Naruto RPG Akatsuki
Olá visitante, registre-se em nosso fórum e venha fazer parte desde mundo mágico de Naruto, sim, seja um Ninja! Veja no vídeo abaixo os primeiros passos para fazer parte deste mundo após o seu cadastro!


Convidado


17/10/2017, 13:10
Mensagens: 0
Geral
RPG
Ficha de personagem
Rank:
Perso:
HP:
CK:
ST:

Notificações
Não há notificações
Resetar as notificações
Tema novo!
Meta: 400,00 R$ Recebido: 70,00 R$
00%
compre Seus AGs Pelo Pag Seguro e Paypal
UPDATES!
09.09.2017 — Exatamente um mês desde o último update, estou aqui hoje para avisar que o arco RUPTURAS está oficialmente encerrado. Ao longo dos próximos dias o tópico referente a ele será devidamente atualizado. Como prometido, novos sistemas virão (já estão disponíveis para o público ver e sugerir coisas) e novos Clãs/Kekkei Genkais também, além disto, muito em breve teremos o inicio de um novo arco.
ESTAÇÕES & EVENTOS
Ano: 07
Primavera:
12/07 -- 03/08
Verão: 04/08 -- 26/08
Outono: 27/08 -- 19/10
Inverno: 20/10 -- 13/11





Últimos assuntos

» 2) Modificações de Ranks
por Arlong Hoje à(s) 12:53

» [Filler] - Uma nova Missão
por Mordred Hoje à(s) 12:11

» [ATRIBUTOS] ARLONG
por Arlong Hoje à(s) 11:59

» • Escritório da Raikage •
por zoobike Hoje à(s) 11:52

» reichenbach falls.
por Jeevas Hoje à(s) 11:39

» [Quest] - Graduações: A Missão Jōnin
por ideo Hoje à(s) 11:13

» [C] Volch - Isamu Uzumaki
por Arlong Hoje à(s) 10:26

» [MF] Sabaku no Tokage
por Tokage Hoje à(s) 08:49

» Parceria BNW
por YusukeUrameshi Hoje à(s) 08:49

» 01. Solicitações de Missões
por Jinsuke Hoje à(s) 05:28

Procurados
Procurados RPG Akat


Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

[R.P.] Fronteira

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 [R.P.] Fronteira em 26/12/2016, 19:54

Shiroshi

avatar
Espadachim
Espadachim


frontier
Never trust anyone too much
remember the devil
was once an angel.
Congelante e empoeirado, aquele salão chegava por vezes à irritar o jovem, por mais corriqueiro tenha se tornado sua presença naquele local. A biblioteca da névoa já era vista como uma segunda residência para Shiroshi, seja em tempos de lazer ou não, o garoto sempre se encontrava lá à busca de boas prosas ou fontes de conhecimento e poder. Porém desta vez não seria o de sempre, sua feição demonstrava inquietação e agonia, como se algo estivesse lhe incomodando constantemente, incontáveis livros sobre histórias passadas da civilização ninja estavam abertos sobre uma das mesas empoeiradas do local. A bibliotecária, gentil como só, tratou de indagar ao jovem sobre suas preocupação, afinal, eram conhecidos de longa data, visto que a mesma o ajudara em conhecimentos de tempo-espaço, além de sua frequência inigualável àquela base de conhecimento. O diálogo não se estendeu, mas houve uma resposta. Uma batalha interminável resultara na necessidade de selamento de uma fera; a qual possuía poderes e fontes imensuráveis de poder. Em suas leituras o ninja reconhecia-a como uma fera de cauda, a qual vaga pelo mundo entre idas e retornos em seus portadores, à milênios. Selamentos eram o meio mais usado na detenção dessas feras, permanecendo em portadores, conhecidos como jinchuuriki's. Sua estadia no seu portador era repleta de mistérios, e dessa forma, o talentoso garoto partia em rumo do domínio daquele poder, de alguma forma. Continuou sua leitura focada nos livros, buscando encontrar alguma informação que o ajudasse, ou mesmo que a senhora pudesse o ajudar com alguma informação, já que era denominada como a sábia da névoa que tudo conhece.


Considerações:
-> Aparência ainda repleta de vestimentas negras, portando ainda um sobretudo completamente preto.
-> Introdução
-> .1/?? posts
-> Hoshikudaki, Jiki embainhadas ao lado esquerdo da cintura do garoto. Fear Mask guardada em um bolso interno do sobretudo

Descrições
Armas/Equipamentos:

Hoshikudaki (星砕 Destruidora de Estrelas)
Rank: A - S (Quando banhada em chakra)
Tipo: Lendário
Descrição: Possui um passado obscuro, no qual expõe indagações por todos que a vêem o a manuseiam. Diz a lenda que numa noite em que o chakra emanava pelos céus no país do fogo, houve então, uma chuva estelar, onde era possível avistar vários cometas que escorriam ao redor da atmosfera do mundo ninja. Nessa noite, após o fim dessa chuva, um último cometa, bem maior que os demais que haviam antes passado, começou a traçar os céus; todos os aldeões de vilas e vilarejos se juntaram para apreciá-lo. Porém quando atingia o meio do céu escuro, ele desapareceu com um feixe de luz, e nesse exato momento, em uma velocidade imensa, despencou do céu uma bokuto que emanava uma energia de coloração dourada. Dessa forma fora nomeada de "Destruidora de Estrelas", levando um mito de que fora ela que destruiu aquele cometa. Foi encontrada naquela noite por pescadores que repousavam perto do Lago Toya - um lago antes desconhecido, situado nas redondezas do país do fogo - que foi onde ela aterrissou, e homenageado esse local, cravaram na madeira da bokuto, o nome do lago. Logo após sua misteriosa chegada, surgiram seus possuintes, que a manusearam; alegado pelos mesmos, dizia-se que ela era incrivelmente leve, porém inexplicavelmente resistente, capaz de partir rochas gigantes apenas com seu impacto natural, que era feito por uma habilidade da mesma - capacidade de absorver energia do portador e comprimi-lo e durante o impacto, liberá-lo como uma explosão - e essa fama levou várias pessoas em sua busca, para poderem possuí-la.
Habilidade da Arma: Absorver energia e libera-la em forma de impacto. Não sendo necessária força algum para manuseá-la ou para causar impacto, levando em conta sua habilidade de comprimir e liberar chakra. Capaz de romper barreiras físicas quando banhada em chakra. Capaz de conduzir chakra e elementos naturais, dessa forma, quando banhada em chakra, emana uma aura dourada e se torna bem mais resistente e mais fortes seus impactos.
Custos: 10 Ch para cada impacto que ela causar.
75 Ch para banha-la em chakra e torna-la rank S - 30Ch por post ativo.
Considerações: Possui 1,20m de comprimento.
Fear Mask (恐怖のマスク)
Espécie: Incomum
Rank: A
Descrição: Uma máscara feita a partir de couro humano, tecida e montada em meio ao medo e desespero que resguardavam sobre o tecido que fora arrancado, uma vez, dos vivos. Revestida por uma substância oleosa de uma árvore, deixou-a com uma consistência elástica e em suma, de cor preta. Se liga à uma tira articulosamente montada à mascara, que mantém firme um tapa olho - também preto - no lado direito. Possui sobre a altura da boca, em sua mandíbula, pintado em tinta permanente, um largo sorriso macabro, com dentes e gengivas resplandescentes. Na terminação inferior da máscara, em cada uma das extremidades, existe um resistente filtro de ar que pode ser utilizado para se livrar de gases e componentes tóxicos no ar. A máscara fora criada, inicialmente, com o intuído de ocultar a identidade, diante também do olho negro-avermelhado do portador, que o condena diante de alguns.
Mecanismos: A partir dos filtros dispostos pela máscara, gases tóxicos e venenos gasosos (até Rank A) se tornam inúteis quando usada a máscara. A máscara é capaz de inutilizar os efeitos de até no máximo cinco venenos/gases/jutsus por batalha/tópico. Reitera-se que cada utilização de gases idênticos contará como uma no limite do quanto a máscara pode suportar.
Jiki (磁気)
Espécie: Raro
Rank: B
Descrição: Reluzente, resplandece sua beleza e grandiosidade. Fora uma forja renomeada da lendária e atual artesã e ferreira, Murata Tetsuya. Conhecida por suas forjas conceituais e que se adequam ao conhecimento avançado em que os humanos atingiram, essa garota hilária forjou uma katana em prol da manipulação à distância, adequando a matéria prima utilizada nas lâmina, "tsuba" e "tsuka", eletrodos e componentes elétricos para que reagissem adequadamente à manipulação eletro-magnética. Projetada em prol dos usuários elementares e manipuladores de raio, a katana é resguardada sempre em uma "saya" de cor vinho que possui aproximadamente noventa centímetros de comprimento. A lâmina é forjada em um aço leve de ótima qualidade, no qual fora mesclado com os componentes elétricos, medindo em sua conclusão, cem centímetros de extensão recurvada. No corpo da katana destaca-se a chamativa "tsuba", banhada em ouro que figura um dragão que se enrosca na lâmina, possuindo um diâmetro de quinze centímetros. Nota-se também em seus "menukis" e "ito", detalhes trançados em outro e fio esverdado.
Mecanismos: Um usuário capacitado possui a habilidade de manipulá-la através da liberação do elemento Raiton. Fios elétricos se conectam de uma das mãos do portador ao eletrodo principal localizado na tsuba da katana, na qual escorre a eletricidade pelos demais componentes, gastando por essa conexão dez pontos de chakra por turno usado. A katana é arquitetada para que as ordens eletro-magnéticas coordenem perfeitamente os movimentos realizados pela katana. Sua capacidade de conexão é limitada à vinte metros quadrados. Adendo ao fato que a força e velocidade na qual a katana é exercida em manipulação à distância se igualam aos pontos de ninjutsu do usuário.

Shiroshi
Sangue: 630/630
Chakra: 1275/1275

Rokubi
Chakra: 3000/3000 (Não dominada)

Hoshikudaki
RES: 280/280

Fear Mask
RES: 280/280

Jiki
RES: 210/210
Bolsa de Armas:
Kunai: 02
Shuriken: 04;
Fuma Shuriken: 00
Senbon: 08 (04)
Kibaku Fuuda: --
Kemuridama: 03;
Makibishi: --
Hikaridama: 04;
Fios: 10m (02)
Ampola (Veneno, Medicamentos, etc): --

Template by Karma(NRPGA)

LEGENDAS
Narração Falas Pensamentos



If you have time to think of a beautiful end, then live beautifully until the end.
Ver perfil do usuário

2 Re: [R.P.] Fronteira em 26/12/2016, 21:05

Karma

avatar
Nanadaime Hokage
Nanadaime Hokage


narrador


Fronteiras


Local Biblioteca da Vila Estação Inverno Temperatura 00°C 1/--


Ambiente: Sala de entrada da biblioteca da aldeia.

A mulher encarou o rapaz e deu um leve sorriso para ele; conheciam de antes, afinal de contas. "Sabia que todos os hospedeiros de caudas precisam aprender a controlar os seus poderes antes que moram", comentou, sabichona como sempre e então, trouxe-lhe diversos livros sobre o que eram as bestas. Documentos secretos que apenas ela e o alto escalão podiam ler.

Considerações: Faça uma narrativa da cena e estude sobre as Bestas, não muito, apenas o que são, teorias, como acessá-las mentalmente e pronto.






“さよなら ありがと 幸せになってね
Good-bye and thank you; go find happiness

——— Perfil de Autor

Ver perfil do usuário

3 Re: [R.P.] Fronteira em 26/12/2016, 23:48

Shiroshi

avatar
Espadachim
Espadachim


frontier
Never trust anyone too much
remember the devil
was once an angel.
De fato a senhora lhe seria útil, já não poderia distinguir se ela desconhecia ou não o que alguém comeu no café da manhã. O sorriso sutil da bibliotecária invadiu a resposta do jovem juntamente de um aviso. Morte? O que poderia fazer um fera já selada no interior de um poderoso ninja?. Mal sabia o garoto a dimensão da periculosidade que vivia em seu interior. Minutos se passaram e Shiroshi aguardou, recebendo instantes depois uma porção de livros e documentos, todos eles relatando ou dissertando algo sobre as bestas de caudas, afinal, eram informações que não poderiam ser facilmente encontradas em livros empoeirados da estante frontal. — Ê vovó... Você e seus livros secretos, hehe. Uma hora você ainda leva água pressurizada da chata do gabinete. - ironizou em uma piada enquanto averiguava o conteúdo de cada livro. — Obrigado, eles serão extremamente úteis. - agradecia gentilmente olhando a feição de sua gentil amiga.

Não se preocupou em cordialidade, talvez um pouco de arrogância o dominara naquele instante, ou talvez apenas uma pitada de indiferença. Afastou sua cadeira da mesa onde estava, agarrou um dos livros e começou a leitura, agora com os pés relaxados e cruzados em cima da mesa empoeirada. "Espero que a vovó não encha o saco" - pensou sozinho enquanto organizava a página inicial. Realmente, o livro imergia em um universo nunca antes explorado pelo leitor nato, desconhecia suas características profundas, conhecendo a superficialidade apenas pelas caudas e lendas. Sua rápida leitura e interpretação se devia à sua inteligência extraordinária, assim como seu grande conhecimento em ninjutsu que facilitava sua compreensão geral do conteúdo apresentado. Em certo momento o jovem já assimilava certas informações. As bestas de cauda são monstros criados pelo Eremita dos Seus Caminhos, conhecido mundialmente por ter sido o primeiro ninja do mundo shinobi, assim como o criador do ninshu e sua propagação. Elas surgiram através da fragmentação de um maligno monstro denominado Juubi (Dez Caudas), o qual surgira através da inconsequência de uma entidade de eras passadas; fragmentação feita para evitar que existisse tanto poder concentrado e maligno no mundo. Como resultado surgiram nove bestas, cada uma representando a divisão de caudas do monstro primordial: Ichibi é a besta com aparência de um guaxinim, possuinte de uma cauda, que por sua vez, demanda da habilidade do vento, assim como outras particularidades; Nibi é a besta com a aparência de um gato de lendas antigas, possuinte de duas caudas, que por sua vez, demanda da manipulação de chamas azuis, possuindo também suas particularidades; Sanbi é uma besta com aparência de tartaruga, esta possuinte de três caudas, demandando de grande poder defensivo e manipulação aquática; Yonbi é uma besta gorila, possuindo quatro caudas consegue manipular fogo, terra e lava, além de demandar de uma grande força física; Gobi é uma besta híbrida de um golfinho com um cavalo, que por sua vez possui cinco caudas e consegue manipular o vapor, assim como uma grande força; Rokubi é uma besta lesma, que possui seis caudas e demanda de habilidades como o controle de água e ácido gasoso e líquido - sendo essa a fera abatida e selada pelo jovem ninja; Nanabi era uma fera besouro-rinoceronte, possuindo sete caudas, podendo voar e criar casulos; Hachibi é um polvo-touro que possui oito caudas, demandando do controle de tinta e grande força; Kyuubi por último, a mais almejada e poderosa fera, possuindo nove caudas e grande força. Todas elas possuintes de uma reserva incrível de chakra, aumentando entre elas gradativamente em relação ao número de caudas de cada uma. Citou-se com grande foco a grande magnitude de todas as feras em tamanhos colossais. Os relatos dos arquivos especiais constavam com apenas duas informações: Kyuubi, grandemente famosa, tendo sua posse limitada por eras à grandiosa e rival, Aldeia da Folha; Rokubi, lesma gigante e poderosa, selada outrora em um ninja da névoa chamado Utakata, que por sua vez, desertou e tornou um renegado.

Por fim concluiu as informações únicas sobre as feras, aderiu outra categoria de documentos deixados ali pela senhora. Agarrou um pergaminho e estendeu-o pela mesa, se ergueu enquanto esfregava suas mãos à afim de aquece-las pelo atrito, fugindo do frio massante daquela estação. A leitura se iniciou, as informações eram mais rasas e diretas, levando à tona outros pontos, dessa vez gerais. Uma dezena de minutos se passou e o jovem aderia novamente a informação. Na porção lida dissertava sobre as capacidades ao dominar da fera, técnicas existentes que são integradas após uma dominação. O princípio partia na capacidade de usufruir das capacidades inatas, que no caso da fera do garoto, manipulação de ácido e água. Além disso, habilidades extras, citadas como: Bijuudama, Tailed Beast Telepathy, Chakra Arms e Chakra Transfer. O jovem leu a teoria de todas elas e as memorizou, para uso futuro. Ainda dissertava sobre um tipo de inserção em uma linha temporal alternativa, essa, presente no subconsciente da mente do portador, em seu interior. Lá o tempo é variável ou inexistente, não deixando de ser real o que ocorre lá. Esse local é basicamente o plano onde está aprisionada a fera, pelo selo; e é lá onde ocorre qualquer troca de informação ou diálogo entre fera e jinchuuriki. Consecutivamente fala que se vê necessário um certo tipo de meditação para que seja possível alcançar esse plano naturalmente, ansiando por locais calmos e que sejam agradáveis para o portador, necessitando também de uma imposição de transe através do esvaziamento da mente, seguida pelo seu preenchimento completo por emoções, sentimentos e lembranças felizes. Através deste se torna possível acessar esse plano. Sua leitura, até o momento, se estendia até aí; riscos e possibilidades de domínio de sua fera ainda eram desconhecidos, que por azar, era o objetivo de Shiroshi naquela leitura. Prosseguiu então sua leitura, à espera do que o destino traria à sua mente.



Considerações:
-> Aparência ainda repleta de vestimentas negras, portando ainda um sobretudo completamente preto.
-> Me estendi um pouco para aproveitar os documentos dados e ter um conhecimento base de todos os bijuus, porém não avancei além do meio de acessar o plano, como por exemplos, meios de dominação: roubo de chakra ou conciliação. Será útil para meu char esse conhecimento base, espero que seja válido.
-> Se eu tiver avançado demais fugindo do plot do narrador, apenas desconsidere.
-> 2/?? posts
-> Hoshikudaki, Jiki embainhadas ao lado esquerdo da cintura do garoto. Fear Mask guardada em um bolso interno do sobretudo

Descrições
Armas/Equipamentos:

Hoshikudaki (星砕 Destruidora de Estrelas)
Rank: A - S (Quando banhada em chakra)
Tipo: Lendário
Descrição: Possui um passado obscuro, no qual expõe indagações por todos que a vêem o a manuseiam. Diz a lenda que numa noite em que o chakra emanava pelos céus no país do fogo, houve então, uma chuva estelar, onde era possível avistar vários cometas que escorriam ao redor da atmosfera do mundo ninja. Nessa noite, após o fim dessa chuva, um último cometa, bem maior que os demais que haviam antes passado, começou a traçar os céus; todos os aldeões de vilas e vilarejos se juntaram para apreciá-lo. Porém quando atingia o meio do céu escuro, ele desapareceu com um feixe de luz, e nesse exato momento, em uma velocidade imensa, despencou do céu uma bokuto que emanava uma energia de coloração dourada. Dessa forma fora nomeada de "Destruidora de Estrelas", levando um mito de que fora ela que destruiu aquele cometa. Foi encontrada naquela noite por pescadores que repousavam perto do Lago Toya - um lago antes desconhecido, situado nas redondezas do país do fogo - que foi onde ela aterrissou, e homenageado esse local, cravaram na madeira da bokuto, o nome do lago. Logo após sua misteriosa chegada, surgiram seus possuintes, que a manusearam; alegado pelos mesmos, dizia-se que ela era incrivelmente leve, porém inexplicavelmente resistente, capaz de partir rochas gigantes apenas com seu impacto natural, que era feito por uma habilidade da mesma - capacidade de absorver energia do portador e comprimi-lo e durante o impacto, liberá-lo como uma explosão - e essa fama levou várias pessoas em sua busca, para poderem possuí-la.
Habilidade da Arma: Absorver energia e libera-la em forma de impacto. Não sendo necessária força algum para manuseá-la ou para causar impacto, levando em conta sua habilidade de comprimir e liberar chakra. Capaz de romper barreiras físicas quando banhada em chakra. Capaz de conduzir chakra e elementos naturais, dessa forma, quando banhada em chakra, emana uma aura dourada e se torna bem mais resistente e mais fortes seus impactos.
Custos: 10 Ch para cada impacto que ela causar.
75 Ch para banha-la em chakra e torna-la rank S - 30Ch por post ativo.
Considerações: Possui 1,20m de comprimento.
Fear Mask (恐怖のマスク)
Espécie: Incomum
Rank: A
Descrição: Uma máscara feita a partir de couro humano, tecida e montada em meio ao medo e desespero que resguardavam sobre o tecido que fora arrancado, uma vez, dos vivos. Revestida por uma substância oleosa de uma árvore, deixou-a com uma consistência elástica e em suma, de cor preta. Se liga à uma tira articulosamente montada à mascara, que mantém firme um tapa olho - também preto - no lado direito. Possui sobre a altura da boca, em sua mandíbula, pintado em tinta permanente, um largo sorriso macabro, com dentes e gengivas resplandescentes. Na terminação inferior da máscara, em cada uma das extremidades, existe um resistente filtro de ar que pode ser utilizado para se livrar de gases e componentes tóxicos no ar. A máscara fora criada, inicialmente, com o intuído de ocultar a identidade, diante também do olho negro-avermelhado do portador, que o condena diante de alguns.
Mecanismos: A partir dos filtros dispostos pela máscara, gases tóxicos e venenos gasosos (até Rank A) se tornam inúteis quando usada a máscara. A máscara é capaz de inutilizar os efeitos de até no máximo cinco venenos/gases/jutsus por batalha/tópico. Reitera-se que cada utilização de gases idênticos contará como uma no limite do quanto a máscara pode suportar.
Jiki (磁気)
Espécie: Raro
Rank: B
Descrição: Reluzente, resplandece sua beleza e grandiosidade. Fora uma forja renomeada da lendária e atual artesã e ferreira, Murata Tetsuya. Conhecida por suas forjas conceituais e que se adequam ao conhecimento avançado em que os humanos atingiram, essa garota hilária forjou uma katana em prol da manipulação à distância, adequando a matéria prima utilizada nas lâmina, "tsuba" e "tsuka", eletrodos e componentes elétricos para que reagissem adequadamente à manipulação eletro-magnética. Projetada em prol dos usuários elementares e manipuladores de raio, a katana é resguardada sempre em uma "saya" de cor vinho que possui aproximadamente noventa centímetros de comprimento. A lâmina é forjada em um aço leve de ótima qualidade, no qual fora mesclado com os componentes elétricos, medindo em sua conclusão, cem centímetros de extensão recurvada. No corpo da katana destaca-se a chamativa "tsuba", banhada em ouro que figura um dragão que se enrosca na lâmina, possuindo um diâmetro de quinze centímetros. Nota-se também em seus "menukis" e "ito", detalhes trançados em outro e fio esverdado.
Mecanismos: Um usuário capacitado possui a habilidade de manipulá-la através da liberação do elemento Raiton. Fios elétricos se conectam de uma das mãos do portador ao eletrodo principal localizado na tsuba da katana, na qual escorre a eletricidade pelos demais componentes, gastando por essa conexão dez pontos de chakra por turno usado. A katana é arquitetada para que as ordens eletro-magnéticas coordenem perfeitamente os movimentos realizados pela katana. Sua capacidade de conexão é limitada à vinte metros quadrados. Adendo ao fato que a força e velocidade na qual a katana é exercida em manipulação à distância se igualam aos pontos de ninjutsu do usuário.

Shiroshi
Sangue: 630/630
Chakra: 1275/1275

Rokubi
Chakra: 3000/3000 (Não dominada)

Hoshikudaki
RES: 280/280

Fear Mask
RES: 280/280

Jiki
RES: 210/210
Bolsa de Armas:
Kunai: 02
Shuriken: 04;
Fuma Shuriken: 00
Senbon: 08 (04)
Kibaku Fuuda: --
Kemuridama: 03;
Makibishi: --
Hikaridama: 04;
Fios: 10m (02)
Ampola (Veneno, Medicamentos, etc): --

Template by Karma(NRPGA)

LEGENDAS
Narração Falas Pensamentos



If you have time to think of a beautiful end, then live beautifully until the end.
Ver perfil do usuário

4 Re: [R.P.] Fronteira em 27/12/2016, 23:23

Karma

avatar
Nanadaime Hokage
Nanadaime Hokage


narrador


Fronteiras


Local Biblioteca da Vila Estação Inverno Temperatura 00°C 2/--


Ambiente: Mesmo local.

Depois de tanta leitura, restava-lhe um descanso. Seus olhos pareciam perdidos em meio as palavras, frases e parágrafos. Seus ombros também doíam, por isto, nada mais restava-lhe que não fosse interromper um pouco os estudos. Porém, isto não era nada ruim, pois apenas quando ele interrompesse é que daria espaço para uma criatura entrar em contato com ele e assim que ele largasse a leitura, poderia finalmente ouvir uma singela pergunta em timbre calmo, vindo de dentro de sua própria mente: — Você quer saber mais sobre mim?  

Considerações: Faça uma narrativa da cena toda, sobre sentir tudo o que eu disse e ir descansar, então, cite a voz e tome uma decisão: ignorar ou tentar responder. Se responder, não exagere, apenas dê a resposta e será a minha vez.






“さよなら ありがと 幸せになってね
Good-bye and thank you; go find happiness

——— Perfil de Autor

Ver perfil do usuário

5 Re: [R.P.] Fronteira em 28/12/2016, 01:13

Shiroshi

avatar
Espadachim
Espadachim


frontier
Never trust anyone too much
remember the devil
was once an angel.
Se tornava cada vez mais massante aquela leitura que já perdurava por várias horas, seu objetivo já era ofuscado em meio à tantas informações absorvidas, nem a mais brilhante mente seria capaz de suportar tanta sobrecarga mental em tão pouco tempo. Sua disposição mental se tornava cada vez mais reprimida, ressaltada ainda por aquele clima frio e nauseante. Escorado desleixadamente sobre os cotovelos, seus olhos se arrastavam por um montante de letras que já nem faziam significado algum na perspectiva de Shiroshi; parágrafos sobre algo como o comportamento do seis caudas... nada que o ninja  pudesse memorizar naquele estado. Seus ombros começavam a doer de uma forma estagnante, e por infortuno seus braços tombaram perante a fraqueza eminente, debruçou-se sobre a mesa e seu corpo não resistiu, afundou em sonolência naquela silenciosa biblioteca. A senhora bibliotecária fez questão de caminhar até ele e o cobrir com uma camada de couro, para que não sofresse pela temperatura zero impregnada naquela região.

Alguns minutos se passavam, talvez. A realidade se misturava com o surreal, ou com apenas o subconsciente do níveo rapaz, um prelúdio imergia sua imaginação. Talvez o mundo dos sonhos? Paz, harmonia, o vazio harmonioso; tudo que um jovem preguiçoso como ele desejaria num anoitecer de inverno, talvez doces flutuantes seriam ainda mais saborosos diante dele. Fora interrompido naquela situação, de alguma forma, por mais que aparentasse ser um sonho. Uma voz suave e sutil, porém masculina, invadiu em eco no que aparentou ser um recinto grandioso interior. Ainda desnorteado, o que se mostrava a consciência de Shiroshi apenas se adentrava nas repetições da indagação feita ali. Havia sido feita para ele sim, sua sanidade em seu interior se retomou, fatos se interligaram até que as informações antes retidas se colidiram com a situação atual. Era a besta.

— Sim, eu quero. - respondeu de imediato ao se situar no que poderia se tratar. A besta em seu interior havia tentado contato? E por que de maneira amigável...? Seria de fato amigável? Somente a própria poderia responde-lo, fazendo-o aguardar ansiosamente.

Considerações:
-> Aparência igual a ficha
-> 3/?? posts
-> Hoshikudaki, Jiki embainhadas ao lado esquerdo da cintura, no cinto que rodeia o quadril. Fear Mask guardada em um bolso interno do kimono.

Descrições
Armas/Equipamentos:

Hoshikudaki (星砕 Destruidora de Estrelas)
Rank: A - S (Quando banhada em chakra)
Tipo: Lendário
Descrição: Possui um passado obscuro, no qual expõe indagações por todos que a vêem o a manuseiam. Diz a lenda que numa noite em que o chakra emanava pelos céus no país do fogo, houve então, uma chuva estelar, onde era possível avistar vários cometas que escorriam ao redor da atmosfera do mundo ninja. Nessa noite, após o fim dessa chuva, um último cometa, bem maior que os demais que haviam antes passado, começou a traçar os céus; todos os aldeões de vilas e vilarejos se juntaram para apreciá-lo. Porém quando atingia o meio do céu escuro, ele desapareceu com um feixe de luz, e nesse exato momento, em uma velocidade imensa, despencou do céu uma bokuto que emanava uma energia de coloração dourada. Dessa forma fora nomeada de "Destruidora de Estrelas", levando um mito de que fora ela que destruiu aquele cometa. Foi encontrada naquela noite por pescadores que repousavam perto do Lago Toya - um lago antes desconhecido, situado nas redondezas do país do fogo - que foi onde ela aterrissou, e homenageado esse local, cravaram na madeira da bokuto, o nome do lago. Logo após sua misteriosa chegada, surgiram seus possuintes, que a manusearam; alegado pelos mesmos, dizia-se que ela era incrivelmente leve, porém inexplicavelmente resistente, capaz de partir rochas gigantes apenas com seu impacto natural, que era feito por uma habilidade da mesma - capacidade de absorver energia do portador e comprimi-lo e durante o impacto, liberá-lo como uma explosão - e essa fama levou várias pessoas em sua busca, para poderem possuí-la.
Habilidade da Arma: Absorver energia e libera-la em forma de impacto. Não sendo necessária força algum para manuseá-la ou para causar impacto, levando em conta sua habilidade de comprimir e liberar chakra. Capaz de romper barreiras físicas quando banhada em chakra. Capaz de conduzir chakra e elementos naturais, dessa forma, quando banhada em chakra, emana uma aura dourada e se torna bem mais resistente e mais fortes seus impactos.
Custos: 10 Ch para cada impacto que ela causar.
75 Ch para banha-la em chakra e torna-la rank S - 30Ch por post ativo.
Considerações: Possui 1,20m de comprimento.
Fear Mask (恐怖のマスク)
Espécie: Incomum
Rank: A
Descrição: Uma máscara feita a partir de couro humano, tecida e montada em meio ao medo e desespero que resguardavam sobre o tecido que fora arrancado, uma vez, dos vivos. Revestida por uma substância oleosa de uma árvore, deixou-a com uma consistência elástica e em suma, de cor preta. Se liga à uma tira articulosamente montada à mascara, que mantém firme um tapa olho - também preto - no lado direito. Possui sobre a altura da boca, em sua mandíbula, pintado em tinta permanente, um largo sorriso macabro, com dentes e gengivas resplandescentes. Na terminação inferior da máscara, em cada uma das extremidades, existe um resistente filtro de ar que pode ser utilizado para se livrar de gases e componentes tóxicos no ar. A máscara fora criada, inicialmente, com o intuído de ocultar a identidade, diante também do olho negro-avermelhado do portador, que o condena diante de alguns.
Mecanismos: A partir dos filtros dispostos pela máscara, gases tóxicos e venenos gasosos (até Rank A) se tornam inúteis quando usada a máscara. A máscara é capaz de inutilizar os efeitos de até no máximo cinco venenos/gases/jutsus por batalha/tópico. Reitera-se que cada utilização de gases idênticos contará como uma no limite do quanto a máscara pode suportar.
Jiki (磁気)
Espécie: Raro
Rank: B
Descrição: Reluzente, resplandece sua beleza e grandiosidade. Fora uma forja renomeada da lendária e atual artesã e ferreira, Murata Tetsuya. Conhecida por suas forjas conceituais e que se adequam ao conhecimento avançado em que os humanos atingiram, essa garota hilária forjou uma katana em prol da manipulação à distância, adequando a matéria prima utilizada nas lâmina, "tsuba" e "tsuka", eletrodos e componentes elétricos para que reagissem adequadamente à manipulação eletro-magnética. Projetada em prol dos usuários elementares e manipuladores de raio, a katana é resguardada sempre em uma "saya" de cor vinho que possui aproximadamente noventa centímetros de comprimento. A lâmina é forjada em um aço leve de ótima qualidade, no qual fora mesclado com os componentes elétricos, medindo em sua conclusão, cem centímetros de extensão recurvada. No corpo da katana destaca-se a chamativa "tsuba", banhada em ouro que figura um dragão que se enrosca na lâmina, possuindo um diâmetro de quinze centímetros. Nota-se também em seus "menukis" e "ito", detalhes trançados em outro e fio esverdado.
Mecanismos: Um usuário capacitado possui a habilidade de manipulá-la através da liberação do elemento Raiton. Fios elétricos se conectam de uma das mãos do portador ao eletrodo principal localizado na tsuba da katana, na qual escorre a eletricidade pelos demais componentes, gastando por essa conexão dez pontos de chakra por turno usado. A katana é arquitetada para que as ordens eletro-magnéticas coordenem perfeitamente os movimentos realizados pela katana. Sua capacidade de conexão é limitada à vinte metros quadrados. Adendo ao fato que a força e velocidade na qual a katana é exercida em manipulação à distância se igualam aos pontos de ninjutsu do usuário.

Shiroshi
Sangue: 630/630
Chakra: 1275/1275

Rokubi
Chakra: 3000/3000 (Não dominada)

Hoshikudaki
RES: 280/280

Fear Mask
RES: 280/280

Jiki
RES: 210/210
Bolsa de Armas:
Kunai: 02
Shuriken: 04;
Fuma Shuriken: 00
Senbon: 08 (04)
Kibaku Fuuda: --
Kemuridama: 03;
Makibishi: --
Hikaridama: 04;
Fios: 10m (02)
Ampola (Veneno, Medicamentos, etc): --

Template by Karma(NRPGA)

LEGENDAS
Narração Falas Pensamentos



If you have time to think of a beautiful end, then live beautifully until the end.
Ver perfil do usuário

6 Re: [R.P.] Fronteira em 28/12/2016, 12:01

Karma

avatar
Nanadaime Hokage
Nanadaime Hokage


narrador


Fronteiras


Local Biblioteca da Vila Estação Inverno Temperatura 00°C 3/--


Ambiente: Interior da mente de Shiroshi.

Com aquela resposta a consciência do shinobi foi transportada para outro local. Não era mais a biblioteca ou mesmo qualquer cenário conhecido do vilarejo, mas sim uma região escura, úmida e completamente fria. Havia, por ali, um enorme portão com grades douradas e diversos traços de vedação - e a mente do ninja o carregou diretamente para frente daquela enorme prisão. — Olá — uma voz por detrás das grades disse calmamente. Saiken nunca odiou humanos e tinha uma enorme facilidade em conversar com eles, mas não deixava de estar irritado sobre ser um prisioneiro no corpo de alguém. — Pergunte-me o que quer saber, mas depois terá de me responder uma coisa — ofereceu, parecendo gentil.

Considerações: Faça uma narrativa de você entrando em seu próprio plano de consciência, cite o cenário e também faça as suas impressões do local; faça tudo que está na cena, inclusive poderá ver a silhueta da fera, mas não ela em si. Responda ou não, foi uma oferta afinal de contas.






“さよなら ありがと 幸せになってね
Good-bye and thank you; go find happiness

——— Perfil de Autor

Ver perfil do usuário

7 Re: [R.P.] Fronteira em 29/12/2016, 11:07

Shiroshi

avatar
Espadachim
Espadachim


frontier
Never trust anyone too much
remember the devil
was once an angel.
A voz também suave do ninja ecoou no ambiente que parecia ser vazio, o que ambientou a transição inesperada para um novo plano. Seu corpo se materializou, Shiroshi pôde movimentar seus olhos relaxados como se estivesse em algum lugar comum, sua presença agora era notável, assim como a materialização de seu corpo. Não mais desnorteado, olhou ao seu redor em uma breve análise visual e notou que estava em um local sem limitações de fronteiras, algo que a visão não alcançava. Era estranhamento úmido e frio, pois nenhum emissor de temperatura ou reator de tal poderia ser visto; solo era repleto por uma camada aquática de uns dez centímetros de altura. O cheiro úmido impregnou suas narinas, assim como aquele frio inexplicável fez com que tivesse que se esfregar, numa tentativa frustrante de se esquentar. De fato era um local muito estranho, contudo nem tão desconhecido, os relatos dos livros comentavam sobre planos interiores dos jinchuurikis. Sua observação fora interrompida novamente pela suave voz de outrora, esta cada vez mais gentil e acolhedora - ou ao menos era a sensação que a mesma transmitia; a voz parecia chamar a atenção do ninja com um cumprimento formal e sutil. — Oi...? - respondeu possivelmente à fera, que até então estava oculta na luz quase inexistente naquele local. Após poucos passos, à sua frente se revelou uma grande estrutura gradeada, lá dentro uma silhueta de mesma estatura; as curvas por de trás da silhueta se assemelhavam assiduamente à forma da fera selada. De fato seria a fera, aparentemente trancafiada pelo selo, apresentada como as grades. — Se você me permite, primeiro quero me apresentar. Meu nome é Shiroshi, você deve saber disso. Como eu poderia te chamar? - procurou responder à voz que retornava a lhe indagar, concedendo dessa vez, espaço para perguntas. — Bem... sabe... Eu não gosto dessas coisas de trancafiar e selar, mas acabou sendo minha única opção. Você é muito forte, acredite, haha. - tratou de argumentar a situação, demonstrando seu repúdio à qualquer tipo de hostilização. — Vamos lá. Por que você atacou aquele vilarejo? Eles mal tinham postes de luz. - fez questão de atribuir à sua primeira pergunta um certo grau de humor. Coçou a cabeça e complementou. — Sabe, eu já enfrentei algumas vezes os uchihas e tenho certa experiência com seus olhos. Eu tive a oportunidade de vê-los em seus olhinhos gosmentos. Pode me contar sobre isso? - concluiu o rapaz, tentando manter a informalidade, para aliviar uma possível tensão.



Considerações:
-> Aparência igual a ficha
-> 4/?? posts
-> Hoshikudaki, Jiki embainhadas ao lado esquerdo da cintura, no cinto que rodeia o quadril. Fear Mask guardada em um bolso interno do kimono.

Descrições
Armas/Equipamentos:

Hoshikudaki (星砕 Destruidora de Estrelas)
Rank: A - S (Quando banhada em chakra)
Tipo: Lendário
Descrição: Possui um passado obscuro, no qual expõe indagações por todos que a vêem o a manuseiam. Diz a lenda que numa noite em que o chakra emanava pelos céus no país do fogo, houve então, uma chuva estelar, onde era possível avistar vários cometas que escorriam ao redor da atmosfera do mundo ninja. Nessa noite, após o fim dessa chuva, um último cometa, bem maior que os demais que haviam antes passado, começou a traçar os céus; todos os aldeões de vilas e vilarejos se juntaram para apreciá-lo. Porém quando atingia o meio do céu escuro, ele desapareceu com um feixe de luz, e nesse exato momento, em uma velocidade imensa, despencou do céu uma bokuto que emanava uma energia de coloração dourada. Dessa forma fora nomeada de "Destruidora de Estrelas", levando um mito de que fora ela que destruiu aquele cometa. Foi encontrada naquela noite por pescadores que repousavam perto do Lago Toya - um lago antes desconhecido, situado nas redondezas do país do fogo - que foi onde ela aterrissou, e homenageado esse local, cravaram na madeira da bokuto, o nome do lago. Logo após sua misteriosa chegada, surgiram seus possuintes, que a manusearam; alegado pelos mesmos, dizia-se que ela era incrivelmente leve, porém inexplicavelmente resistente, capaz de partir rochas gigantes apenas com seu impacto natural, que era feito por uma habilidade da mesma - capacidade de absorver energia do portador e comprimi-lo e durante o impacto, liberá-lo como uma explosão - e essa fama levou várias pessoas em sua busca, para poderem possuí-la.
Habilidade da Arma: Absorver energia e libera-la em forma de impacto. Não sendo necessária força algum para manuseá-la ou para causar impacto, levando em conta sua habilidade de comprimir e liberar chakra. Capaz de romper barreiras físicas quando banhada em chakra. Capaz de conduzir chakra e elementos naturais, dessa forma, quando banhada em chakra, emana uma aura dourada e se torna bem mais resistente e mais fortes seus impactos.
Custos: 10 Ch para cada impacto que ela causar.
75 Ch para banha-la em chakra e torna-la rank S - 30Ch por post ativo.
Considerações: Possui 1,20m de comprimento.
Fear Mask (恐怖のマスク)
Espécie: Incomum
Rank: A
Descrição: Uma máscara feita a partir de couro humano, tecida e montada em meio ao medo e desespero que resguardavam sobre o tecido que fora arrancado, uma vez, dos vivos. Revestida por uma substância oleosa de uma árvore, deixou-a com uma consistência elástica e em suma, de cor preta. Se liga à uma tira articulosamente montada à mascara, que mantém firme um tapa olho - também preto - no lado direito. Possui sobre a altura da boca, em sua mandíbula, pintado em tinta permanente, um largo sorriso macabro, com dentes e gengivas resplandescentes. Na terminação inferior da máscara, em cada uma das extremidades, existe um resistente filtro de ar que pode ser utilizado para se livrar de gases e componentes tóxicos no ar. A máscara fora criada, inicialmente, com o intuído de ocultar a identidade, diante também do olho negro-avermelhado do portador, que o condena diante de alguns.
Mecanismos: A partir dos filtros dispostos pela máscara, gases tóxicos e venenos gasosos (até Rank A) se tornam inúteis quando usada a máscara. A máscara é capaz de inutilizar os efeitos de até no máximo cinco venenos/gases/jutsus por batalha/tópico. Reitera-se que cada utilização de gases idênticos contará como uma no limite do quanto a máscara pode suportar.
Shiroshi
Rank: S
Rara
Shiroshi (白死, lit Morte Nívea) é uma katana japonesa rara do estilo daitō, reluzente, resplandece sua beleza e magnitude. Fora uma forja renomeada da lendária e atual artesã e ferreira, Murata Tetsuya. Conhecida por suas forjas conceituais e que se adequam ao conhecimento avançado em que os humanos atingiram, essa garota hilária forjou uma katana em prol da manipulação à distância, adequando a matéria prima utilizada nas lâmina, "tsuba" e "tsuka", eletrodos e componentes elétricos para que reagissem adequadamente à manipulação eletro-magnética. Projetada em prol dos usuários elementares e manipuladores de raio, a katana é resguardada sempre em uma "saya" de cor vinho que possui aproximadamente noventa centímetros de comprimento. A lâmina é forjada em ligas de aço leve de ótima qualidade, no qual fora mesclado com os componentes elétricos, medindo em sua conclusão, cem centímetros de extensão recurvada. No corpo da katana destaca-se a chamativa "tsuba", banhada em ouro que figura um dragão que se enrosca na lâmina gradativamente, possuindo um diâmetro de quinze centímetros. Nota-se também em seus "menukis" e "ito", detalhes trançados em ouro e fio esverdeado. A katana em suma, possui a capacidade de ser manipulá-la através da liberação do elemento Raiton. Fios elétricos se conectam de uma das mãos do portador ao eletrodo principal localizado na tsuba da katana, na qual escorre a eletricidade pelos demais componentes, gastando por essa conexão dez pontos de chakra por turno usado. A katana é arquitetada para que as ordens eletro-magnéticas coordenem perfeitamente os movimentos realizados pela katana. Sua capacidade de conexão é limitada à vinte metros quadrados. Adendo ao fato que a força e velocidade na qual a katana é exercida em manipulação à distância se igualam aos pontos de ninjutsu do usuário.



Shiroshi
Sangue: 630/630
Chakra: 1275/1275

Rokubi
Chakra: 3000/3000 (Não dominada)

Hoshikudaki
RES: 280/280

Fear Mask
RES: 280/280

Shiroshi
RES: 210/210
Bolsa de Armas:
Kunai: 02
Shuriken: 04;
Fuma Shuriken: 00
Senbon: 08 (04)
Kibaku Fuuda: --
Kemuridama: 03;
Makibishi: --
Hikaridama: 04;
Fios: 10m (02)
Ampola (Veneno, Medicamentos, etc): --

Template by Karma(NRPGA)

LEGENDAS
Narração Falas Pensamentos



If you have time to think of a beautiful end, then live beautifully until the end.
Ver perfil do usuário

8 Re: [R.P.] Fronteira em 29/12/2016, 11:16

Karma

avatar
Nanadaime Hokage
Nanadaime Hokage


narrador


Fronteiras


Local Biblioteca da Vila Estação Inverno Temperatura 00°C 4/--


Ambiente: Interior da mente de Shiroshi.

— Saiken — respondeu quanto ao nome. A fera não era um monstro como todos sempre falavam. O enorme animal sentiu-se humilhado e cabisbaixo ao relembrar do que havia feito. Saiken não tinha feito nada daquilo por vontade própria e quando o menino que o carregava contou sobre também conhecer os poderes malignos do Sharingan, a fera sentiu-se mais aberta para o diálogo. Aquele homem tinha um poder semelhante ao do velho Madara — respondeu, mas não esperava que o menino fosse compreender. — Eu não pude fazer nada, estava completamente sendo controlado por ele — a cabeça da fera abaixou-se, como se estivesse em profunda pesar. — Me perdoe — pediu. Não demorou para que o animal erguesse a cabeça e aproximasse-a das grades, revelando-se por completo finalmente. — Quais as suas intenções de vida? Eu quero dizer, quais os seus sonhos? — perguntou, cobrando a divida.

Considerações: Faça uma narrativa da cena inteira, interprete como seu personagem se sentiu de frente para a situação e as respostas e também trate de responder a fera.






“さよなら ありがと 幸せになってね
Good-bye and thank you; go find happiness

——— Perfil de Autor

Ver perfil do usuário

9 Re: [R.P.] Fronteira em 29/12/2016, 14:13

Shiroshi

avatar
Espadachim
Espadachim


frontier
Never trust anyone too much
remember the devil
was once an angel.
O diálogo se iniciou de tal forma que a intimidade já se aflorava entre os dois. Seu nome foi revelado em uma singela resposta. — Saiken... Bonito nome, combina com sua gentileza. - comentou o rapaz com sutilidade, elogiando-o, afinal, o objetivo era estabelecer uma relação amigável e verdadeira. As indagações e questionamentos do ninja não pareceram soar muito agradável perante à Saiken, sua silhueta se movimentava sutilmente de forma cabisbaixa, aparentando tristeza ou desgosto. Shiroshi logo retomou-se em seus sentimentos, talvez não devesse ter tocado diretamente nesse assunto, afinal, a criatura realmente não aparentava nenhum tipo de hostilidade, assim como, até agora, possuía uma grande gentileza e cordialidade. Mas antes que pudesse demonstrar qualquer tipo de sentimento, a fera tratou de argumentar perante ao comentário de outrora do rapaz; tratava-se realmente de um uchiha, e Saiken fez questão de equiparar esse uchiha que o controlou com o nome de alguém, que a propósito era bem familiar para Shiroshi, como de praxe, com certeza já teria lido sobre ele algum livro. Em suma não compreendeu-se a profundidade daquela comparação, mas a sequência de falas de seu aprisionado confirmou ainda mais o claro controle que outrora havia sido posto sobre ele. — Na-não se desculpe! - interrompeu em um berro, amigável contudo. — Imagino que por mais chakra e poder que você possua, lidar com as peripécias desses desgraçados deve ser um saco! Eu tenho minhas rixas com eles. Tive que lutar com um repetidas vezes no passado, e bom, tomei um pau. Não se cobre por isso, farei questão de expôr a verdade aos líderes do vilarejo, afinal, é como eu imaginei. Vocês não iriam causar destruição por toda a história sem motivo algum; ódio ou segredos se ocultam na história. - argumentou com seu linguajar meio sem jeito, abandonando um pouco a formalidade, para que talvez, um clima amigável surgisse ali. O jovem, ainda descontente com aquela situação, ergueu suas mãos até a cabeça e começou a coçar seus cabelos permanentes. — Sério, não se desculpe. Prometo dar um jeito nesse cara um dia. Até por que eu gostei de você. É gosmento mas até que é bonitinho e simpático, me é muito familiar... se é que você me entende, haha. - comentava com certo humor, esbanjando um sorriso no rosto, enquanto uma de suas mãos estava estendida com o dedo mindinho tirando uma catota do nariz. — Bom, meus sonhos... - disse o rapaz se espreguiçando. — No momento nada demais. Me preocupo mais com o presente... mas eu sou bem desinteressado pelas coisas. - coçou a cabeça. — Mas se eu tivesse que escolher algo, seria conhecimento e talvez acabar com algumas coisas que me irritam, tipo a elite corrupta da sociedade e mimados como os uchihas. - terminou então sua resposta, saindo de seus pensamentos alheios e talvez fúteis, o que permitiu que notasse a aproximação de Saiken, que agora era completamente visível perto às grades. O ninja observou bem a aparência gosmenta de seu companheiro - sim, companheiro, era sua única companhia naquele local - e emanou algumas risadas em notar o quão sutil e inofensivo podia parecer aquela fera em um diálogo. — E você Saiken? Quais seus objetivos...?  - indagou aplicando alguns segundos de pausa. — Não consigo imaginar sonhos para seres lendários como você, hehe. Será que você acabou se tornando um desinteressado pacifista como eu? Haha... - continuou argumentando avançando na risca de intimidade.



Considerações:
-> Aparência igual a ficha
-> 5/?? posts
-> Hoshikudaki, Jiki embainhadas ao lado esquerdo da cintura, no cinto que rodeia o quadril. Fear Mask guardada em um bolso interno do kimono.

Descrições
Armas/Equipamentos:

Hoshikudaki (星砕 Destruidora de Estrelas)
Rank: A - S (Quando banhada em chakra)
Tipo: Lendário
Descrição: Possui um passado obscuro, no qual expõe indagações por todos que a vêem o a manuseiam. Diz a lenda que numa noite em que o chakra emanava pelos céus no país do fogo, houve então, uma chuva estelar, onde era possível avistar vários cometas que escorriam ao redor da atmosfera do mundo ninja. Nessa noite, após o fim dessa chuva, um último cometa, bem maior que os demais que haviam antes passado, começou a traçar os céus; todos os aldeões de vilas e vilarejos se juntaram para apreciá-lo. Porém quando atingia o meio do céu escuro, ele desapareceu com um feixe de luz, e nesse exato momento, em uma velocidade imensa, despencou do céu uma bokuto que emanava uma energia de coloração dourada. Dessa forma fora nomeada de "Destruidora de Estrelas", levando um mito de que fora ela que destruiu aquele cometa. Foi encontrada naquela noite por pescadores que repousavam perto do Lago Toya - um lago antes desconhecido, situado nas redondezas do país do fogo - que foi onde ela aterrissou, e homenageado esse local, cravaram na madeira da bokuto, o nome do lago. Logo após sua misteriosa chegada, surgiram seus possuintes, que a manusearam; alegado pelos mesmos, dizia-se que ela era incrivelmente leve, porém inexplicavelmente resistente, capaz de partir rochas gigantes apenas com seu impacto natural, que era feito por uma habilidade da mesma - capacidade de absorver energia do portador e comprimi-lo e durante o impacto, liberá-lo como uma explosão - e essa fama levou várias pessoas em sua busca, para poderem possuí-la.
Habilidade da Arma: Absorver energia e libera-la em forma de impacto. Não sendo necessária força algum para manuseá-la ou para causar impacto, levando em conta sua habilidade de comprimir e liberar chakra. Capaz de romper barreiras físicas quando banhada em chakra. Capaz de conduzir chakra e elementos naturais, dessa forma, quando banhada em chakra, emana uma aura dourada e se torna bem mais resistente e mais fortes seus impactos.
Custos: 10 Ch para cada impacto que ela causar.
75 Ch para banha-la em chakra e torna-la rank S - 30Ch por post ativo.
Considerações: Possui 1,20m de comprimento.
Fear Mask (恐怖のマスク)
Espécie: Incomum
Rank: A
Descrição: Uma máscara feita a partir de couro humano, tecida e montada em meio ao medo e desespero que resguardavam sobre o tecido que fora arrancado, uma vez, dos vivos. Revestida por uma substância oleosa de uma árvore, deixou-a com uma consistência elástica e em suma, de cor preta. Se liga à uma tira articulosamente montada à mascara, que mantém firme um tapa olho - também preto - no lado direito. Possui sobre a altura da boca, em sua mandíbula, pintado em tinta permanente, um largo sorriso macabro, com dentes e gengivas resplandescentes. Na terminação inferior da máscara, em cada uma das extremidades, existe um resistente filtro de ar que pode ser utilizado para se livrar de gases e componentes tóxicos no ar. A máscara fora criada, inicialmente, com o intuído de ocultar a identidade, diante também do olho negro-avermelhado do portador, que o condena diante de alguns.
Mecanismos: A partir dos filtros dispostos pela máscara, gases tóxicos e venenos gasosos (até Rank A) se tornam inúteis quando usada a máscara. A máscara é capaz de inutilizar os efeitos de até no máximo cinco venenos/gases/jutsus por batalha/tópico. Reitera-se que cada utilização de gases idênticos contará como uma no limite do quanto a máscara pode suportar.
Shiroshi
Rank: S
Rara
Shiroshi (白死, lit Morte Nívea) é uma katana japonesa rara do estilo daitō, reluzente, resplandece sua beleza e magnitude. Fora uma forja renomeada da lendária e atual artesã e ferreira, Murata Tetsuya. Conhecida por suas forjas conceituais e que se adequam ao conhecimento avançado em que os humanos atingiram, essa garota hilária forjou uma katana em prol da manipulação à distância, adequando a matéria prima utilizada nas lâmina, "tsuba" e "tsuka", eletrodos e componentes elétricos para que reagissem adequadamente à manipulação eletro-magnética. Projetada em prol dos usuários elementares e manipuladores de raio, a katana é resguardada sempre em uma "saya" de cor vinho que possui aproximadamente noventa centímetros de comprimento. A lâmina é forjada em ligas de aço leve de ótima qualidade, no qual fora mesclado com os componentes elétricos, medindo em sua conclusão, cem centímetros de extensão recurvada. No corpo da katana destaca-se a chamativa "tsuba", banhada em ouro que figura um dragão que se enrosca na lâmina gradativamente, possuindo um diâmetro de quinze centímetros. Nota-se também em seus "menukis" e "ito", detalhes trançados em ouro e fio esverdeado. A katana em suma, possui a capacidade de ser manipulá-la através da liberação do elemento Raiton. Fios elétricos se conectam de uma das mãos do portador ao eletrodo principal localizado na tsuba da katana, na qual escorre a eletricidade pelos demais componentes, gastando por essa conexão dez pontos de chakra por turno usado. A katana é arquitetada para que as ordens eletro-magnéticas coordenem perfeitamente os movimentos realizados pela katana. Sua capacidade de conexão é limitada à vinte metros quadrados. Adendo ao fato que a força e velocidade na qual a katana é exercida em manipulação à distância se igualam aos pontos de ninjutsu do usuário.



Shiroshi
Sangue: 630/630
Chakra: 1275/1275

Rokubi
Chakra: 3000/3000 (Não dominada)

Hoshikudaki
RES: 280/280

Fear Mask
RES: 280/280

Shiroshi
RES: 210/210
Bolsa de Armas:
Kunai: 02
Shuriken: 04;
Fuma Shuriken: 00
Senbon: 08 (04)
Kibaku Fuuda: --
Kemuridama: 03;
Makibishi: --
Hikaridama: 04;
Fios: 10m (02)
Ampola (Veneno, Medicamentos, etc): --

Template by Karma(NRPGA)

LEGENDAS
Narração Falas Pensamentos



If you have time to think of a beautiful end, then live beautifully until the end.
Ver perfil do usuário

10 Re: [R.P.] Fronteira em 29/12/2016, 15:05

Karma

avatar
Nanadaime Hokage
Nanadaime Hokage


narrador


Fronteiras


Local Biblioteca da Vila Estação Inverno Temperatura 00°C 5/--


Ambiente: Interior da mente de Shiroshi.

Saiken admirou a resposta do rapaz, ainda que fosse muito vaga. — Falando no presente, eu apenas queria não estar preso — respondeu, esperando a reação do seu receptáculo.

Considerações: Faça uma narrativa quanto ao pedido da fera, tente conversar, liberte-a, faça como quiser. Mas, se for conversar ou negar, não narre demais, apenas uma coisa básica para que eu volte.






“さよなら ありがと 幸せになってね
Good-bye and thank you; go find happiness

——— Perfil de Autor

Ver perfil do usuário

11 Re: [R.P.] Fronteira em 29/12/2016, 15:47

Shiroshi

avatar
Espadachim
Espadachim


frontier
Never trust anyone too much
remember the devil
was once an angel.
Me surpreendi com a resposta dada por Saiken, talvez no final das contas não estivesse disposto à tanta amistosidade em uma situação de prisioneiro. Cerrei os olhos levando meus braços para de trás de minha cabeça, a umidade do local ainda infestava minhas narinas junto ao incessante e inexplicável frio que me fazia estremecer. De fato, ficar trancafiado não seria a melhor escolha para o presente, muito menos um plano de vida, mas eu não poderia simplesmente deixá-lo ir ou desfazer o selo. Caminhei lentamente até as proximidades das grades, voltei meu olhar para cima tentando encará-lo, sem hostilidade. — Eu não estou na posição de impor nada, mas acho que estamos num impasse, Saiken. - comentei enquanto estendi um de meus braços para a grade. — Se afaste, parceiro. - uma corrente incessante de eletricidade deslizou e estourou por entre as grades, que por sua vez, se abriram. — Voilà! - bravei enquanto me afastava de meu recém conhecido, para que o mesmo pudesse se movimentar ao menos naquele lugar. — De fato, essa era tranca do meu selo. Não considere isso uma ingenuidade, eu li bastante sobre vocês e principalmente você, creio que não tem motivo para tentar me dominar. - realizei uma sequências de selos, a qual projetou um plano circular de energia, me sentei e flutuei até a altura da cabeça de Saiken. — Vamos direto ao ponto. Se você sair daqui eu morro, não é?


Considerações:
-> Aparência igual a ficha
-> 5/?? posts
-> Hoshikudaki, Jiki embainhadas ao lado esquerdo da cintura, no cinto que rodeia o quadril. Fear Mask guardada em um bolso interno do kimono.
-> -70% de Gastos com jutsus Raiton - GGC e Perícia

Descrições
Jutsus:
Denki Tamashī Nusumu
Rank: A / Tipo: Fuuinjutsu
Selos: Serpente, Javali, Bode, Coelho, Cachorro, Rato, Pássaro, Cavalo, Serpente
Denki Tamashī Nusumu(電気魂盗む, lit. Roubo Elétrico de Alma) trata-se de uma técnica ninja baseada em selos e escrituras. Após pesquisas e experiências, o usuário consegue, após realizar uma exata sequência de selos, traçar um selo elétrico específico em suas costas, selo o qual é capaz de armazenar gigantescas quantidades e reservas de chakra. O selo se forma por uma corrente elétrica direcionada ao local que rasga em eletricidade sua epiderme, fazendo com que o selo seja definitivamente marcado - causando cinquenta pontos de dano - e que tenha uma corrente elétrica tênue e constante em sua formação, que será necessária. O selo precisa de uma duidade em sua realização, necessitando assim, que o mesmo seja traçado em eletricidade no corpo do alvo. Esse selo fuuin é capaz de emitir uma frequência elétrica extremamente específica e potente, fazendo com que os dois selos ao estarem à cinco metros de distância ou menos se interliguem por uma camada de eletricidade. Essa ligação é capaz, através do complexo selo fuuin, de transpassar o chakra do alvo para o usuário, que ao ser transpassado por completo aprisiona dentro do próprio selo a alma do corpo o qual o chakra foi extraído - a eletricidade conduzida pelo selo é capaz de codificar as moléculas de chakra do alvo, atraindo para a interligação do selo as composições de cada molécula (elétrons, íons e protons), realizando dessa forma o transporte de chakra. O usuário se limita à um selo em seu corpo, para que não haja uma sobrecarga. Para que a técnica seja usada deve-se permanecer utilizando-a por um turno todo.



Hyrenkyakko
Rank: C
Hyrenkyakko (飛廉脚 lit. Etapa: Tela de Vôo) trata-se de uma plataforma de eletricidade condensada e de corrente elétrica interna e reprimida. Plataforma em forma de disco, a qual mede meio metro de diâmetro e pode ser manipulada pelo ar, voando. A altura máxima da capacidade de vôo é de trinta e cinco metros de altura. Essa técnica é capaz de gerar apenas uma plataforma em seu custo base, gerando uma extra à cada dez pontos de chakra gasto além do custo base. A duração dessa técnica se limita a stamina do usuário. A velocidade de movimentação dessas plataformas se igualam a projeção de pontos de ninjutsu do usuário em batalha, fora delas, duplica-se.

Armas/Equipamentos:

Hoshikudaki (星砕 Destruidora de Estrelas)
Rank: A - S (Quando banhada em chakra)
Tipo: Lendário
Descrição: Possui um passado obscuro, no qual expõe indagações por todos que a vêem o a manuseiam. Diz a lenda que numa noite em que o chakra emanava pelos céus no país do fogo, houve então, uma chuva estelar, onde era possível avistar vários cometas que escorriam ao redor da atmosfera do mundo ninja. Nessa noite, após o fim dessa chuva, um último cometa, bem maior que os demais que haviam antes passado, começou a traçar os céus; todos os aldeões de vilas e vilarejos se juntaram para apreciá-lo. Porém quando atingia o meio do céu escuro, ele desapareceu com um feixe de luz, e nesse exato momento, em uma velocidade imensa, despencou do céu uma bokuto que emanava uma energia de coloração dourada. Dessa forma fora nomeada de "Destruidora de Estrelas", levando um mito de que fora ela que destruiu aquele cometa. Foi encontrada naquela noite por pescadores que repousavam perto do Lago Toya - um lago antes desconhecido, situado nas redondezas do país do fogo - que foi onde ela aterrissou, e homenageado esse local, cravaram na madeira da bokuto, o nome do lago. Logo após sua misteriosa chegada, surgiram seus possuintes, que a manusearam; alegado pelos mesmos, dizia-se que ela era incrivelmente leve, porém inexplicavelmente resistente, capaz de partir rochas gigantes apenas com seu impacto natural, que era feito por uma habilidade da mesma - capacidade de absorver energia do portador e comprimi-lo e durante o impacto, liberá-lo como uma explosão - e essa fama levou várias pessoas em sua busca, para poderem possuí-la.
Habilidade da Arma: Absorver energia e libera-la em forma de impacto. Não sendo necessária força algum para manuseá-la ou para causar impacto, levando em conta sua habilidade de comprimir e liberar chakra. Capaz de romper barreiras físicas quando banhada em chakra. Capaz de conduzir chakra e elementos naturais, dessa forma, quando banhada em chakra, emana uma aura dourada e se torna bem mais resistente e mais fortes seus impactos.
Custos: 10 Ch para cada impacto que ela causar.
75 Ch para banha-la em chakra e torna-la rank S - 30Ch por post ativo.
Considerações: Possui 1,20m de comprimento.
Fear Mask (恐怖のマスク)
Espécie: Incomum
Rank: A
Descrição: Uma máscara feita a partir de couro humano, tecida e montada em meio ao medo e desespero que resguardavam sobre o tecido que fora arrancado, uma vez, dos vivos. Revestida por uma substância oleosa de uma árvore, deixou-a com uma consistência elástica e em suma, de cor preta. Se liga à uma tira articulosamente montada à mascara, que mantém firme um tapa olho - também preto - no lado direito. Possui sobre a altura da boca, em sua mandíbula, pintado em tinta permanente, um largo sorriso macabro, com dentes e gengivas resplandescentes. Na terminação inferior da máscara, em cada uma das extremidades, existe um resistente filtro de ar que pode ser utilizado para se livrar de gases e componentes tóxicos no ar. A máscara fora criada, inicialmente, com o intuído de ocultar a identidade, diante também do olho negro-avermelhado do portador, que o condena diante de alguns.
Mecanismos: A partir dos filtros dispostos pela máscara, gases tóxicos e venenos gasosos (até Rank A) se tornam inúteis quando usada a máscara. A máscara é capaz de inutilizar os efeitos de até no máximo cinco venenos/gases/jutsus por batalha/tópico. Reitera-se que cada utilização de gases idênticos contará como uma no limite do quanto a máscara pode suportar.
Shiroshi
Rank: S
Rara
Shiroshi (白死, lit Morte Nívea) é uma katana japonesa rara do estilo daitō, reluzente, resplandece sua beleza e magnitude. Fora uma forja renomeada da lendária e atual artesã e ferreira, Murata Tetsuya. Conhecida por suas forjas conceituais e que se adequam ao conhecimento avançado em que os humanos atingiram, essa garota hilária forjou uma katana em prol da manipulação à distância, adequando a matéria prima utilizada nas lâmina, "tsuba" e "tsuka", eletrodos e componentes elétricos para que reagissem adequadamente à manipulação eletro-magnética. Projetada em prol dos usuários elementares e manipuladores de raio, a katana é resguardada sempre em uma "saya" de cor vinho que possui aproximadamente noventa centímetros de comprimento. A lâmina é forjada em ligas de aço leve de ótima qualidade, no qual fora mesclado com os componentes elétricos, medindo em sua conclusão, cem centímetros de extensão recurvada. No corpo da katana destaca-se a chamativa "tsuba", banhada em ouro que figura um dragão que se enrosca na lâmina gradativamente, possuindo um diâmetro de quinze centímetros. Nota-se também em seus "menukis" e "ito", detalhes trançados em ouro e fio esverdeado. A katana em suma, possui a capacidade de ser manipulá-la através da liberação do elemento Raiton. Fios elétricos se conectam de uma das mãos do portador ao eletrodo principal localizado na tsuba da katana, na qual escorre a eletricidade pelos demais componentes, gastando por essa conexão dez pontos de chakra por turno usado. A katana é arquitetada para que as ordens eletro-magnéticas coordenem perfeitamente os movimentos realizados pela katana. Sua capacidade de conexão é limitada à vinte metros quadrados. Adendo ao fato que a força e velocidade na qual a katana é exercida em manipulação à distância se igualam aos pontos de ninjutsu do usuário.



Shiroshi
Sangue: 630/630
Chakra: 1237/1275

Rokubi
Chakra: 3000/3000 (Não dominada)

Hoshikudaki
RES: 280/280

Fear Mask
RES: 280/280

Shiroshi
RES: 210/210
Bolsa de Armas:
Kunai: 02
Shuriken: 04;
Fuma Shuriken: 00
Senbon: 08 (04)
Kibaku Fuuda: --
Kemuridama: 03;
Makibishi: --
Hikaridama: 04;
Fios: 10m (02)
Ampola (Veneno, Medicamentos, etc): --

Template by Karma(NRPGA)

LEGENDAS
Narração Falas Pensamentos



If you have time to think of a beautiful end, then live beautifully until the end.
Ver perfil do usuário

12 Re: [R.P.] Fronteira em 29/12/2016, 17:43

Karma

avatar
Nanadaime Hokage
Nanadaime Hokage


narrador


Fronteiras


Local Biblioteca da Vila Estação Inverno Temperatura 00°C 6/--


Ambiente: Interior da mente de Shiroshi.

Saiken viu a vedação se quebrar e apenas observou até que as grades sumissem completamente do ambiente. Olhou então para o shinobi, percebendo que nele não havia a mesma maldade dos outros que tentaram controlá-lo. — Sim, você morre caso eu abandone o seu corpo, seja removido de você ou qualquer coisa assim, já aconteceu antes — contou, a voz pareceu desanimada demais para uma besta milenar. — Mas o oposto também pode acontecer, caso você morra, eu também irei morrer, para sempre — explicou, aproximando as caudas do corpo do rapaz, cercando-o. — Mas nada me impediria de te devorar agora mesmo, dominar o seu corpo e ficar livre outra vez — ameaçou, o chakra era imenso vindo daquela besta de tal modo que mesmo um shinobi não sensor poderia sentir; mas ela afastou em seguida as caudas emitindo um som semelhante a risada.

— Não farei nada, você não me deu motivos apesar de ter quase acabado com a minha vida naqueles tempos — brincou, deitando-se esparramado pelo chão que tornou-se menos frio e sombrio. — Gosto como me chama de parceiro, me lembra o velhote e aquele menino bobo — sussurrou, terminando de ajeitar-se como um animal de estimação. — Se precisar de mim novamente, apenas peça por ajuda e eu te ajudarei.

Desde aquelas últimas palavras, o rapaz não estava mais dentro de seu próprio consciente mas de volta para a biblioteca. Os livros o cercavam com ele caído entre todas aqueles estudos; restava-lhe acordar e ir embora.

Considerações: Faça uma narrativa de toda a cena, suas sensações e tudo mais como foi até agora e, no fim, acorde e vá embora, ou não, meu trabalho acabou por aqui; Saiken dominada. Lembrando que a personalidade dela é gentil, descrita na própria Wikia.






“さよなら ありがと 幸せになってね
Good-bye and thank you; go find happiness

——— Perfil de Autor

Ver perfil do usuário

13 Re: [R.P.] Fronteira em 29/12/2016, 21:14

Shiroshi

avatar
Espadachim
Espadachim


frontier
Never trust anyone too much
remember the devil
was once an angel.
Me espantei sem motivo algum, afinal, estava claro que nós dependiamos um do outro; a morte era eminente na queda de algum de nós. Saiken confirmava quaisquer suposições, tornando-as verdades. Pude ver uma aura e uma grande emanação de chakra se expandindo por todo aquele estranho recinto; provinha claramente da fera. Palavras amedrontadoras era emitidas, seus tentáculos se aproximaram de mim de forma fúnebre, meus olhos cabisbaixos se arregalaram juntamente à minha plataforma que se afastou em puro reflexo. Minha mente estava convencida da inofensividade de Saiken, mas tamanha aura de chakra amedrontaria até o mais forte dos shinobis. De fato se tratava de uma brincadeira, um tanto quanto assustadora demais, mas o meu senso de humor não falhava e me juntei as risadas de meu novo amigo. Meu novo amigo, que demonstrou em palavras que não desejava me fazer mal do mesmo jeito que eu prezava pelo bem estar de Saiken. Seu grandioso corpo se esparramou pelo chão, tornando então o ambiente mais agradável e menos frio, de alguma forma. Subitamente, antes mesmo que eu pudesse me despedir ou responder, o ambiente desapareceu em meio à palavras confortantes de Saiken que disponibilizou ajuda, uma viagem de transição parecia acontecer.

Por fim retomei a consciência, aparentemente no plano de minha realidade. Meu rosto amassado era novamente importunado pela poeira daquele local, alguns espirros foram o suficiente para me livrar de grande agonia. Demorei alguns instantes para me situar, era como se eu acordasse de um longo sono, meu corpo estava relaxado e minhas energias repostas. Notei que todo o material de estudo ainda estava sobre a mesa e um espécie de cobertor caído no chão, devido ao meu súbito levantamento. Era obra da vovó, me contentei. Um sorriso surgiu no meu rosto, me espreguicei, meus olhos não encontravam a presença da gentil senhora. Recolhi todos os materiais e deixei sobre o balcão da bibliotecária, junto estava um bilhete de agradecimento que fiz questão de deixar em forma de agradecimento à vóvó


Considerações:
-> Aparência igual a ficha
-> 6/?? posts
-> Hoshikudaki, Jiki embainhadas ao lado esquerdo da cintura, no cinto que rodeia o quadril. Fear Mask guardada em um bolso interno do kimono.

Descrições
Armas/Equipamentos:

Hoshikudaki (星砕 Destruidora de Estrelas)
Rank: A - S (Quando banhada em chakra)
Tipo: Lendário
Descrição: Possui um passado obscuro, no qual expõe indagações por todos que a vêem o a manuseiam. Diz a lenda que numa noite em que o chakra emanava pelos céus no país do fogo, houve então, uma chuva estelar, onde era possível avistar vários cometas que escorriam ao redor da atmosfera do mundo ninja. Nessa noite, após o fim dessa chuva, um último cometa, bem maior que os demais que haviam antes passado, começou a traçar os céus; todos os aldeões de vilas e vilarejos se juntaram para apreciá-lo. Porém quando atingia o meio do céu escuro, ele desapareceu com um feixe de luz, e nesse exato momento, em uma velocidade imensa, despencou do céu uma bokuto que emanava uma energia de coloração dourada. Dessa forma fora nomeada de "Destruidora de Estrelas", levando um mito de que fora ela que destruiu aquele cometa. Foi encontrada naquela noite por pescadores que repousavam perto do Lago Toya - um lago antes desconhecido, situado nas redondezas do país do fogo - que foi onde ela aterrissou, e homenageado esse local, cravaram na madeira da bokuto, o nome do lago. Logo após sua misteriosa chegada, surgiram seus possuintes, que a manusearam; alegado pelos mesmos, dizia-se que ela era incrivelmente leve, porém inexplicavelmente resistente, capaz de partir rochas gigantes apenas com seu impacto natural, que era feito por uma habilidade da mesma - capacidade de absorver energia do portador e comprimi-lo e durante o impacto, liberá-lo como uma explosão - e essa fama levou várias pessoas em sua busca, para poderem possuí-la.
Habilidade da Arma: Absorver energia e libera-la em forma de impacto. Não sendo necessária força algum para manuseá-la ou para causar impacto, levando em conta sua habilidade de comprimir e liberar chakra. Capaz de romper barreiras físicas quando banhada em chakra. Capaz de conduzir chakra e elementos naturais, dessa forma, quando banhada em chakra, emana uma aura dourada e se torna bem mais resistente e mais fortes seus impactos.
Custos: 10 Ch para cada impacto que ela causar.
75 Ch para banha-la em chakra e torna-la rank S - 30Ch por post ativo.
Considerações: Possui 1,20m de comprimento.
Fear Mask (恐怖のマスク)
Espécie: Incomum
Rank: A
Descrição: Uma máscara feita a partir de couro humano, tecida e montada em meio ao medo e desespero que resguardavam sobre o tecido que fora arrancado, uma vez, dos vivos. Revestida por uma substância oleosa de uma árvore, deixou-a com uma consistência elástica e em suma, de cor preta. Se liga à uma tira articulosamente montada à mascara, que mantém firme um tapa olho - também preto - no lado direito. Possui sobre a altura da boca, em sua mandíbula, pintado em tinta permanente, um largo sorriso macabro, com dentes e gengivas resplandescentes. Na terminação inferior da máscara, em cada uma das extremidades, existe um resistente filtro de ar que pode ser utilizado para se livrar de gases e componentes tóxicos no ar. A máscara fora criada, inicialmente, com o intuído de ocultar a identidade, diante também do olho negro-avermelhado do portador, que o condena diante de alguns.
Mecanismos: A partir dos filtros dispostos pela máscara, gases tóxicos e venenos gasosos (até Rank A) se tornam inúteis quando usada a máscara. A máscara é capaz de inutilizar os efeitos de até no máximo cinco venenos/gases/jutsus por batalha/tópico. Reitera-se que cada utilização de gases idênticos contará como uma no limite do quanto a máscara pode suportar.
Shiroshi
Rank: S
Rara
Shiroshi (白死, lit Morte Nívea) é uma katana japonesa rara do estilo daitō, reluzente, resplandece sua beleza e magnitude. Fora uma forja renomeada da lendária e atual artesã e ferreira, Murata Tetsuya. Conhecida por suas forjas conceituais e que se adequam ao conhecimento avançado em que os humanos atingiram, essa garota hilária forjou uma katana em prol da manipulação à distância, adequando a matéria prima utilizada nas lâmina, "tsuba" e "tsuka", eletrodos e componentes elétricos para que reagissem adequadamente à manipulação eletro-magnética. Projetada em prol dos usuários elementares e manipuladores de raio, a katana é resguardada sempre em uma "saya" de cor vinho que possui aproximadamente noventa centímetros de comprimento. A lâmina é forjada em ligas de aço leve de ótima qualidade, no qual fora mesclado com os componentes elétricos, medindo em sua conclusão, cem centímetros de extensão recurvada. No corpo da katana destaca-se a chamativa "tsuba", banhada em ouro que figura um dragão que se enrosca na lâmina gradativamente, possuindo um diâmetro de quinze centímetros. Nota-se também em seus "menukis" e "ito", detalhes trançados em ouro e fio esverdeado. A katana em suma, possui a capacidade de ser manipulá-la através da liberação do elemento Raiton. Fios elétricos se conectam de uma das mãos do portador ao eletrodo principal localizado na tsuba da katana, na qual escorre a eletricidade pelos demais componentes, gastando por essa conexão dez pontos de chakra por turno usado. A katana é arquitetada para que as ordens eletro-magnéticas coordenem perfeitamente os movimentos realizados pela katana. Sua capacidade de conexão é limitada à vinte metros quadrados. Adendo ao fato que a força e velocidade na qual a katana é exercida em manipulação à distância se igualam aos pontos de ninjutsu do usuário.



Shiroshi
Sangue: 630/630
Chakra: 1237/1275

Rokubi
Chakra: 3000/3000 (Não dominada)

Hoshikudaki
RES: 280/280

Fear Mask
RES: 280/280

Shiroshi
RES: 210/210
Bolsa de Armas:
Kunai: 02
Shuriken: 04;
Fuma Shuriken: 00
Senbon: 08 (04)
Kibaku Fuuda: --
Kemuridama: 03;
Makibishi: --
Hikaridama: 04;
Fios: 10m (02)
Ampola (Veneno, Medicamentos, etc): --

Template by Karma(NRPGA)

LEGENDAS
Narração Falas Pensamentos



If you have time to think of a beautiful end, then live beautifully until the end.
Ver perfil do usuário

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum