesmo tempo, o menino cai do quartzo quando diviara do prmeiro ataque da cobras. O jovem ativava seu kanchi para sentir qualquer gama de chakra possovel dentro do seu alcance. O ninja estava parado e pronto para tentsr se defender de qualquer possivel ataque.

O suor de medo escorria de sua testa que logoera limpa com a manga de sua roupa, sua boca estava seca e sua respiração instavel " mas que tipo de mundo e esse". Caminhos que antes eram três agora se tornava um com as duas cobras deixando seu rastro venenoso que parecia apodrecer tudo que tocava. Caso o ninja não sentisse nada de bom com seu kanchi ele iria seguir as cobras e tentaria invadir ambas mentes com seu jutsu.




Considerações:
    eu to com a adaga(?)  eu vo tentar sentir alguma gama de chakra. irei tentar invadir ambas mentes dos basiliscos. Tudo tentativa

Jutsus usados:
     Mind Clone Switch Technique
Rank: B
Descrição: Esta técnica permite ao usuário transferir sua consciência para mais de um destino, dando-lhes controle completo dos corpos por um curto período de tempo. Como a técnica de interruptor de corpo mente, o corpo de usuário é deixado indefesos enquanto a técnica está em uso. Ao contrário do interruptor do corpo mente, esta técnica pode viajar em uma linha curva.

Jutsus ativos:
    
Mochila:
25 metros de fios
12 kibaku fuuda
14 senbon
2 hikarikadama
1 kunai
2 ampolas

Status:

Sangue: 200/200
Chakra: 200/250
Speed: 2m/s

Sometimes, we need change our history.
Credits: Panda



"Eu conheço a solidão. A solidão de quem está aprisionada. 
Eu conheço a alegria. A alegria no momento em que seus amigos vêm para salvá-la.
 E também conheço o terror em ver amigos serem feridos e tombarem."
Ficha]|Deposito
Ver perfil do usuário

11 Re: Um treino ai em 15/4/2017, 11:53



Telecomunicações


Time To Revenge.


KonohagakureInverno14°00/05 posts


Ambiente: -x-

Narração: O garoto com maestria conseguiu invadir a mente das cobras, mas ignorou o ataque que veio do céu e não ficou atento aos corvos que comeram seus olhos com bicadas ferozes. Por sorte, o garoto ainda tinha como recorrer ao seu Kanchi para se localizar, visto que o mundo era completamente feito de chakra e cada micro detalhe havia um chakra diferente do natural. No completo escuro, agora o garoto deveria saber o que faria com as cobras, visto que elas estavam sendo controladas por ele ainda. O que ele iria fazer agora?


Considerações:

- Tu disse que queria mais liberdade em treinos, darei isso a você, decida onde quer ir.
- Escolhas tem consequência.
- Se decidir luta, ambas têm velocidade e vida de acordo com as respectivas kuchiyoses.
- Não se defendeu dos corvos, agora está completamente cego.






Banco|Ficha

♞ I'm going to heal your soul  
i'm not just another peon of this chess game
Ver perfil do usuário

12 Re: Um treino ai em 15/4/2017, 13:37

Pappi

avatar
Gennin
Gennin
Telecomunicações


O inuji estava agora na mente de de dois grandes basiloscos que ficavem parados e sem reação. Era realmente estranho entrar na mente de um animal quem diria dois então ,estes animais tinham estintos que quase tiravam o controle que inuji conseguiu ter. De relance pela vista de uma das cobras a mente de inuji que estava repartidas nas cobras agora via seu corpo jogado no chão com sobre ele comendo a carne dos olhos do menino que de nada se mechia ,pois sua mente não estava la para poder se defender "que inutil eu sou. Não consigo fazer nada sozinho e agora pedri meus olhos"
Um dos basiliscos se aproximava sem afetar o corpodo menino apenas assustando os corvos que voavam de medo e em seguida o basilicos abre a boca e queima todos os corvos.
"Preciso voltar logo para o meu corpo" as cobras se degladiavam longe do menino que estava caido chorando sangue, a luuta foi sangrenta e venenosa deixando os dois basiliscos mortos e intrelaçados no final da luta com os sem.vida.

Alguns minutos se passaram e a mente de inuji voltava para seu corpo com tudo escuro e sem som "como viverei assim" ,o menino se beliscava e pensava "dor é a unica coisa que sinto...não quero viver apenas com isso"
O jovem andava a com as mão para afrente e tentar não se esbarrar em nada, depois de alguns poucos passos ele tropeçava em.um tronco e batia com os joelhos no chão.
- Ahhh
Ele abria a boca mas nenhum som saia de la ,nem mesmo ele ouvia a propria voz. "Eu vou sair deste local" o ninja pegava o tronco e usava ele para tatear a sua frente e seguir o caminho que uma vez ja foi dourado. As mãos de inuji tremiam de tamanha força usada para segurar o bastão.




Considerações:
 estou cego...tudo preto e sem som. Tudo tentativa. Os basiliscos foram mortos e os corvos afastados. Kanchi ativo sempre 1.475 metros
Off: So não tira um dos meus mebros. To amando meu char.
  

Jutsus usados:
     .

Jutsus ativos:
    
Mochila:
25 metros de fios
12 kibaku fuuda
14 senbon
2 hikarikadama
1 kunai
2 ampolas

Status:

Sangue: 200/00
Chakra:200/250
Speed: 2m/s

Sometimes, we need change our history.
Credits: Panda



"Eu conheço a solidão. A solidão de quem está aprisionada. 
Eu conheço a alegria. A alegria no momento em que seus amigos vêm para salvá-la.
 E também conheço o terror em ver amigos serem feridos e tombarem."
Ficha]|Deposito
Ver perfil do usuário

13 Re: Um treino ai em 15/4/2017, 15:44



Telecomunicações


Time To Revenge.


KonohagakureInverno14°00/05 posts


Ambiente: -x-

Narração: O caminho lhe levou a um outro lugar, um lugar em que a diferença de chakra revelou ser um tabuleiro grande de xadrex, ao colocar os pés em um dos blocos, automaticamente se sentiu preso por completo como se tivesse virado a própria peça, foi quando alguém, que não possuía chakra, começou a fazer perguntas diretamente na mente do garoto que conseguia responder facilmente da mesma maneira:
-As regras do jogo são simples, de quatro chances você desfrutará, a cada pergunta respondida com honestidade, outra chance você ganhará. Tente enganar, mentir ou iludir e a lança você terá. – Surgiu então uma peça de xadrex, um peão, carregando com sigo uma lança. – Ensinar é de um jardim cuidar, semear até virarem árvores, as sementes todas as portas abrem, deixe voarem livres as mentes. Você diria que isso te descreve? – Foi a primeira pergunta.
- No calor do momento, você é paciente ou rigoroso? Você se contenta em dividir o crédito, ou você é invejoso? – A segunda pergunta desferida após a resposta da primeira.
- Relacionamentos definem a nossa vida do nascimento até o fim. Nós temos cuidado para não permitir que os laços se desfaçam, repara-los pode ser dificultoso. Então eu te pergunto sinceramente, você é atencioso? – Foi a terceira pergunta.
Considerações:

- Tu disse que queria mais liberdade em treinos, darei isso a você, decida onde quer ir.
- Escolhas tem consequência.
- Se decidir luta, ambas têm velocidade e vida de acordo com as respectivas kuchiyoses.
- Não se defendeu dos corvos, agora está completamente cego.
- Já tenho as respostas para cada uma das perguntas, então seja sincero, não seja apenas leal ao que deveria ser certo :v
- A quarta pergunta é pro ultimo post :3






Banco|Ficha

♞ I'm going to heal your soul  
i'm not just another peon of this chess game
Ver perfil do usuário

14 Re: Um treino ai em 15/4/2017, 16:02

Pappi

avatar
Gennin
Gennin
O menino batia com seu bastão a cada passo que dava com as gotas de sangue que escorriam de seus olhos marcando seu caminho. A vara vibrava na mão de inuji a cada batido no chão que rle dava e sempre que acertava alguma parte fora do caminho amarelado ele parava ate sentir o caminho na vibração de bastão.
Muito se andou ate que ele pecou ,pois ele mancou em algum chão estranho,parecia ser um quadrado que ele estava. O susto tomava sua mente,o coração batia forte e um voz ecoava por sua cabeça.
- Paciência eu até tinha mas ela se foi com minha incompetência. Tinha inveja dos outros que ouviam e emitiam aquilo que queriam, agora estou em paz ,pois de nada dependo mais. Estou livre dos males das tentações.
Respondia o menino e ouvia uqueterceira pergunta que logo matutava para a resposta que dava:
- Presto atenção apenas no que sinto chakra ,talvez, é tudo que pressinto. Respondo tudo de coração quem es tu meu ancião?
O menino esperava por uma respostaenquanto ficava parado dentro de um dos quadros do jogo de tabuleiro.


Hp:200
Chakra:200
Armas citadas acima
Consid.: tentei fazer fica legalsin. Tudo tentativa.



"Eu conheço a solidão. A solidão de quem está aprisionada. 
Eu conheço a alegria. A alegria no momento em que seus amigos vêm para salvá-la.
 E também conheço o terror em ver amigos serem feridos e tombarem."
Ficha]|Deposito
Ver perfil do usuário

15 Re: Um treino ai em 17/4/2017, 11:41



Telecomunicações


Time To Revenge.


KonohagakureInverno14°00/05 posts


Ambiente: -x-

Narração: Conforme as perguntas foram respondidas, o tabuleiro se iluminou, indicando onde o garoto deveria pisar, mas o mesmo não conseguia enxergar para pisar nos respectivos blocos, o que lhe fez ficar parado no mesmo lugar por um bom tempo.
- Três perguntas foram, vejo que chegou na pergunta decisiva. Mas não fique muito confiante. Ainda não chegou deste lado. Você se acha humilde, ou se acha uma vítima de seu orgulho? – A voz agora soava feminina e grave.
O chakra do mundo, mostrava-se detalhadamente para o garoto, de forma que o mesmo pudesse saber como as coisas eram, mas não o permitia ver a pessoa que falava consigo, apenas um rebanho de ovelhas que passava no local.
Outros animais também se aproximaram, esquilos pararam em árvores para escutar a resposta, uma cavalaria de unicórnios parou ao lado direito, as ovelhas a frente, juntaram-se coelhos atrás do garoto e, junto com isso, aves, das mais diversas, pararam ao lado direito do garoto.
Considerações:

- Tu disse que queria mais liberdade em treinos, darei isso a você, decida onde quer ir.
- Escolhas tem consequência.
- Última pergunta, responda corretamente e estará aprovado.
- Deixe nas considerações se irá querer iniciar o RP e, caso deseje, coloque quantos defeitos deseja perder e quais.






Banco|Ficha

♞ I'm going to heal your soul  
i'm not just another peon of this chess game
Ver perfil do usuário

16 Re: Um treino ai em 17/4/2017, 21:42

Pappi

avatar
Gennin
Gennin
Tudo parecia ser "visivel" para o ninja ,pois todos os detalhes agora eram em tonalidades em azul e se movimentavam levemente dando um ar de que tudo a sua volta era fluido e inconstante assim como a vida de inuji que parecia que iria se acabar mas uma voz.feminina ecoava na mente do ninja.
- Sou vitima de mim mesmo, furei meus ouvidos como punição de minhas vidas passadas e calei meu coração por falar oque não devia. Eu apenas observava como um espirito invisivel e sempre lembrava de cada detalhe ,pois isso era tudo que tinha imagens, pensamentos e lembraças ruins que me afanam até os dias de hoje. Vivi pouco sim... mas sofri como se ja tivesse diversas vidas. Meu orgulho so me feriu e dele não quero mais ter ligação.
O menino então fazia seu primeiro movimento naquele tabuleiro porque ele nunca falou de si para ninguém e isso ja era uma vitória ,um avanço. O jovem se movimentava em "L" so que o fim virava para o centro do tabuleiro e batia mais confianta na casa do tabuleiro que ficava mostrando sua bouca confiança.


Hp:200
Chakra:200
Armas citadas acima, kanchi ativo
Consid.: Vamo rp pq quero perder a cegueira e surdez. Tambem queria treinar uns atts se der.



"Eu conheço a solidão. A solidão de quem está aprisionada. 
Eu conheço a alegria. A alegria no momento em que seus amigos vêm para salvá-la.
 E também conheço o terror em ver amigos serem feridos e tombarem."
Ficha]|Deposito
Ver perfil do usuário

17 Re: Um treino ai em 18/4/2017, 19:09



Telecomunicações


Time To Revenge.


KonohagakureInverno14°00/05 posts


Ambiente: -x-

Narração: - Parabéns cavaleiro, o primeiro passo para uma inteligência inigualável vem de conhecer a si mesmo. E para a missão que irá realizar, a inteligência é o que mais conta. – A voz novamente mudara, tornara-se mais fina e infantil, fazendo o Kanchi da garota identificar um guarda-chuva que se abrira a sua frente e uma garotinha que começava a alçar voo com o guarda-chuva.

– A busca das fadas deve fazer, para encontrar o olho de rá, e seu destino perfazer, mas para tal feito a luz lhe guiará. – Neste momento, pequenas bolas de luz azul surgiram no local, seguindo uma linha reta em meio a árvores, porém não só isso, outros dois caminhos surgiram no local, um que permanecia no caminho amarelo e outro que leva em direção a pomares com coisas circulares, fácil de se deduzir que eram frutas.
Considerações:

- Tu disse que queria mais liberdade em treinos, darei isso a você, decida onde quer ir.
- Escolhas tem consequência.
- Treino aprovado e RP iniciado.





Banco|Ficha

♞ I'm going to heal your soul  
i'm not just another peon of this chess game
Ver perfil do usuário

18 Re: Um treino ai em 18/4/2017, 22:12

Pappi

avatar
Gennin
Gennin
Inuji ouvia novamente ao que parecia ser a ultima voz na sua cabeça que claramente estava enlouquecida, ele "via" uma imagem não muito detalhada de uma menina em um guada chuva que saia voando "isso e uma confirmação... eu estou realmente louco" o menino pensava isso e começava a seguir um caminho de pequenas bolas de chakra que aparecia parexendo querer lhe guir e sem muitas opções o ninja seguia tal caminho. O jovem parecia "ver" com seu kanchi algumas frutas em.algumas arvores e assim que "olhava" para aquilo sua barriga dava um leve sinal de vida roncando, o menino não ouviu tal som mas sentiu sua barriga vibrar e por isso percebeu o quão faminto estava.
"Em nada mais tocarei neste mundo vil" seguia o menino tateando o caminho com sua vara de uma galho achado no chão.


Hp:200
Chakra:200
Kanchi ativo 1.475 metros. Armas citadas acima
Consid.: so vamo que nesse rp tem.



"Eu conheço a solidão. A solidão de quem está aprisionada. 
Eu conheço a alegria. A alegria no momento em que seus amigos vêm para salvá-la.
 E também conheço o terror em ver amigos serem feridos e tombarem."
Ficha]|Deposito
Ver perfil do usuário

19 Re: Um treino ai em 19/4/2017, 20:03



Telecomunicações


Time To Revenge.


KonohagakureInverno14°01/05 posts


Ambiente: -x-

Narração: Ao passar pelas luzes azuis, elas se desfaziam exalando um aroma frutífero, algo novo, nem ao menos se parecia com alguma fruta que o garoto comeu, mas ele decidiu que não as comeria, e realmente, a tentação poderia ser fatal...

Seguindo ao fim do caminho, o kanchi mostrou uma enorme cratera no local e um chakra em seu centro, que deixara de ser azul, tornando-se um forte verde e, conforme o garoto se aproximasse do local, a adaga ganhara a mesma coloração.

Chegando próximo do local, o chakra tomou sua forma mais detalhada, um baú, cujo ao tocar, e apenas se tocasse, seria possível sentir o calor emanando de dentro e o forte cheiro de morte que havia no local.

O garoto ainda poderia retroceder, mas caso quisesse ficar, com o tato, poderia identificar que a fechadura do baú era idêntica ao formato da adaga, poderia abrir o baú e arriscar a própria sorte em algo que poderia ser, literalmente, qualquer coisa, pois nem as regras da realidade pareciam se aplicar ao lugar.
Considerações:

- Tu disseste que queria mais liberdade em treinos, darei isso a você, decida onde quer ir.
- Escolhas tem consequência.
- Apenas peço que não narre o que há dentro do baú, fora isso, ta liberado pra fazer o que quiser u.u





Banco|Ficha

♞ I'm going to heal your soul  
i'm not just another peon of this chess game
Ver perfil do usuário

20 Re: Um treino ai em 20/4/2017, 09:34

Pappi

avatar
Gennin
Gennin
Inuji estava andando pela floresta na tentação de pegar uma das frutas que "via". De pouco ele andou ate chegar proximo do que parecia ser um bau de madeira, ele não estava muito detalhado pelo seu kanchi mas a curiosidade do menino falava mais alto no momento e rapidamente ele cutucava o bau com.sua vara de madeira "parece ser um bau normal não". Ele então encosta uma de suas mão no bau e um rapido calor e sentido por ela junto da espada que parecia soltar um aura parecida coma a do bau, um fechadura foi descoberta pelo ninja e ela parecia ter um chave estranha que parecia ser a espada que pegou mais cedo " eu certamente morrerei...isso não e pra mim" pensava o menino enquanto sacava sua espada e a colocava na fechadura ,se afastava um pouco e a abria com sua vara de madeira.

Hp:200
Chakra:200
Armas citadas acima
Consid.: eu tenho fé



"Eu conheço a solidão. A solidão de quem está aprisionada. 
Eu conheço a alegria. A alegria no momento em que seus amigos vêm para salvá-la.
 E também conheço o terror em ver amigos serem feridos e tombarem."
Ficha]|Deposito
Ver perfil do usuário

21 Re: Um treino ai em 21/4/2017, 13:17



Telecomunicações


Time To Revenge.


KonohagakureInverno14°02/05 posts


Ambiente: -x-

Narração: Ao colocar a adaga no baú, antes que pudesse se afastar, uma onda de chakra voou para o céu derrubando o garoto no chão, e deixando uma massa ainda maior de chakra aparente dentro do baú, mas, por sorte ou azar, o garoto ainda tinha a chance de sair do local. Ou poderia investigar o que havia dentro do baú.
Considerações:

- Tu disseste que queria mais liberdade em treinos, darei isso a você, decida onde quer ir.
- Escolhas tem consequência.
- Narre o que há dentro do baú, caso deseje ver ou pegar, mas tu ainda tens chance de sair daí.
- O conteúdo deve, obrigatoriamente, ser inanimado (ou seja, sem vida).





Banco|Ficha

♞ I'm going to heal your soul  
i'm not just another peon of this chess game
Ver perfil do usuário

22 Re: Um treino ai em 23/4/2017, 02:55

Pappi

avatar
Gennin
Gennin
Inuji se sentia puxado para com aquele bau que parecia ansear pela vida do menino vegetal. O jovem colocava suas mão dentro do baú e retirava dele um par de olhos de vidro ,como estava insano ele colocava nos buracos de sua face e gritava sem sair som nenhum:
- Agora eu vejo novamente.
Tudo parecia escuro.


Hp:200
Chakra:200
Armas ciatadas acima
Consid.: tudo tentativa



"Eu conheço a solidão. A solidão de quem está aprisionada. 
Eu conheço a alegria. A alegria no momento em que seus amigos vêm para salvá-la.
 E também conheço o terror em ver amigos serem feridos e tombarem."
Ficha]|Deposito
Ver perfil do usuário

23 Re: Um treino ai em 24/4/2017, 17:05

Pappi

avatar
Gennin
Gennin
Up



"Eu conheço a solidão. A solidão de quem está aprisionada. 
Eu conheço a alegria. A alegria no momento em que seus amigos vêm para salvá-la.
 E também conheço o terror em ver amigos serem feridos e tombarem."
Ficha]|Deposito
Ver perfil do usuário

24 Re: Um treino ai em 24/4/2017, 21:24



Telecomunicações


Time To Revenge.


KonohagakureInverno14°03/05 posts


Ambiente: -x-

Narração: Ao toque do objeto, inuji foi levado instintivamente para um outro espaço, espaço do qual era extremamente escuro, mas que logo pôde-se ver a cena anterior passar em câmera lenta, a luta que tivera antes contra os pássaros. Ele estava de corpo presente no local, mas não parecia que os animais ou até a si mesmo podia vê-lo, era como se ele estivesse invisível para eles, incluindo o seu chakra. A garota de antes, que agora Inuji podia ver suas cores, usava seu cabelo em duas Marias Chiquinha, um vestido decotado de espartilho preto e detalhes azuis, a saia do vestido era largo, como uma dançarina de cancã e azul celeste, assim como seu guarda-chuva com cristais.

- Você pode interagir com eles. – A garota soltou um risinho sapeca. – Você pode ter seus olhos temporariamente, mas terá que fazer uma coisa para mim se quiser eles permanentemente. – A garota tornou a voar, lentamente, esperando a reação de Inuji. Inuji deveria escolher se iria querer os olhos temporariamente e fazer algo para a garota que exalava frio, ou ficar cego eternamente e procurar uma maneira de sair daquele mundo.

Considerações:

- Tu disseste que queria mais liberdade em treinos, darei isso a você, decida onde quer ir.
- Escolhas tem consequência.
- Acho que ficou bem óbvio, mas vamos lá: Narre o que fez para impedir que os corvos devorem seus olhos.
- Contigo ainda está sua espada, mas agora desembainhada.
- O “favorzinho” é pretexto para a próxima narrativa te dar a audição avançada, relaxa.






Banco|Ficha

♞ I'm going to heal your soul  
i'm not just another peon of this chess game
Ver perfil do usuário

25 Re: Um treino ai em 25/4/2017, 12:11

Pappi

avatar
Gennin
Gennin
- Não quero apodrecer mais meu ser bricando com esses "bichos" que tem a dualidade em seu ser. De borboletas a corvos...é um caos.
Dizia o menino tocando em seu olho de vidro que agora parecia com um olho normal, ele coçava a cabeça olha do para o local novamente que retirou sua visão.
- Seguireu a ti com minha nova visão de mundo.
Falava o jovem agora determinado a seguir a jovem e fazer aquilo quer que fosse para se tornar uma pessoa melhor,pois sinceramente o jovem não queria mais ser um grande ninja porque isso se lhe trouxe desaforos.


Hp:200
Chakra:200
Armas acima
Consid.: segui a parça.



"Eu conheço a solidão. A solidão de quem está aprisionada. 
Eu conheço a alegria. A alegria no momento em que seus amigos vêm para salvá-la.
 E também conheço o terror em ver amigos serem feridos e tombarem."
Ficha]|Deposito
Ver perfil do usuário

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 2]

Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum